Pular para o conteúdo principal

Resenha: A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert | Joël Dicker | Editora Intrínseca

 

A resenha de hoje é do livro A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert, escrito por Joël Dicker, da Editora Intrínseca

Sinopse: Aos vinte e oito anos Marcus Goldman viu sua vida se transformar radicalmente. Seu primeiro livro tornou-se um best-seller, ele virou uma celebridade e assinou um contrato milionário para um novo romance. E então foi acometido pela doença dos escritores. A poucos meses do prazo para a entrega do novo original, pressionado por seu editora e por seu agente, Marcus não consegue escrever nem uma linha. Na tentativa de superar seu bloqueio criativo, Marcus decide passar uns dias com seu mentor, Harry Quebert, um dos escritores mais respeitados do país. É então que tudo muda. O corpo de uma jovem de quinze anos - desaparecida sem deixar rastros em 1975 - é encontrado enterrado no jardim de Harry, junto com o original do romance que o consagrou. Harry admite ter tido um caso com a garota e ter escrito o livro para ela, mas alega inocência no caso do assassinato. Com o intuito de ajudar Harry, Marcus começa uma investigação por contra própria. Uma teia de segredos emerge, mas a verdade só virá à tona depois de uma longa e complexa jornada. Um extraordinário livro de suspense, uma história de amor e um thriller excepcional, A Verdade Sobre O Caso Harry Quebert escapa a todas as tentativas de descrição. Nada do que você leu antes poderia prepará-lo para este livro.

#ResenhaMaeLiteratura

Você já leu algum livro do Joël Dicker?

Eu não tinha lido ainda, mas queria muito ler. Comecei por A Verdade sobre o caso Harry Quebert, livro de janeiro, do nosso Clube da Leitura MãeLiteratura, em parceria com a @intrinseca.

Sabe aquele livro que precisa "assentar"? Este foi um deles. Terminei a leitura sem saber se tinha gostado...depois de refletir sobre a leitura e da nossa discussão, penso que sim, gostei, mas imaginei que fosse gostar bem mais. Expectativa alta normalmente me atrapalha muito.

Marcus Goldman é um escritor que vive um impasse. Seu primeiro livro foi um grande sucesso e agora após muito procrastinar, ainda não escreveu nada e o prazo para a entrega do próximo livro está se esgotando. O que fazer?

Ao visitar seu mestre e amigo Harry Quebert, em busca de inspiração, se vê preso num redemoinho de emoções. O corpo de uma jovem de 15 anos é encontrado no quintal de Harry e ele admite ter tido um caso com a garota, mas afirma não ter nada com a sua morte.

Marcus começa um processo para ajudar a livrar seu amigo das acusações e descobrir o que realmente aconteceu.

É um livro interessante e diferente. Embora tenha 562 páginas, achei a leitura fluida e rápida, embora por vezes muito fantasiosa.

Gostei das suas críticas sutis, principalmente sobre doenças e tratamentos psiquiátricos e também sobre a ganância do mercado editorial.

Percebi alguns furos e acho que o autor acabou exagerando na dose, principalmente em personagens caricatas como a mãe do protagonista. Alguns temas são bem pesados, mas no geral é um bom livro de entretenimento.

Achei a capa incrível. Gostei muito da diagramação, o primeiro capítulo é o 31º e o penúltimo, o primeiro, antes do epílogo. Traz um livro "dentro do outro", e cada capítulo começa com dicas de escrita, o que achei muito interessante.

Adorei o que é falado sobre um bom livro. Eu concordo e sempre digo que livro bom é aquele que deixa saudades dos personagens, "é um livro que lamentamos ter terminado".

Você já leu ou quer ler? Me conta!⁣⁣⁣

Sobre o autor:
Suíço escritor em língua francesa, nascido em Genebra sua família é originária da França e da Rússia. Foi em Genebra que ele estudou e aos 19 anos depois de passar por Paris começou a estudar direito na universidade de Genebra onde graudou-se em 2010. Desde cedo é apaixonado pela música e pela escrita. Com sete anos fez sua estreia como baterista e com dez anos fundou o Gazete dos Animais, uma revista sobre natureza que durou sete anos e lhe rendeu o prêmio Cuneo por proteção da natureza e o prêmio do La Tribune de Genève como o mais jovem editor da Suíça. E então deu seus primeiros passos como escritor. Seu primeiro conto venceu em 2005 o Prêmio Internacional de Jovens Autores publicado na Suíça. Foi o prazer de ver seu conto ganhar vida em forma impressa que o fez ir atrás de seu primeiro romance. Que depois de três anos e alguns problemas foi publicado em 2011, mas foi com seu segundo romance que foi consagrado como bestseller no mundo inteiro, tendo seu livro vendido para mais de 30 línguas e sendo comprado para uma adaptação.

📚 A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert
Leitura #07 de 2022
Autor: Joël Dicker
Tradutor: André Telles
Ano: 2014
Páginas: 576
Editora: Intrinseca
Livro cedido pela Editora
Minha avaliação: 4 (de 5 estrelas)
Adicione no Skoob
Para comprar: Amazon


Participam também do BEDA:
Dani Lunna  Alê | Obdulio | Roseli | Mariana | Darlene 


Você pode comprar seus livros na Amazon pelo nosso LINK. Não paga nada a mais por isso e ajuda a manutenção do BLOG: Clique aqui. Você também pode adicionar os produtos no carrinho e voltar quando puder.

Gostou do post? Quais assuntos e ou resenhas você gostaria de ver por aqui? Escreve aqui embaixo ou me manda nas redes sociais:



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é