Blogagem Coletiva - Aliança dos Blogs: Consciência Negra

 

Olá pessoal!

Uma das coisas que mais gosto na blogsfera é o contato com outros blogs! É comum blogueiros amigos trocarem dicas e impressões sobre as postagens. Eu participei de muitas blogagens coletivas e sempre gostei bastante.

Pensando nisso, eu e três amigos blogueiros mega queridos, a Danielle, o Lucas e o Tom, criamos a ALIANÇA DOS BLOGS. O objetivo do nosso grupo é trazer todo mês um conteúdo diferente para vocês. 


O tema deste mês é consciência negra. Um tema importante sempre, que pode trazer reflexões importantes. Selecionei quatro livro que li eu adorei, para compartilhar com vocês. Dois nacionais e dois estrangeiros. Vamos conferir?

📖 Marrom e Amarelo, de Paulo Scott, Editora Alfaguara, Grupo Companhia das Letras
Paulo construiu um livro muito interessante. Os irmãos Federico e Lourenço são muito diferentes.  Lourenço é "claro", de cabelos lisos. É chocante ver como a sociedade trata de forma tão diferente irmãos tão próximos. Um retrato de um país desigual e por tantas vezes cruel. Relata também sobre as relações familiares, dos dois irmãos e seus pais.

📖 O Avesso da Pele, de Jeferson Tenório, Companhia das Letras
Uma das minhas melhores leituras do ano passado. Adorei a escrita do Jeferson e sua história me deixou arrasada. 
O livro conta a história de Pedro, que, após a morte do pai, assassinado numa desastrosa abordagem policial, sai em busca de resgatar o passado da família e refazer os caminhos paternos. Um livro denso, humano, sensível, que mostra uma história brutal, como tantas que acompanhamos diariamente. 

📖 Cartas para Martin, de Nic Stone, tradução de Thaís Paiva, Editora Intrínseca
Uma crítica muito interessante e reflexiva sobre racismo. Justyce é um adolescente bacana, estudioso, que quer ter um futuro melhor que seus colegas de bairro. Tem como amigos Many e Sarah Jane. Um young adult bem escrito, a autora acertou no tom da narrativa, trazendo assuntos importantes com certeza leveza.
Acho que este livro deveria ser recomendado em todas as escolas e deve ser lido por leitores de todas as idades.

📖 A Metade perdida, de Brit Bennett, tradução de Thaís Britto, Editora Intrínseca
O ponto de partida são as irmãs gêmeas Desirée e Stella, que vivem juntas e aos 16 anos fogem de Mallard, cidade (que nem existe no mapa) onde nasceram. Após um tempo Stella simplesmente desaparece sem deixar rastros e Desirée segue a sua vida.⁣ Além das irmãs, a história traz duas outras protagonistas, Judy (minha personagem favorita) e Kenedy, respectivamente filhas da Desirée e da Stella. Primas tão diferentes e ao mesmo tempo com anseios parecidos.⁣ Temas como racismo, colorismo, identidade, família, preconceitos e dramas familiares são bem trabalhados pela autora.⁣

E aí, o que achou das minhas indicações? Leu algum deles? Quer ler? Me conta!

Não deixe de passar nos blogs participantes, para conferir as postagens dos nosso amigos:

Danielle SV

Leitor dos Sonhos 

Tom Dutra



Comentários

  1. Ótimas indicações, Clau! O Avesso da Pele, em especial, parece ser muito interessante!

    ResponderExcluir
  2. Uau, uma indicação melhor que a outra, Clau, já quero ler todos! Eu li o Cartas para Martin (no seu clube, haha!) e, sim!!! Deveria ser adotado pelas escolas, acho que faria uma diferença muito grande, dando aos jovens uma boa razão para refletir!

    ResponderExcluir

Postar um comentário