Resenha: Na Ilha de Falesá | Robert Louis Stevenson | Grua Livros


Leitura #20 de 2021⁣⁣⁣⁣⁣
📖Na Ilha de Falesá, de Robert Louis Stevenson, tradução de Bernardo Ajzenberg - Grua Livros - Coleção: A Arte da Novela.

Autor de O Médico e o Monstro e A Ilha do tesouro, Stevenson escreveu uma novela interessante e envolvente.

Wiltshire é recebido por Case, seu conterrâneo, na chegada à Ilha de Falesá e este logo arruma uma mulher para ele, Uma. Case parece um cara bacana, mas as aparências enganam...

Desprezado pelo povo Canaca, Wiltshire precisará mostrar toda sua habilidade para sair desta situação.

Fiquei totalmente envolvida pela a trama, e torci pelo seu sucesso. Que leitura boa.

Uma história que aborda temas importantes como miscigenação e domínio do homem branco.

Gostei do formato do livro, edição bonita e ótima diagramação da Editora Grua.

Curiosidades:
O livro foi originalmente censurado por sua editora britânica.
Stevenson passou os seus últimos 15 anos nas Ilhas Samoas, onde faleceu aos 46 anos.
⁣⁣
Uma dica, este é o tipo de livro bom para te tirar de uma ressaca literária, daqueles que você lê de uma vez. Recomendo!
⁣⁣
Você leu? Quer ler? Me conta!⁣⁣⁣



Sobre o autor
Robert Louis Stevenson nasceu em Edimburgo, Escócia, em 1850, e morreu em Samoa, arquipélago do oceano Pacífico, em 1894. De constituição adoentada, cursou, sucessivamente, Engenharia e Direito, tornando-se advogado, sem nunca ter exercido a profissão. Morreu em 1894 de hemorragia cerebral.

Na Ilha de Falesá
Autor: Robert Louis Stevenson
Tradutor: Bernardo Ajzenberg
Ano: 2017
Páginas: 136
Editora: Grua
Livro cedido pela editora
Minha avaliação: 4/5 estrelas
Adicione no Skoob
Para comprar: Amazon
Grua

Comentários