Pular para o conteúdo principal

Resenha: Ilha - Marcelo Jucá - Editora Kapulana


Ilha - Marcelo Jucá - Felipe Tognoli - Editora Kapulana

Ilha é um livro infanto-juvenil, adequado para leitores de todas as idades. Um livro forte e ao mesmo tempo poético, que me fez refletir.

O que para alguns pode ser pouco, pode ser muito para quem tem quase nada. As injustiças da vida. Nenhuma criança deveria circular, permanecer, ou trabalhar num lixão. 

Um depósito de lixo vira uma Ilha para o menino Dado. O olhar ainda ingênuo do garoto, filtra as oportunidades, o fará crescer na marra, deixando cedo a infância. 

A busca pelo brinquedo, pela chance de sair dali, ou de no mínimo, ter um futuro um pouco melhor. 

De galochas e com as luvas que ganhou do tratorista, Dado garimpa materiais, fuça e tenta achar um pequeno tesouro. É possível escapar do seu destino?

É na aridez da paisagem que o menino transforma sua ilha, aos seus olhos, mesmo que ressabiados, ainda há espaço para o lúdico. Ele merece o presente? Mãos jogam jokenpô.

Dado convive com o perigo, tétano, prego, pedra. É preciso tomar cuidado, para não virar comida da ilha. O que é tesouro? O que é lixo? Tudo é uma questão de referencial.

Através dos pensamentos do menino, acompanhamos sutilmente a sua realidade. O sol, que ele gosta, mas que se aquece muito, dá sede. A água dali tem gosto diferente, embora na escola digam que água não tem gosto, nem cor. Aquela tem.

Que vontade de pegar o Dado no colo, de protegê-lo. Queria muito que ele tivesse a chance de escapar do seu destino, assim como milhares de crianças que se encontram em situações de risco.

O texto bonito e poético de Marcelo Jucá transforma este livro numa leitura diferente e especial. Uma crítica social, temos tantos Dados, invisíveis.
"Ninguém descobria o que era preciso para sair da ilha.
Os que conseguiam sair não voltaram
(e quem sabe o que aconteceu com eles?).
Dado não sabia se isso era bom ou ruim."

 As ilustrações de Felipe Tognoli criam um universo vigoroso e ao mesmo tempo delicado, terno. Gostei muito! 

O livro é diferente, original e reflexivo. Edição super caprichada da Editora Kapulana. Adorei o formato, as cores e a diagramação. 


Sobre o autor

Marcelo Jucá é escritor, educador e jornalista. Atua como artista-educador em oficinas e programas da prefeitura. Como jornalista, colaborou em jornais, revistas e agências de comunicação. É autor de obras infantis e juvenis de reconhecimento literário.

Sobre o ilustrador
Felipe Tognoli, artista brasileiro, é ilustrador de obras para crianças e jovens. É palhaço e arte-educador. Participa de projetos envolvendo o universo lúdico das crianças, organiza e ministra oficinas em diversos espaços culturais e é mediador em exposições em museus e organizações culturais. É o ilustrador de dois livros da Kapulana, Ilha e Ovelha Colorida. 

Sobre a Editora Kapulana 
Editora voltada para a publicação e divulgação de escritores brasileiros e africanos, com foco em obras com temática marginal ou pouco contemplada na mídia. O catálogo da editora Kapulana preza pela diversidade e apresenta obras de literatura infantil, juvenil e para adultos, assim como memórias, biografias e obras científicas. Com o compromisso de ampliar e apresentar diversas linguagens literárias ao público brasileiro, os escritores, ilustradores e colaboradores da Kapulana são de países como Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Nigéria, Quênia e Zimbábue.

Ficha técnica
Título: Ilha
Autor: Marcelo Jucá
Ilustrador: Felipe Tognoli
Ano: 2020
Páginas: 28
Editora: Kapulana
Livro cedido pela editora
Adicione no Skoob 
Para comprar: Editora Kapulana


Comentários

  1. Clauo, sou suspeita porque amo livros infantis. Mas esse é absurdamente necessário para todas as idades, não é mesmo? Amei suas ponderações e, ao ler, fiquei com vontade de pegar o Dado para mim. De fato, ninguém deveria ser condenado a ter essa infância. Beijos! Karla Samira

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç