Eu Li: Das Cinzas de Onira

Olá hoje trago as minhas impressões do livro Das Cinzas de Onira, de Umberto Mannarino, Coleção Outro, da nossa parceira, Planeta de Livros.

Sinopse
Nada neste livro é o que parece. Preste atenção nas entrelinhas. Cada detalhe da história é um mundo novo que se abre! Olívia perdeu a memória em um incêndio que encobriu seu passado em um turbilhão de perguntas sem resposta. A imagem de seus pais, lembranças antigas, tudo foi apagado de sua mente. Agora, recuperando-se na casa dos tios, ela descobre uma passagem secreta para Onira, um mundo em que tudo parece ter misteriosa relação com sua vida antes do acidente. Com a ajuda de um pelotão de criaturinhas uniformizadas, um peixe de monóculo e um enorme boneco de pano, Olívia decide explorar essa realidade para desvendar seus enigmas e encontrar o caminho de volta. Mas a jornada é perigosa: fantasmas, aranhas, aves de fogo... Ela enfrentará desafios inimagináveis para decifrar esse novo mundo, na esperança de assim recuperar a memória e compreender a verdade sobre o dia do incêndio. E uma voz em sua mente não se cala: Onira é real? Ou só fruto da imaginação? Qual a relação desse mundo com o seu passado?
Quando eu soube deste lançamento imediatamente fiquei com vontade de ler este livro. Eu gosto muito de livros sobre fantasia. Que delícia de leitura! O autor, é um fenômeno como youtuber da educação e escreve muito bem. Como eu sabia que teríamos o lançamento dele em seguida, li me preparando para o evento. Foi muito bacana acompanhar o bate papo depois de realizada a leitura.

Olívia acorda num cama de hospital, única vítima que sobreviveu de um terrível incêndio, que matou toda a sua família. Enquanto se recupera dos ferimentos, tenta recuperar também sua memória e vai morar com seus tios paternos. Convivendo com sua tia e tio e seus dois filhos, uma bebê e um primo chato e com uma agenda cheia de compromissos com as suas aulas, Olívia tem muito tempo livre e logo se vê entendiada.

Uma das suas poucas ocupações, enquanto se recupera do acidente, é ajudar seu tio Lucas, a alimentar suas aves. Ele tem uma coruja vermelha, que lhe chama a atenção. Uma noite, durante um sonho, Olívio escala a lareira e se vê num mundo totalmente diferente! Lá conhece o Major, um enorme boneco de pano e outro militares, como uma sardinha com sotaque francês. Eles estão à caça dos fantasmas que destruíram a cidade de Onira.

Um universo mágico se descortina aos olhos da menina. Durante a leitura fiquei pensando nas inspirações do autor para escrever esta aventura. Me lembrou um misto de Alice no país das maravilhas, com Reinações de Narizinho. Fiquei pensando se o nome Onira vem de onírico, e se o que a menina vivencia faz parte de um sonho e/ou tem elementos de realidade, de tempos passados. Ou se é tudo isso misturado. Enfim, viajei na trama e adorei esta viagem.

A leitura é fluida e muito bem escrita. Eu amei viajar com Olívia e sua turma, principalmente à bordo do Estrela Viandante, um veleiro de um legítimo pirata. Foi uma das passagens que eu mais curti na trama.

Olívia conversa com sua imagem no espelho, chamando-a de Jade, como se fosse sua irmã gêmea. A incomoda o fato de não ter lembrança nenhuma de sua família antes do acidente e mais ainda, do fato de seus parentes não comentarem anda sobre isso com ela. Será que ela está preparada para se lembrar? Não posso dar detalhes, por conta dos spoilers, mas posso te contar que durante a leitura tudo vai se encaixando, fazendo sentido. A trama vai se completando com o avançar dos capítulos.

Achei a capa linda. A edição da Planeta está muito caprichada. Diagramação excelente, páginas amarelas, letras em tamanho confortável. Detalhes lindos nas páginas, como os que abrem os capítulos.

Adorei as belas e vibrantes ilustrações feitas pelo Esdras Gomes, que fez um trabalho belíssimo e que muito agrega à trama. Durante o bate papo, no lançamento do livro, Umberto mostrou os desenhos originais feitos pelo Esdras e explicou como foi trabalhar com o ilustrador, o quanto ele captou os detalhes e suas intenções quanto às belíssimas ilustrações. Foi muito bacana saber mais sobre este processo. Que dupla afinada forma estes dois talentosos artistas.
Ambos são muito atenciosos e simpáticos também nas redes sociais.

Pela forma que o livro acaba, imagino uma continuação em breve. Esta impressão não é confirmada pelo autor, mas sigo na torcida, tomara que aconteça, pois adoraria saber ainda mais sobre o mundo de Olívia.


SOBRE O AUTOR Umberto Mannarino já foi totalmente de exatas. Quando pegou o voo para ir cursar Química no Japão, nunca pensou que em um futuro próximo se apaixonaria pela escrita. Hoje, com 23 anos, youtuber de educação com mais de 800 mil seguidores e depois de experimentar vários cursos até se encontrar na Publicidade, começa a desconfiar de que é apenas o personagem de uma história esquisita que ele mesmo gostaria de ter escrito. Para afastar essa ideia, ele escuta Pink Floyd e escreve. Das cinzas de Onira é o seu primeiro livro. Outros virão.

Das cinzas de Onira
Autor: Umberto Mannarino
Ilustrador: Esdras Gomes
Ano: 2020
Páginas: 256
Editora: Planeta | Coleção: Outro
Classificação 5/5
Livro cedido pela editora
Adicione no Skoob
Para comprar: Planeta


Comentários

  1. Oi Clauo! Quase não leio fantasia, mas essa realidade super possível de imagina eu acho que seria bem interessante de ler. Adorei sua dica e as fotos do evento, que bacana poder interagir pessoalmente com o autor. Beijos! Karla Samira

    ResponderExcluir

Postar um comentário