Pular para o conteúdo principal

A Colcha Escarlate - #12livrospara2020 - Janeiro

Olá!
Hoje trago para vocês a resenha do livro A Colcha Escarlate, de Celina Cortês, da Editora Autografia.
Escolhi este livro para ser o livro de janeiro da nossa TAG #12livrospara2020. Esta TAG é uma parceria com os blog Mundinho da Hanna e Pacote LiterárioNão deixe de passar nos blogs das meninas para conferirem suas postagens! Se você quiser relembrar as postagens do ano passado, clique aqui.
Todo dia 12 postarei a resenha de um livro que está na minha biblioteca aguardando a leitura.
Sinopse
Uma jornalista, separada, duas filhas adultas, compra uma colcha indiana escarlate. Ato contínuo, perde o emprego e sua gata quebra a pata. Mais dor e prejuízo. A história prossegue em Jaipur, capital das confecções artesanais na India. Um dos familiares autores da tal colcha cria um feitiço que provoca mudanças em suas cores e mexe na vida de quem a adquire. Os artesãos quebram paradigmas da cultura local, em situações que envolvem sexo, drogas e traição. A jornalista vai à India investigar a colcha e encontra o que não procurava: um grande amor. Há, porém, um forte suspense se os dois conseguirão vivê-lo. A protagonista busca a verdade, a realização profissional e sua própria felicidade.
Ano passado recebi um convite muito especial, da Celina Côrtes, para ler seu novo livro. Como estava muito curiosa para conferir esta leitura, o escolhi para começar com chave de ouro nossa tag #12livrospara2020.

Nesta trama vamos acompanhar Maria, personagem principal, 53 anos, jornalista, divorciada, duas filhas adultas. Ao comprar uma colcha indiana repara que com o passar do tempo, a mesma muda de tons, as cores vão se alterando. Intrigada com este fato estranho, que parece se relacionar com episódios que acontecem com ela, começa a pesquisar a origem da colcha.

Fiquei envolvida na história, foi muito bacana acompanhar o seu relacionamento com as filhas, a descoberta de um novo amor. As idas e vindas, os dilemas e dúvidas de uma mulher madura, consciente e interessante.

Também gostei muito do núcleo da família indiana, a família que produz as colchas indianas e que a nossa personagem adquire e que dá início à história do livro. Acompanhar seus costumes, tradições e cultura deu um ritmo interessante e diferente à trama. Celina ainda aborda temas importantes como a questão da homossexualidade e preconceito de uma forma sensível.

Maria vai à Índia a trabalho, para fazer um perfil de uma personalidade muito interessante, Amma, que distribui abraços e amor. Gostei muito destas cenas na história.

Neste livro viajei com a Maria para a Índia, acompanhei seu dia a dia, seu envolvimento com a profissão, sucesso e emoções. Que aventura gostosa!
Celina é dona de uma escrita muito boa e fluida, a trama é interessante e diferente. Gostei muito da leitura. Sempre digo que livros escritos por jornalistas estão entre os meus favoritos e este não fugiu à regra.

Adorei a capa, achei linda e ela transmite a essência do livro, gostei muito da combinação de cores. Boa diagramação da Autografia, páginas amarelas, letras em tamanho confortável, boa revisão.

Este é o segundo livro, que leio da Celina, mas é o seu quinto livro. Celina, além de muito talentosa, é muito querida e atenciosa. Recomendo esta leitura leve, mas ao mesmo tempo profunda, que me fez refletir e com a qual me identifiquei muito.
Ficou curioso? Quer ler? Me conta.
Sobre a autora
Celina Côrtes, carioca de 1956, é jornalista e trabalhou em alguns dos principais  veículos de comunicação do país, como Jornal do Brasil, O Globo, O Dia e revista IstoÉ. Em 2010, lançou Ilha da Trindade - veo de mysterio à flor dagua. Em 2011 foi a vez de  Procura-se um milagre, três mulheres no Caminho de Santiago e em 2017, Útil ao agradável, histórias de amor, humor e boa forma. Celina ganhou dois prêmios Esso de equipe, no Jornal do Brasil e na revista IstoÉ.
A Colcha Escarlate
Autor: Celina Côrtes
Ano: 2019
Páginas: 202
Editora: Autografia
Livro cedido pela autora
Minha avaliação: 4,5/5
Adicione no Skoob
Para comprar: Autografia

Comentários

  1. OI Clau, adorei a dica de livro. Eu fico com vontade de entrar nesse BC com vocês. Mas fico no receio de não conseguir ir até o fim. Mas nesse mês já postei um livro e fiz foto dele com o esmalte da semana. Já tenho o segundo para postar. Só falta fazer a foto com o esmalte da semana. Será que consigo participar dos dois projetos?
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderExcluir
  2. Oi Clauo, eu não conhecia esse livro, mas parece ser uma grande leitura. Começou bem 2020, com um livro incrível. Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  3. Olá! Gostei muito de conhecer esse livro, não conhecia e parece ser uma história leve e bem legal de ler, no momento estou curtindo livros assim, os blogs que citou aqui são lindos e cheio de conteúdo bacana.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Clauo! Adorei sua resenha, eu amo quando acontece isso na leitura: viajar junto com o autor para dentro da história. E quando o destino é a India, minha amiga... que delícia deve ter sido! Acho sensacional esse tipo de história, ainda mais abordando de forma sensível temas (ainda) polêmicos como a homossexualidade. Já quero ler! Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç