Pular para o conteúdo principal

Brava Serena - Leitura Compartilhada


Olá queridos leitores!!
Hoje trago para vocês a nossa segunda leitura compartilhada. Este é um projeto com o Farmácia de Livros, da minha amiga Célia Alves Cardoso. Vocês já fizeram este tipo de leitura? Têm vontade de fazer? Eu recomendo muito! A cada mês eu acho que fica mais bacana ainda.


Em março lemos e discutimos Brava Serena, de Eduardo Krause, da Editora Dublinense.

Minhas impressões
Há tempos queria ler um dos livros do Eduardo Krause e a oportunidade veio com o convite do autor. Assim começamos esta deliciosa leitura compartilhada. Quem acompanhou pelos stories do Instagram, percebeu o quanto gostamos desta leitura. O livro rendeu altas discussões e trocas de idéias. 

A escrita do Eduardo é muito, muito boa! Esta foi uma das melhores leituras que fiz ultimamente. Ele reúne ingredientes que eu amo, Itália, vinhos, comida e relacionamentos. Só poderia dar coisa boa, muito boa. 

O protagonista é Roberto Belilacqua, um brasileiro que planeja morar em Roma até morrer. Viúvo e longe da única filha, vende tudo e vai viver na Itália. Um homem que trabalhou como securitário, que planejou sua vida nos mínimos detalhes, vai romper suas amarras e se permitir um novo estilo de vida. Para isso conta com a ajuda, o apoio e o estímulo de Serena, filha da sua senhoria, do quarto que aluga na cidade. Duas pessoas completamente diferentes, uma livre, outro preso ao passado e vivendo com seus fantasmas. A trama é leve, libertadora e muito passional. O autor encontrou um ponto muito interessante de equilíbrio, que permite uma história de redenção, de libertação e de vida. Interessantíssimo acompanhar como as emoções passam a fazer parte da vida até então monocromática de Roberto.

Gostei muito dos detalhes psicológicos da trama. Nosso protagonista viveu em Roma os melhores momentos de sua vida, a lua de mel com sua esposa. Após poucos anos, ela morre e deixa Roberto, além de viúvo, pai de uma menininha que precisa de sua atenção e cuidados. Ele faz o melhor que pode...mas se mantém preso ao passado.

AMEI passear por Roma novamente, desta vez na companhia deste protagonista tão especial. A leitura de Brava Serena é fluida e intensa. Li rápido, mas confesso que no final diminui o ritmo, pois não queria que o livro terminasse. Sempre digo que livro bom é aquele que deixa saudade no leitor e este com certeza deixou. Saudade e um sentimento bom, fiquei reflexiva por dias e senti um misto de emoções.

Adorei os extras também. Somente nesta edição, em e-book, o leitor encontra um guia com filmes italianos divinos, além da filmografia do Marcelo Mastroianni. Roberto, nosso protagonista era a cara deste maravilhoso ator e muitas pessoas comentavam esta semelhança, que o deixava envaidecido.

Leiam, leiam Brava Serena! Recomendo muito esta deliciosa leitura. Você vai curtir e se emocionar com esta escrita tão elegante e bem cuidada. 



Impressões da Célia
Mais uma vez, tive a oportunidade de fazer uma leitura conjunta com a Cláudia de um excelente livro. O enredo é muito bem amarrado, deixa a gente tirar nossas próprias conclusões sobre as atitudes dos personagens. Dois fatores do livro me deixaram bastante feliz com a leitura: a viagem à Roma (o autor fazia descrições fantásticas sobre o local) e as frases de uma ironia muito refinada (que nos faz grifar loucamente durante a leitura). É um livro para ler ao lado de uma boa lasanha e com um copo de vinho. Foi uma leitura que nos deixa na dúvida entre ler rápido para descobrir o final ou degustar vagarosamente cada parte e deixar-se guiar pelas belas paisagens romanas...

Sobre o autor
Eduardo Krause nasceu em 1980, em Porto Alegre. Publicitário formado pela UFRGS, em 2014 publicou seu primeiro romance: Pasta senza vino, história de amores e sabores ambientada em Florença, cidade onde morou por um ano. Brava Serena é o seu segundo romance, no qual retoma a temática ítalo-brasileira, prestando tributo a Roma e ao inesquecível Marcello Mastroianni.

No último final de semana, na 2ª Feira de Livros da Unesp, tive a grata surpresa de encontrar, sem esperar o Eduardo, no stand da Dublinense. Além de excelente autor, se mostrou muito simpático, atencioso e gentil. Foi muito bacana trocar algumas impressões com ele sobre seus livros, com direito a fotos e autógrafos! E vem aí nova leitura compartilhada. Em maio eu e a Célia, vamos ler Pasta Senza Vino, dele também!!



Comentários

  1. Oi! Estes projetos de leitura em conjunto são bem gostosos, já tive experiências bem positivas assim e foram leituras mais marcantes. Até hoje lembro das nossas discussões sobre as obras.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Leitura em conjunto é sempre maravilhosa, eu estou fazendo uma no momento. Não conhecia esse livro e por se passar em Roma já gostei, me fez lembrar do meu avô.
    Gostei da parte do guia de filmes italianos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é