Pular para o conteúdo principal

Eu Li: Porta Aberta



Olá!
Hoje é dia de poesia aqui no MãeLiteratura!
Trago para vocês este livro lindo, Porta aberta, do poeta Cassio Figueira, da nossa parceira, a Editora Kiron.

Já contei aqui que ler poesias é um prazer relativamente recente e vejo que faz parte do meu processo de amadurecimento. Percebo que muitas pessoas têm dificuldade em ler e relatam que lêem poucos livros de poesias, o que é uma pena. Acredito que, infelizmente, ainda há pouco incentivo para ler este gênero literário tão rico. Por isso escrever sobre poesia é importante, muito importante.

Eu fiquei encantada com a poesia do Cassio. Seu texto reflete um amadurecimento que me emociona e reflete nosso momento atual.  Após ler o livro convidei-o para responder nossa entrevista. Nela Cassio comenta sobre a poesia. Me identifico muito com sua visão poética e compartilho com vocês:

"Sinto que a poesia exige um olhar mais contemplativo do mundo e da gente mesmo. Para isso é preciso dedicar um tempo, a mente tem que estar mais tranquila, mais liberta do automático e da correria do dia a dia".


Porta aberta é um livro muito bonito, composto por 40 poesias que refletem o cotidiano observado pelo autor. 
A capa é interessante e simbólica, gostei das cores escolhidas. Ótima diagramação da Editora Kiron, letras em tamanho confortável para leitura, bom espaçamento, páginas brancas. 
Foi uma leitura prazerosa e fluida. Um livro para se ter no seu criado mudo. Recomendo muito esta leitura inspiradora.

Sobre o autor
Cassio Figueira é natural de São Paulo, capital. Nasceu no dia 20 de março de 1968. É professor universitário com formação na área de ecologia. Porta aberta é seu segundo livro de poesias. 
Porta Aberta
Autor: Cassio Figueira
Ano: 2018
Páginas: 92
Editora: Pensamento
Classificação: 5/5
Livro cedido pela editora
Adicione no Skoob
Para comprar: Editora Kiron | Amazon

Comentários

  1. Que lindo!!
    Realmente vejo muitos leitores falando que quase não têm o hábito de ler poesias, eu já amo desde muito tempo. E gosto de ler com calma, nada de pegar o livro e já ler tudo, vou degustando um pouco por dia.
    Amei esse e a resenha ficou maravilhosa!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fê!
      Eu também!
      É isso mesmo, as poesias são para serem degustadas. E este livro merece
      Bjs e obrigada querida

      Excluir
  2. Eu leio poesia desde a infância, aliás, eu me alfabetizei através da poesia e, minha escrita (embora não saiba escrever poesias) escorrega pelo gênero. Ou seria passeia? Eu tenho paixão pelo lado poético da realidade. O vento nas folhas, o sol a dourar os telhados e a brisa a suspirar os minutos de uma tarde que não sabe se chove ou se faz sol. rs
    Não conheço o poeta e nem o livro, mas gostei do poema, deu uma sensação de aconchego.
    Nesse agosto, escolhi os livros de poesias para ser meu jardim, mas leio sem compromisso de páginas, abro e leio, sem mapas ou norte.

    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carissima, sua leitura é muito poética sim! Adoro!
      Também tenho esta sensação com o livro do Cassio.
      Bacio

      Excluir
  3. Faz tempo que não leio poesia, mas adoro a ideia de autores traduzirem por meio de palavras (sejam em crônicas, poesias, livros inteiros...) o que sentem com o mundo ao redor. Parece ser um livro lindo :)
    Adorei a resenha, chuchu. beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida
      Obrigada!!
      Sim, esta tradução é adorável mesmo :)
      Bjs

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é