Pular para o conteúdo principal

Eu Li: A Equilibrosa: Histórias de Uma Mãe em Construção (Mônica Calderano)

"Mãe, olha como sou equilibrosa!", dizia a menina , com um sorriso no rosto e o coração na boca, enquanto tentava se manter em pé no meio-fio...assim começa a "orelha" deste livro lindo. Escolhi este primeiro parágrafo para apresentá-lo a você.
Recebi o convite da Mônica Calderano, jornalista, mãe de dois menininhos lindos e com um raro talento e sensibilidade para a escrita, para ler seu livro. Confesso que não conhecia nem o livro, nem o blog, embora tenhamos várias amigas em comum. Aceitei na hora e comecei a leitura sem maiores pretensões e o livro me surpreendeu muito positivamente. 
A Equilibrosa, histórias de uma mãe em construção, foi lançado este ano pela Giostri Editora.  A autora conta que o livro começou a ser construído a pouco mais de dois anos, quando começou o site Equilibrosa (que também recomendo muito a leitura).
No livro temas como lidar com limites, diferentes emoções, exposição, chegada do segundo filho, capacidade de dar conta de tudo, dúvidas e dilemas são abordados com muita sensibilidade, cuidado e atenção. São assuntos delicados e que fazem parte do cotidiano de qualquer mãe. 
Ser mãe é aprender sempre, é estar em construção o tempo todo, é se desafiar... Por conta de tudo isso é impossível não se identificar com a Mônica. Compartilho muitas das suas percepções.
Li o livro rapidamente porque não consegui parar a leitura na metade, mas depois voltei para degustar e reler várias passagens. Ao aliar a escrita de uma jornalista (adoro este tipo de escrita, já falei isso aqui várias vezes) com a vivência de uma mãe atenta e interessada, temos como resultado uma delícia de livro. Tenho a nítida impressão que Mônica observa tudo com muito cuidado, com pouco julgamento e com o olhar de quem não perdeu o interesse pela vida e pelas pessoas que estão ao seu redor. Tudo isso transparece nesse livro tão especial. 
Composição da minha avaliação: (cada item vale até 1 ponto): 
Capa: 1,00
Trama: 1,00
Diagramação: 1,00
Desenvolvimento e narrativa: 1,00
Revisão: 1,00
Nota: 5,00 - Excelente (favoritado)
Adicione o livro no SKOOB
Achei a capa linda. Diagramação ótima, assim como a revisão. Folhas amareladas (que amo), letras em tamanho confortável, bom espaçamento. A leitura é fluida. Composto de 45 crônicas curtas, é narrado em primeira pessoa. Mônica apresenta uma escrita deliciosa, num tom de conversa com o leitor.
SinopseJá pensou quantas oportunidades a decisão de cuidar de uma criança nos traz? Por meio de textos leves, de leitura rápida e despretensiosa, você vai se envolver e se identificar com a rotina e os pensamentos de uma mãe que, enquanto cuidava de dois meninos, percebeu que tinha a chance de se reconstruir. Nascido do site Equilibrosa, este é um livro para quem decidiu encarar o desafio de educar em toda a sua potência.
Ficha técnica:
Título: A Equilibrosa, histórias de uma mãe em construção
Autora: Mônica Calderano
Ano: 2017 
Páginas: 120
Idioma: português 
Editora: Editora Giostri
Livro cedido em parceria com a autora
Sobre a autora
Mônica Calderano tem 37 anos; é jornalista há 15, bem casada há 11 e mãe há pouco mais de 5. Tem vontade de contar histórias desde que se entende por gente...

Para acompanhar seu lindo trabalho

Não economizo aqui elogios (normalmente é raro observar meu entusiasmo tão evidente), pois o livro realmente me conquistou. Acabei de ler abraçada ao livro e querendo abraçar a Mônica também. Por isso recomendo muito esta leitura.
Você pode comprá-lo direto do site da Giostri Editora ou nas redes de livraria.
A Mônica me pediu para escolher um trecho que gostei e gravar um video. Escolhi uma das crônicas que fala sobre a chegada do segundo filho. Vivenciei uma situação muito parecida com a narrada por ela. Na minha onipotência da época, acreditava que seria muito fácil lidar com a chegada deste segundo filho tão desejado...não foi bem assim. Assistam e depois em contem o que acharam. Compartilho aqui com vocês este meu depoimento. #equilibrosa



Comentários

  1. Clau, adorei o post. Fiquei curiosa para a leitura.
    E adorei o vídeo! Ficou show! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada querida! Leia, Tati, vc vai adorar!!
      Bjks mil

      Excluir
  2. Eu AMO o blog da Mônica e tenho certeza de que o livro deve ser tão bom quanto! Preciso comprar o meu!

    ResponderExcluir
  3. Oi Cláudia, me apaixonei pela bela leitura e me identifiquei também. Que maravilha ter pessoas sensíveis assim.

    ResponderExcluir
  4. Quero ler livro e vou ao blog para conhecer a Mônica.
    Adorei a dica.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Só tenho lido boas críticas a respeito do livro. Compartilhar casos maternos é sempre importante.

    ResponderExcluir
  6. Olá com certeza vou visitar o blog dela, fiquei curiosa para conhecer o livro pois ainda não sou mãe e tenho muito a aprender com quem já vivência esta experiência da maternidade, pois sempre fico imaginando como vou lidar com a rotina quando chegar a minha vez, adorei a indicação e o vídeo bjs.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#EsmalteseLivros - Junho

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Escolhas da  Leticia :  "O esmalte é  o Tapete Vermelho, da @esmaltecolorama. Fácil de passar, gosto de passar três mãos pra não ficar muito transparente. O livro é o

Nossa Semana #23

  Olá! Hoje eu quero te contar como foi a nossa semana 23ª. Uma semana movimentada! Teve Clube da Leitura, evento literário, muito trabalho, ótimas leituras e aconchego, o friozinho gostoso continuou por aqui. Participei da Cabine de imprensa do filme Um Broto Legal, da Pandora Filmes e adorei! Tem resenha dele aqui . Na quarta feira tivemos a primeira discussão do nosso amada Clube MãeLiteratura em parceria com a Editora Intrínseca. O livro escolhido é Na Estrada com o ex. Foi uma discussão muito bacana. Enquanto trabalho de casa, tenho a companhia super especial do Zacarias. Meu amor, meu grudinho, meu companheirão, fica sempre pertinho, roncando e brincando com seu amiguinhos. Eu e a Fernanda, minha irmã, voltamos ao cinema, 36 anos depois de ver o primeiro filme, para assistir Top Gun: Maverick.  Que filme! Amamos! Amamos! Amamos! Tenho experimentado um ritual toda noite que me faz muito bem. Vou pra cama cedo, fico lendo, tomo meu chazinho e relaxo, me recuperando dos dias agitado