Pular para o conteúdo principal

O Rosto que Precede o Sonho: Maratona Literária 2014 & Viagem pelo Brasil em 54 Livros

O primeiro livro que li para esta maratona foi O Rosto que Precede o Sonho, de Maurício Gomyde.

Este é o terceiro livro que leio dele, os outros foram Ainda Não te Disse Nada e O Mundo de Vidro. A cada livro lido, confirmo o talento deste moço de fala doce, gentil e atencioso.
Sabe aquele livro que te prende a atenção?! Que você não quer parar até descobrir o que vai acontecer com os personagens?! Este é um belo exemplo disso. Li num dia, até de madrugada e sem um pingo de sono (coisa rara ultimamente).
Ambientado em Brasília, conta a estória de Tomas Ventura, um músico que mora num veleiro, numa marina. Sente-se culpado por não ter interpretado corretamente os sinais que levaram ao acidente fatal dos pais. Ao conhecer Aurora, Tomas aceita um desafio para disputar uma grande chance profissional e finalmente descobre o amor. Destaque para a trilha sonora fantástica do livro, um diferencial do Maurício. Parece que você "escuta" as músicas que ele cita durante toda a estória. Muito legal! 
Também fiquei encantada com as cenas de borboletas. Quero muito conhecer um borboletário! Um livro romântico, sensível, com humor, terno e apaixonante. Deixa uma mensagem otimista, de fé na vida. Super recomendo.


Sinopse - O Rosto que Precede o Sonho - Maurício Gomyde

Os sinais que ele não percebeu, no dia do acidente, poderiam ter evitado que seus pais entrassem naquele avião. Tempos depois, algo inesperado mudou o rumo das coisas, e ele, então, passou a esperar o dia em que os sinais voltariam... Tomas Ventura levava uma vida quase perfeita, cercado por tudo que sempre quis: um violão, um telescópio, muitos discos bons, amigos, um emprego de sonhos e uma casa que flutuava. Mas no dia em que recebeu a proposta de trabalho da sua vida, o convite para participar da trilha sonora de um grande filme de Hollywood, ele decidiu dizer “não”. Até que dois sinais, os olhos cor de mel daquela menina, mostraram-lhe que ainda havia motivos para seguir em frente...SKOOB.

Nota: 5/5


Fiz questão, ao comprar o meu exemplar, de pedir um autógrafo do Maurício.


Este livro também cumpre o primeiro desafio do Viagem pelo Brasil em 54 livros.


Comentários

  1. Adoro livros que são ambientados no estado ao qual o autor pertence e mais ainda os que tem música!

    Amei Cláudia, acho que adicionarei a minha meta um dos livros deste autor. Fiquei curiosa =)

    ResponderExcluir
  2. Olá Clauo

    Vi seus comentários em alguns blogs e vim conhecer seu espaço. Gostei e já estou te seguindo. Vou aguardar a sua visita e ficarei feliz se me seguir também.

    AMIGA DA MODA by Kinha

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, adorei o seu blog, é super acolhedor... Já segui
    Tenho muita vontade de conhecer esse autor..
    Se poder visite o Rapaz dos 106 livros
    http://rapazdos106livros.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Oi Clau, ótimos livros. Eu por aqui ando separando pouco tempo para a leitura e o pior, ando meio desconcentrada.
    Uma ótima semana pra vocês
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#TBRdeJunho

O que você pretende ler em junho? Você costuma fazer #TBR? Sabe o que é uma TBR? A sigla TBR significa To Be Read. Ou seja, são os livros que você deseja ler. Muitas pessoas montam suas TBR mensais. Confesso que não tinha o costume de fazer a minha, mas estou me aventurando. Alguns livros furam a fila, outros demoram um pouco mais para serem lidos e tudo bem, tenho esta flexibilidade. Estas são as leituras que programei para este mês! Pretendo acrescentar outros no decorrer do mês, mas a princípio estes são os livros que eu tenho certeza que vão me acompanhar:⁣⁣ ⁣⁣ 📖 Água fresca para as flores, Valérie Perrin, @intrinseca - para a nossa Leitura Coletiva MãeLiteratura #LCmaeliteratura⁣⁣ 📖 Na Estrada com o ex, Beth O´Leary, @intrinseca ⁣⁣- para o Clube da Leitura MãeLiteratura⁣⁣ 📖 Lar em chamas, Kamila Shamsie, @Grua_livros - para o #12livrospara2022 de junho 📖O que é que ele tem, Olívia Byington, @editora_objetiva, para o nosso Clube @CompanhiadasLetras deste mês⁣⁣ 📖 Maria Bonita,

Nossa Semana #20

Olá! Hoje eu quero te contar como foi a nossa semana por aqui. Esta semana continuo fria! Chegou uma frente fria que derrubou as temperaturas por aqui e ela ainda não foi embora. Tivemos passeio encontros especiais, Clube da Leitura, ótimas leituras, academia quase todos os dias e muito trabalho . Você também sai carregada assim de casa? Olha eu na segunda feira! Marmita, sacola com material de trabalho, jaleco, mala de academia, porque se for para casa eu nao volto para malhar... Friozinho delícia! Eu amo! Zacarias bem quentinho de roupinha por aqui. Mesmo com o frio, fui a semana toda na academia, menos na sexta, pois acompanhei meu pai numa consulta. Lá dentro é bem quente, então treino de shorts e regata, mas na saída estava gelado, por isso, roupas quentinhas para ir casa e vamos que vamos. Esta semana, consegui aproveitar duas vezes, meia hora do meu almoço no trabalho, para ler. Amo estes momentos, são muito bons e me fazem muito bem. Da série, as alegrias que os livros me traze