Pular para o conteúdo principal

Participações Super Especiais: Juliana


Minha convidada desta semana é uma moça muito talentosa! A Juliana do belíssimo http://Diário de Notas e Fotografias.
Não sei como cheguei ao blog dela, mas depois da primeira visita, virei fã de carteirinha e a cada post novo, lá estou. A Ju é daquelas pessoas que te passam muitas coisas boas, é centrada, determinada e sensível.
Seu blog tem vigor, beleza e movimento. Além das dicas culturais, que são ótimas.
Atenciosa, aceitou prontamente meu convite para participar desta seção. Querida, super obrigada. Adorei sua participação!
Com vocês, minha amiga querida, Juliana:


Desde adolescente tive agenda, caderno de poemas/músicas e receitas. Amo papelaria e não fico sem um caderninho para anotações.
Com a web fiz algumas tentativas, mas nunca persistia. Até que, em setembro de 2007 comecei de verdade. Postava fotos que achava na internet ou do site olhares, fragmentos de poemas, música... Mas não escrevia nada sobre mim. Nem mesmo postava fotos feitas por mim, muito menos interagia com outros blogues.
Um dia num almoço com uma amiga que estudávamos juntas, comentei que havia feito um blog. Ela disse-me:
- Para que ter um blog se vai ficar postando produção alheia.
Aquela fala me chamou atenção, e foi a partir daquele momento que comecei a colocar fotos feitas por mim, e ter minha própria voz. Mas para isso, precisava olhar para eu mesma. Coisa que não fazia com muita frequência e desenvoltura. Assim, o blog nasceu como uma terapia.
Hoje vejo que o blog é para mim, mais uma ferramenta de desenvolvimento pessoal, de organizar os pensamentos, de fazer a vida andar, de construção de identidade e empoderamento si mesmo.
Por meio do blog, conheci pessoas, fiz amigos, ganhei poemas e descobri a paixão pela fotografia. Mudei o blog várias vezes e perderam-se muitos post. Essas idas e vindas serviram para encontrar o fio da meada.  
Claudia, ao pensar sobre suas perguntas que você enviou, tentei resgatar de onde vem o gosto por cadernos de poemas...  Lembrei que quando criança adorava olhar os cadernos de minha irmã mais velha que também se chama Cláudia (ela não gostava que eu mexesse hehe). Mas aquele universo era tão curioso, de tanto mistério porque visualizava paisagens internas e coisas complexas demais para mim. 







Comentários

  1. Claudia querida!
    Obrigada pelo convite.
    abraço com afeto.

    ResponderExcluir
  2. Olha eu aqui pegando a postagem bem no começo!
    Parabéns juliana, ficou lindo o texto!
    É isso mesmo, temos que ter originalidade.
    Nada de ficar postando coisas que os outros fazem.
    Adorei sua determinação.
    Vou visitar seu blog.
    Claudia, voce sempre nos apresentando gente interessante e querida.
    Beijos amiga, logo dou noticias.

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada pela visita lá no blog!
    Bjs!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#TBRdeJunho

O que você pretende ler em junho? Você costuma fazer #TBR? Sabe o que é uma TBR? A sigla TBR significa To Be Read. Ou seja, são os livros que você deseja ler. Muitas pessoas montam suas TBR mensais. Confesso que não tinha o costume de fazer a minha, mas estou me aventurando. Alguns livros furam a fila, outros demoram um pouco mais para serem lidos e tudo bem, tenho esta flexibilidade. Estas são as leituras que programei para este mês! Pretendo acrescentar outros no decorrer do mês, mas a princípio estes são os livros que eu tenho certeza que vão me acompanhar:⁣⁣ ⁣⁣ 📖 Água fresca para as flores, Valérie Perrin, @intrinseca - para a nossa Leitura Coletiva MãeLiteratura #LCmaeliteratura⁣⁣ 📖 Na Estrada com o ex, Beth O´Leary, @intrinseca ⁣⁣- para o Clube da Leitura MãeLiteratura⁣⁣ 📖 Lar em chamas, Kamila Shamsie, @Grua_livros - para o #12livrospara2022 de junho 📖O que é que ele tem, Olívia Byington, @editora_objetiva, para o nosso Clube @CompanhiadasLetras deste mês⁣⁣ 📖 Maria Bonita,

Nossa Semana #20

Olá! Hoje eu quero te contar como foi a nossa semana por aqui. Esta semana continuo fria! Chegou uma frente fria que derrubou as temperaturas por aqui e ela ainda não foi embora. Tivemos passeio encontros especiais, Clube da Leitura, ótimas leituras, academia quase todos os dias e muito trabalho . Você também sai carregada assim de casa? Olha eu na segunda feira! Marmita, sacola com material de trabalho, jaleco, mala de academia, porque se for para casa eu nao volto para malhar... Friozinho delícia! Eu amo! Zacarias bem quentinho de roupinha por aqui. Mesmo com o frio, fui a semana toda na academia, menos na sexta, pois acompanhei meu pai numa consulta. Lá dentro é bem quente, então treino de shorts e regata, mas na saída estava gelado, por isso, roupas quentinhas para ir casa e vamos que vamos. Esta semana, consegui aproveitar duas vezes, meia hora do meu almoço no trabalho, para ler. Amo estes momentos, são muito bons e me fazem muito bem. Da série, as alegrias que os livros me traze