Papo Médico com o Dr Rodrigo Rosa - Gestação múltipla

Clube da Leitura - O Perfume da Folha de Chá

Hoje foi dia do nosso Clube de Leitura. Eu amo estas nossas reuniões e acho que é um grande privilégio mediar um grupo tão especial, interessado e querido.
O clube reúne mulheres (o grupo não é fechado, mas infelizmente poucos homens participam) dinâmicas, com diferentes experiências de vida, que param uma tarde por mês para trocar idéias, informações, vivências, impressões sobre o livro escolhido em comum acordo e sobre a vida de uma forma geral.
Esta tarde mensal é um presente, no meio da correria, dos compromissos, de tantas atribulações. Muitas contam que voltaram a ler por causa do Clube da Leitura.
Hoje discutimos o livro O perfume da folha de chá, de Dinah Jefferies, Editora Paralela, do grupo Companhia das Letras. O mais bacana da discussão é que nunca é unânime! Cada uma sente e percebe o livro de uma forma diferente e isto gera discussões maravilhosas. Neste clube, por exemplo algumas adoraram, outras acharam que o livro era um "novelão".
Bem, vamos às minhas impressões sobre ele:
Eu estava muito curiosa para ler este livro e também votei nele para nosso clube. Li resenhas muito positivas e sempre digo que a alta expectativa costuma ser ruim...pois é, não gostei o tanto que imaginei que gostaria.
É uma trama interessante e diferente, que faz você questionar o desastre que SEGREDOS podem causar numa família. Também fiquei com a sensação de uma novela, de um romance no sentido clássico do gênero, com mistérios, dramas e mocinhas que sofrem. A autora atiça sua curiosidade para o desenrolar da trama.
Não posso dar detalhes para não dar nenhum spoiler, mas se você gosta deste gênero, provavelmente vai curtir o livro. O livro me deixou pensativa por dias, questionando as soluções da autora para trama, pensando no quanto algumas situações eram impossíveis de acontecer nos dias de hoje.
Curiosidades interessantes: este é o segundo livro da autora, que começou a escrever após a morte do seu filho de 14 anos. Talvez a carga dramática do livro venha deste trágico acontecimento.
A estória é ambientada na década de 20 no Ceilão, hoje Sri Lanka, um país cheio de cores, aromas e sons diferentes.
Composição da minha avaliação (cada item vale até 1 ponto): 
Capa: 1,00
Trama:0,80
Diagramação: 1,00
Desenvolvimento e narrativa: 0,50
Revisão: 1,00
Nota: 4,30 - Bom
A capa é maravilhosa, eu adorei, parece um quadro. Embora a trama seja bem interessante e diferente, acho que a autora quis explorar todo o potencial da mesma e acabou abrindo "muito. Diagramação impecável da Paralela. Páginas amarelas e letras em tamanho confortável.Tive a sensação que o livro não ficou bem "amarrado", que a autora deixou muitas pontas soltas, fatos fora da realidade e isso me incomodou. Embora seja um livro de mais de 400 páginas, a leitura é rápida e flui bem.
Título: O perfume da folha de chá
Autor: Dinah Jefferies
Ano: 2017 
Páginas: 432
Idioma: português 
Editora: Paralela/ Companhia das Letras
SinopseEm 1925, a jovem Gwendolyn Hooper parte de navio da Escócia para se encontrar com seu marido, Laurencek no exótico Ceilão, do outro lado do mundo. Recém-casados e apaixonados, eles são a definição do casal aristocrático perfeito: a bela dama britânica e o proprietário de uma das fazendas de chás mais prósperas do império. Mas ao chegar à mansão na paradisíaca propriedade Hooper, nada é como Gwendolyn imaginava: os funcionários parecem rancorosos e calados, e os vizinhos, traiçoeiros. Seu marido, apesar de afetuoso, demonstra guardar segredos sombrios do passado e recusa-se a conversar sobre certos assuntos. Ao descobrir que está grávida, a jovem sente-se feliz pela primeira vez desde que chegou ao Ceilão. Mas, no dia de dar à luz, algo inesperado se revela. Agora, é ela quem se vê obrigada a manter em sigilo algo terrível, sob o preço de ver sua família desfeita.
Escolhi este nosso Clube da Leitura para fazer parte da nossa Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão. Passe no blog da querida Elaine Gaspareto e veja quantos motivos para sentir grata.

Comentários

  1. OI, Claudia!
    Eu passei meses namorando esse livro e, finalmente consegui comprá-lo mês passado. Logo que comprei, meu marido começou a lê-lo e está gostando muito. Fiquei admirada, pois ele não é muito amante de leitura, hoje em dia. Leu muito na juventude, mas hoje é viciado nas redes sociais e acaba não sobrando muito tempo para ler. Eu sou o contrário e estou ansiosa pela leitura, estou terminando alguma leituras para iniciar! Ótimo post! Abração,
    Drica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Drica!
      Ah, que bacana! Fico feliz que o maridão esteja gostando. Depois me conta o que achou.
      Adorei seu recado aqui :)
      Bjs, querida

      Excluir

Postar um comentário