O Natal do Encontro no Shopping Lar Center!!

Se O Vento Diz: Eu Li!!


Hoje trago para vocês o livro Se o vento diz, do José Fernando Guedes, Selo Imprimatur, da Editora 7 Letras. 
Confesso que não tenho o hábito de ler livros de poesia, ainda não é meu gênero preferido, mas como gosto de intercalar estilos literários diferentes, adorei esta indicação que recebi da Oasys Cultural. 
De cara me chamou atenção o fato do escritor e poeta, ser um médico. José Fernando Guedes é neurocirurgião e professor de neurocirurgia. Fiquei curiosa e interessadíssima pela leitura.

Li Se o vento diz e fiquei encantada! Tive a sensação de ter dado uma pausa na minha rotina frenética para respirar, para desacelerar. 
O autor consegue entrar em contato com emoções muito bem trabalhadas. Emoções estas, sutis e delicadas, me convidaram a momentos de introspecção, de reflexão.
Que privilégio é ter o dom das palavras. O autor encontra um tom muito bonito, alternando com fluência e ritmo passagens mais profundas e outras do nosso dia à dia. 
Um profissional que lida com doenças complexas, com a morte,  tem um olhar tão lúcido, tão vivido e que por isso mesmo consegue traduzir tão lindamente sentimentos em poesia.
Me senti  uma observadora que contempla pequenos quadros do cotidiano das pessoas.
Que livro bonito! Que sensibilidade. Virou um dos meus livros de cabeceira.

Gostei da diagramação, a capa simples e bonita traduz a mensagem do livro, simplicidade com conteúdo. Páginas amareladas, que eu adoro e letras em tamanho confortável facilitam a leitura. 

“(...) o autor, apesar da sólida formação científica, entrega-se aqui ao não-saber da poesia, cujo desvelamento deambulante é dado não só pelo vento mas também pelo “coração, ave migratória”..”
Adriano Espínola, poeta

Reencarnação
Se ao voltar, se eu voltar,
Quero voltar passarinho.
Mesmo pelos homens caçado
E tendo pela chuva destroçado o ninho.

Mas voarei à direita e à esquerda
Acima, abaixo, ao lado e além
Sem prestar contas a chefe ou superior
Somente ao céu e a mais ninguém
                                                             (Página 26)

Sinopse: Uma visão muito particular da vida – por quem lida, no dia a dia, com a morte – está expressa de maneira delicada e suave, e ao mesmo tempo incisiva, nas poesias de Se o vento diz. O autor é o neurocirugião carioca José Fernando Guedes, cuja maior parte do tempo é dedicada à incrível tarefa de reparar a ‘morada da alma’, para ser mais poético, ou o ‘hardware mental’, para ser mais pragmático, de seus pacientes. O restante, ele investe na escrita e no manancial onde se abastece: a observação atenta da natureza. Os poemas de Se o vento diz refletem esses momentos de introspecção que deságuam em insights preciosos do autor, expostos em seus versos.

Sobre o autor: José Fernando Guedes nasceu no Rio de Janeiro em 1954. É neurocirurgião e professor de neurocirurgia (Unirio). Trabalha, atualmente, em seu primeiro romance.

Ficha técnica:
Título: se o vento diz
Autor: José Fernando Guedes
Ano: 2016 
Páginas: 68
Idioma: português 
Editora: Imprimatur (7 Letras)

Se você como eu (e como a maioria das pessoas) não tem o hábito de ler poesias, dê uma chance à este livro, pode estar na hora de mudar este pré-conceito. 
Me lembrei que numa entrevista com o talentoso José Eduardo Agualusa, ele contou que assim como outros autores, costuma ler poesias antes de escrever, que estas leituras são exercícios de inspiração, uma preparação para seu trabalho. Gostei muito desta observação do Agualusa e comecei a colocar em prática com Se o vento diz.

Não preciso nem dize que aguardarei com ansiedade o romance que o autor está escrevendo, né?! 

Você pode comprar este livro no site da editora

Recomendo muito! Leia e depois me conte o que achou. 



Comentários

  1. Olá! Eu também não tenho o hábito de ler poesias, apesar de apreciá-las muito. Fiquei surpresa quando disse que o autor é médico hahahahaha Querendo ou não estereotipamos os autores. Fiquei encantada como a forma que você passou suas impressões acerca do livro, mostrando o quanto a obra é tocante e sensível. Fiquei muito curiosa e interessada! Adorei sua resenha e suas forma de escrever, deixa o leitor da resenha muito interessado no livro. Beijos.

    thehouseofstorie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sara!
      O fato dele ser médico foi uma das coisas que mais me chamaram a atenção no livro!

      Excluir
  2. A Oasys cultural sempre indica boas leituras.
    Adoro poesias/poemas, acho que ás vezes eles fazem a gente refletir.
    Vou procurar para ler.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc, Helana, Oasys Cultural sempre acerta nas indicações.
      Procure sim e depois me conta!
      Bjs

      Excluir
  3. Eu lia muita poesia nos tempos de escola. Quase não lia romances, ficção , mas poesia era minha paixão. Hoje nem tanto. Mas se for pra ler, eu leio e acabo gostando. O Bernardo Filgueiras, colaborador do meu blog também escreve poesias e, por coincidência, se formará em medicina também em breve rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bacana Kelly!
      Não tenho este costume, mas estou mudando isso
      Vou conhecer o Bernardo então!
      Bjs

      Excluir
  4. Olá!
    Linda sua resenha e ao contrário de vc eu adooro poesias desde criança.
    E já quero muito esse livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom!!!
      Acho bárbaro gostar de poesia desde criança!!
      Leia, vc vai curtir também
      Bjs

      Excluir
  5. Oi!

    Eu leio pouco poesia hoje em dia, mas quando era adolescente li um monte. Adorei a sua indicação, não conhecia a obra, mas me pareceu sensível e revigorante. Eu com certeza vou procurar saber mais sobre esse livro.

    beijos =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anelise, retome sim
      Leia este, vc vai gostar também :)
      Bjs

      Excluir
  6. Amo poesias, mas tem muito tempo que não pego um livro assim para ler e estava em busca de dicas do gênero. Achei a capa bem simples,mas achoque o conteúdo pode compensar.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivi
      Gostei da sua observação sobre a capa, e acho que foi proposital ela ser simples! Passa ainda mais a idéia de simplicidade com conteúdo
      Bjs

      Excluir
  7. Oie!
    Confesso que não gosto muito de ler livros de poesias, por isso que não me interessei pelo livro indicado.
    Mesmo sendo muito bom, não é um livro que me chama a atenção.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla
      Eu também não me interessava, mas venho me deliciando
      Tomara que vc se interesse por um destes mais para frente
      Bjs e obrigada pela visita :)

      Excluir
  8. Parece gostoso de ler uma poesia por dia. Eu meio que cansei do estilo, mas se eu ler assim, pausamente, dá. É até melhor para refletir e tal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grazi, isso mesmo!
      Ler uma ou algumas por dia é delicioso!!
      Recomendo
      Bjs

      Excluir
  9. owmm, eu ano livro de poesia. Não conhecia esse autor nem a obra, mas fiquei bastante intrigada com esse livro. Vou tentar ler sim. Dica anotada. Assim que ler o romance resenha ta? Estou no aguardo. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar Faby!
      Estou doida para ler o romance e assim que sair a resenha eu aviso você
      Bjks mil

      Excluir
  10. OOi!
    Apesar de gostar de poesias, nunca tive um livro do tipo. Gostei da dica! :) Deve ser ótimo para deixar pertinho da cama, ou qualquer lugar bem facinho, para sempre pegar e ler um pouco.

    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Catrine, é exatamente onde está o meu, na minha cabeceira!
      Experimenta também :)
      Bjks mil

      Excluir
  11. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro e confesso que não gosto la muito de livros de poesia, tal como tu disseste... :) Mas ainda bem que gostaste!!

    Talvez leia e vou procurar na net sobre ele... Fico contente que ele tenha constituído uma pausa na tua rotina de azafama! :) Estou a precisar disso! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes estas pausas, tão importantes, fazem um bem danado!
      Aproveite também!!
      Abraços e obrigada

      Excluir
  12. Olá Clauida =)
    Livro de poesia também não é o meu preferido, mas é bom ler estilos diferentes. Também achei interessante o fato do autor poeta ser um médico. Pela sua resenha deu para ver como gostou do livro. Já anotei a dica. Beijos'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom!!
      Vamos ler mais poesias Dayane!
      Bjks mil

      Excluir
  13. Olá. Eu achei a sua resenha linda e conseguiu traduzir um pouco da sensibilidade que deve ser esse livro. Eu amei saber dessa obra que ainda não conhecia e o fato de ser um livro de poesia que tem séculos que não leio me deixou ainda mais curiosa. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  14. Oi
    Belo post.Difícil escrever sobre poesia e vc o fez muito bem.
    Porém Raríssimos são os livros de poesia que eu tenho, então dessa vez passo a dica.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Darei uma chance ao livro por causa da sua resenha. Não tenho hábito nenhum de ler poesias, mas é porque nunca tentei. Não conhecia o autor nem a obra. Dica anotada (;
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu gosto de poemas e poesias, até me arrisco a escrever haha mas eu não conhecia esse livro e nem o autor, e me parece ser bem interessante. Dica anotada. E que bom que gostou tanto assim do livro haha

    ResponderExcluir
  17. Oie,
    eu também não sou chegada em poesia, mais por não conseguir compreender bem os poemas. Vou deixar a dica passar, mas pra quem gosta do estilo me parece um excelente livro!
    Beijo
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  18. Olá Claudia,
    Assim como você, não tenho o costume de ler poesias, pois sinto que nunca as entendo, sabe?
    Gostei muito de conhecer suas impressões sobre esse livro e, também, de saber que o livro te deu essa sensação de desacelerar, muito gostosa essa sensação.
    Vou anotar essa dica e espero perder esse pré-conceito que tenho com relação ao gênero.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  19. aah, eu amo poesia... sempre me pego lendo algo vezemquando... nao conhecia esse título e parece ser uma boa leitura... dica anotada, se tiver oportunidade, lerei...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  20. Olá,

    Apesar de seus bons comentários para com a obra, infelizmente não me chamou a atenção. Assim como você não tenho o hábito de ler poesias ou poemas, quando bem mais nova eu adorava, devorava todos os livros da biblioteca desse estilo, mas, hoje sinto que não consigo captar a real imagem que o autor ou autora quer passar. Deixarei a dica passar!

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Own que lindo.
    Eu gosto de poesia, tenho lido pouco confesso, mas gosto bastante.
    Esse livro deve ser lindo, pois se fez você desacelerar e refletir, deve ser lindo mesmo.
    Fiquei encantada com a resenha.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?
    Não costumo ler livros de poesia, apesar de gostar delas, prefiro ler aleatoriamente, mas o livro é bem interessante!
    BJs

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Eu não gosto muito de poesias também mas esse livro me pareceu tão leve e singelo que me deixou com vontade de ler e o título também já nos passa uma sensação boa.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    O livro parece ser muito interessante e bonito, mas não leria simplesmente porque não gosto nenhum pouco de poesias, nunca me chamaram a atenção.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Olá Claudia,
    eu também não tenho o costume de ler livros de poesia, apesar de achar a beleza desse dom algo magnífico. Li alguns livros que tem durante o seu enredo alguma poesia, mas um livro só disso, nunca.
    Gostei bastante do "Reencarnação" e vi que o livro realmente te tocou, então quem sabe eu dou um chance.

    Beijos,
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  26. Oi oi querida,
    Por incrível que pareça eu não curto muito poesias. Gosto da escrita e da leveza que contém cada poema/poesia, mas não entendo (as vezes).

    Gostei da sua resenha, e adorei as fotos. Não conhecia o autor e adorei saber que mesmo sendo médico ele ainda gosta de publicar obras.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  27. Oiiiii,

    Gostei de saber que ainda que você não goste de poesia o livro tenha ido para sua cabeceira rs, mas eu não consigo gostar de poesia, alguns eu acho leve e interessantes, mas não consigo me prender a ponto de me convencer a gostar. Vou deixar a dica anotada e quando estiver no momento lerei rs.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  28. Olá!
    Eu não tenho o hábito de ler livros de poesias. Na verdade, eu sou encantada por elas, mas sempre leio soltas pela internet. Realmente nunca dei oportunidade a um livro, mas abrirei essa exceção para ver se gosto e me identifico.
    Bjs

    ResponderExcluir
  29. Oie,
    Não costumo ler livros de poesias, e acho que por isso não me interessei muito por este. Mas se eu ver na biblioteca da escola, irei dar uma chance e ler.
    Beijos
    Bru, Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  30. Não tenho o hábito de ler poesias mas não é por preconceito, já tentei várias vezes mas não consigo me envolver sabe, todo esse sentimento que as pessoas percebem não chega até mim, os textos não me dizem nada, na verdade tenho esse problema com qualquer tipo de texto curto. Então vou passar a dica, mas aguardarei o romance do autor que você citou.

    ResponderExcluir
  31. Que legal esse livro de poesia escrito por uma pessoa que conhece nossa mente tão cientificamnte mas ao mesmo tempo conhece a loucura dentro dela e a passa para poesia, isso mostra que a poesia está em todos nós, só temos que dar espaço para ela aparecer

    ResponderExcluir
  32. Clauo! Eu amo/sou poesia! Adorei essa dica, fiquei muito curiosa justamente por trabalhar na área e por saber que a maioria dos médicos de hoje não tem essa sensibilidade. É muito lindo e gratificante encontrar pessoas com esse talento. Anotei para logo ter, sempre digo que poesia é vida e de fato ela deixa a vida da gente muito mais leve. Que bom que tu deu uma chance pra poesia! <3

    ResponderExcluir
  33. Olá!!! Que interessante esse livro, ainda não conhecia !!!
    Mas fiquei curiosa e acredito também que vale a pena
    Ótimo você compartilhar, bjooooooo

    ResponderExcluir
  34. oie, parece realmente um ótimo livro e gostei do trecho que você nos apresentou. Achei interessante o autor ser um cirurgião e ter toda essa sensibilidade a respeito da vida. Fiquei querendo ler.

    ResponderExcluir
  35. É bom sair da zona de conforto às vezes, né? Eu também costumo ler coisas diferentes daquelas as quais estou acostumada, mas poesia não entra no meio, não gosto mesmo. e isso me impede de absorver a mensagem que elas querem passar, sabe?
    Mas que bom que você gostou. ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  36. Oi Claudia, tudo bem? Eu tento ler poesia, juro, mas não devo possuir uma alma muito romântica a ponto de apreciar como outros leitores. E não é por falta de tentativa, sempre que estou em uma livraria me pego folheando livros poéticos. Gostei da sua resenha, próxima vez que for a uma livraria vou dar uma maior atenção ao Se o Vento Diz. Abraços

    ResponderExcluir
  37. Oie!
    Não conhecia nem o livro nem editora.
    Não sou muito de ler poesia, mas gosto quando acho uma que prende minha atenção.
    Adorei a capa mesmo ela sendo tão simples.

    ResponderExcluir
  38. Oiee Claudia ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas achei muito interessante o autor ser neurocirurgião. Sempre imagino médicos como pessoas cansadas de ver outras pessoas doentes o tempo todo *-* Eu adoro poesia, apesar de não ler muito. Quando leio alguma que eu gosto, alguma cujas palavras me tocam, parece que o peito esquenta, sabe? Dá aquele calor gostoso de ler algo bonito e aquela vontade de decorar aquilo e sair falando para todo mundo...haha' Gostei das suas impressões a respeito da obra, dica anotada :)
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  39. Olá!
    Eu não costumo ler poesias, posso contar nos dedos de uma mão só quantos já li. Que bom que você gostou desse livro, talvez ele também me desperte e eu aprenda a gostar desse gênero. Se tiver oportunidade eu darei uma chance para esse leitura.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário