Livro: Sísifo, Verena Kent - Editora Cultrix

Leitura da Vez - Blogagem Coletiva

Numa deliciosa iniciativa das queridas Ana e Tina participo desta Blogagem Coletiva. Começamos bem (embora atrasada, pois a BC estava programada para sábado), mas presente! Com um tema que eu AMO, a leitura. Leio todos os dias e é um dos meus melhores combustíveis.

Escolhi para esta BC o livro que acabei de ler hoje, A Vida que Ninguém Vê, de uma autora super competente, que escreve tão bem, tem um texto lindo e eu adoro, a Eliane Brum. Esta gaúcha é muito talentosa! Este é o segundo livro que leio dela, o primeiro foi Uma Duas.


Este livro reportagem ganhou o Prêmio Jabuti de melhor livro de reportagem de 2007. Eliane escreve sobre pessoas simples, desconhecidas e aí está a graça do livro. Um livro poético, humano, real, escrito numa linguagem muito bonita. Ótima diagramação, adorei as fotografias, o prefácio e o posfácio. Um livro muito bem escrito, que emociona, que traz reflexão, que questiona. Adoro livros assim. Fiquei ainda mais fã desta moça talentosa. 

Sinopse: A vida que ninguêm vê - Uma repórter em busca dos acontecimentos que não viram notícia e das pessoas que não são celebridades. Uma cronista à procura do extraordinário contido em cada vida anônima. Uma escritora que mergulha no cotidiano para provar que não existem vidas comuns. O mendigo que jamais pediu coisa alguma. O carregador de malas do aeroporto que nunca voou. O macaco que ao fugir da jaula foi ao bar beber uma cerveja. O álbum de fotografias atirado no lixo que começa com uma moça de família e termina com uma corista. O homem que comia vidro, mas só se machucava com a invisibilidade.
Essas fascinantes histórias da vida real fizeram sucesso no final dos anos 90, quando as crônicas-reportagens eram publicadas na edição de sábado do jornal Zero Hora. Reunidas agora em livro, formam uma obra que emociona pela sensibilidade da prosa de Eliane Brum e pela agudeza do olhar que a repórter imprime aos seus personagens - todos eles tão extraordinariamente reais que parecem saídos de um livro de ficção. SKOOB

Aproveito para mostrar aqui um dos lugares que mais amo, a Biblioteca de São Paulo, onde sempre me delicio com livros maravilhosos! Estive lá especialmente para comentar aqui na BC.

Tema da blogagem coletiva da próxima semana: comida. Vem participar também.


Comentários

  1. Claudia que bom que você conseguiu pendurar no varal coletivo a sua leitura da vez!
    Não conhecia esse livro da Eliane Brum. Eu li e me encantei com o A Menina Quebrada.
    Ah, me deu saudades das tardes que passava com meus pequenos aí na Biblioteca São Paulo!
    Já estou levando o link para lá. Bia semana! Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Ana, obrigada pelo convite! Adorei pendurar meu varal com vcs e contem comigo!
      Menina Quebrada esta na minha fila tbe.
      Bjks mil

      Excluir
  2. Não conhecia a autora, nem o livro e foi direto para lista
    Obrigada pela indicação que tanto gostei e pela participação
    Beijos e até o próximo tema: comida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Tina, leia, vc vai gostar!
      Hummm que venha o próximo saboroso tema!
      Bjks mil

      Excluir
  3. Amo livros cujos personagens são pessoas comuns, vivendo vidas comuns! Não conhecia a autora ou o livro, então obrigada por fazer as apresentações já anotei na minha listinha.

    :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário