Pular para o conteúdo principal

Leitura da Vez - Blogagem Coletiva

Numa deliciosa iniciativa das queridas Ana e Tina participo desta Blogagem Coletiva. Começamos bem (embora atrasada, pois a BC estava programada para sábado), mas presente! Com um tema que eu AMO, a leitura. Leio todos os dias e é um dos meus melhores combustíveis.

Escolhi para esta BC o livro que acabei de ler hoje, A Vida que Ninguém Vê, de uma autora super competente, que escreve tão bem, tem um texto lindo e eu adoro, a Eliane Brum. Esta gaúcha é muito talentosa! Este é o segundo livro que leio dela, o primeiro foi Uma Duas.


Este livro reportagem ganhou o Prêmio Jabuti de melhor livro de reportagem de 2007. Eliane escreve sobre pessoas simples, desconhecidas e aí está a graça do livro. Um livro poético, humano, real, escrito numa linguagem muito bonita. Ótima diagramação, adorei as fotografias, o prefácio e o posfácio. Um livro muito bem escrito, que emociona, que traz reflexão, que questiona. Adoro livros assim. Fiquei ainda mais fã desta moça talentosa. 

Sinopse: A vida que ninguêm vê - Uma repórter em busca dos acontecimentos que não viram notícia e das pessoas que não são celebridades. Uma cronista à procura do extraordinário contido em cada vida anônima. Uma escritora que mergulha no cotidiano para provar que não existem vidas comuns. O mendigo que jamais pediu coisa alguma. O carregador de malas do aeroporto que nunca voou. O macaco que ao fugir da jaula foi ao bar beber uma cerveja. O álbum de fotografias atirado no lixo que começa com uma moça de família e termina com uma corista. O homem que comia vidro, mas só se machucava com a invisibilidade.
Essas fascinantes histórias da vida real fizeram sucesso no final dos anos 90, quando as crônicas-reportagens eram publicadas na edição de sábado do jornal Zero Hora. Reunidas agora em livro, formam uma obra que emociona pela sensibilidade da prosa de Eliane Brum e pela agudeza do olhar que a repórter imprime aos seus personagens - todos eles tão extraordinariamente reais que parecem saídos de um livro de ficção. SKOOB

Aproveito para mostrar aqui um dos lugares que mais amo, a Biblioteca de São Paulo, onde sempre me delicio com livros maravilhosos! Estive lá especialmente para comentar aqui na BC.

Tema da blogagem coletiva da próxima semana: comida. Vem participar também.


Comentários

  1. Claudia que bom que você conseguiu pendurar no varal coletivo a sua leitura da vez!
    Não conhecia esse livro da Eliane Brum. Eu li e me encantei com o A Menina Quebrada.
    Ah, me deu saudades das tardes que passava com meus pequenos aí na Biblioteca São Paulo!
    Já estou levando o link para lá. Bia semana! Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Ana, obrigada pelo convite! Adorei pendurar meu varal com vcs e contem comigo!
      Menina Quebrada esta na minha fila tbe.
      Bjks mil

      Excluir
  2. Não conhecia a autora, nem o livro e foi direto para lista
    Obrigada pela indicação que tanto gostei e pela participação
    Beijos e até o próximo tema: comida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Tina, leia, vc vai gostar!
      Hummm que venha o próximo saboroso tema!
      Bjks mil

      Excluir
  3. Amo livros cujos personagens são pessoas comuns, vivendo vidas comuns! Não conhecia a autora ou o livro, então obrigada por fazer as apresentações já anotei na minha listinha.

    :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç