Blogagem Coletiva - Aliança dos Blogs: Maio

  Hoje é dia da nossa Blogagem Coletiva! ⁣⁣ Todos os meses, eu e três amigos blogueiros super queridos: a Danielle , o Lucas e o Tom , apresentamos nos nossos BLOGS, as postagens da ALIANÇA DOS BLOGS. ⁣⁣O tema deste mês é TRABALHO. Fiquei pensando no que traria para compartilhar com vocês e escolhi PERSONAGENS COM PROFISSÕES DIFERENTES. Antes de apresentar os personagens que escolhi, quero deixar claro que as escolhas foram pessoais e obedeceram a apenas um critério, a curiosidade que cada profissão me despertou.  Aqui não importa se é um personagem real ou fictício, se o livro é triste ou alegre, mas sim que foram cinco profissões que eu fiquei me perguntando o que faria se eu tivesse que desempenhá-las. Eu escolheria uma delas? E vocês? Vamos lá? Sira, de Maria Duenas, Editora Planeta . Ser agente secreta é uma profissão que mais desperta curiosidade! Sira Bonnard, irá correr riscos inimagináveis, a fim de garantir um futuro tranquilo para seu filho. Antes conhecida como Arish Agor

Resenha: Princípio de Karenina | Afonso Cruz | Editora Companhia das Letras


Olá queridos leitores!

A resenha de hoje é do livro Princípio de Karenina, de Afonso Cruz,  Editora Companhia das Letras.

Sinopse: Uma carta de amor de um pai à filha que não conheceu, revelando distâncias e aproximações. Uma história de amor impossibilitada pelo medo. Uma reflexão sobre o que somos e o que desejamos ser."Eu seria muito infeliz num mundo feliz. Ela seria feliz em qualquer mundo. Esta história, minha e da tua mãe, é também a tua." Com essa referência à célebre frase que abre o romance Anna Kariênina, de Tolstói, um pai se dirige à filha que não conheceu para lhe contar a sua história – que é também a história dela –, numa longa carta que é uma entrega sincera e emotiva, mas também uma bela reflexão sobre o significado da felicidade.
Num cruzamento de identidades e geografias, o narrador deste romance nos leva por uma viagem ao outro lado do mundo ocidental, até o Camboja e o Vietnã, à procura daquilo que está mais perto de nós. Há um pai que ergue muros de silêncio, uma criada muito velha, uma amante que carrega sabores e perfumes proibidos. Estes são alguns dos personagens inesquecíveis que testemunham – ou dificultam – a busca desse homem por um amor incondicional.

#ResenhaMaeLiteratura⁣⁣⁣

Partindo da célebre frase que abre o romance Anna Kariênina, de Tolstói: ⁣
"Eu seria muito infeliz num mundo feliz. Ela seria feliz em qualquer mundo. Esta história, minha e da tua mãe, é também a tua.", Afonso Cruz escreve seu romance.⁣

Uma carta de um pai que não conviveu com a filha e que se apresenta também, a nós leitores.⁣

Ele tem uma deficiência no pé, que o livrou da guerra e um amigo fiel, de quem aos poucos vai se distanciando. Alguns personagens têm nomes muito curiosos como "A Criada da Mealhada", "Dois Metros" (o amigo) e "O Da Herdade Nova" (seu rival).⁣

O protagonista e os personagens principais não são nomeados, apenas Fernanda, sua esposa. Um casal sem filhos e sem amor. Vivem uma rotina sem grandes emoções e ele imagina que assim será pelo resto da vida. ⁣

Tempos depois a descoberta de um amor proibido, uma mulher que traz luz, colorido e sabor à sua vida. Encontros, desencontros, vida e morte. Possibilidades (in)finitas.⁣

Edição linda da Companhia das Letras. Adorei as suas cores e contrastes. Entremeadas no texto encontramos fotos de uma mulher vestida de branco (a mesma da capa), com trechos de livros de autores como João Guimarães Rosa e Vladimir Nabokov.⁣

Este é o quarto livro que leio do Afonso e só confirma seu talento e sua escrita poética. Escrito em português de Portugal, o que traz ainda mais sentimento ao texto bonito.⁣

Um livro curto, mas muito impactante e triste. Termino sem ar esta leitura. Muito bonito e reflexivo, do jeito que eu gosto.⁣

Recomendo muito!⁣

 

📚 Princípio de Karenina
Leitura #12 de 2022
Autor: Afonso Cruz⁣
Ano: 2021
Páginas: 200
Editora: @companhiadasletras
Livro recebido da Editora
Minha avaliação: 5,0 (de 5 estrelas)
Adicione no Skoob
Para comprar: Amazon

Comentários