Resenha: A Autobiografia da minha mãe⁣, | Jamaica Kincaid⁣⁣ |Editora Alfaguara

⁣⁣
Nosso livro de novembro do Clube da Leitura Companhia das Letras.⁣ Rendeu uma ótima discussão.⁣

Um livro muito bem escrito, mas foi uma leitura muito difícil. Árido e por vezes cruel, traz a história de Xuella, que perdeu a mãe no seu parto e é entregue pelo pai, para ser criada pela lavadeira da família.⁣

A protagonista parece ser feita de sensações e sexualidade. Carente de afeto, assim como foi seu pai. Uma trama que mostra o quanto a falta de amor e carinho impacta no desenvolvimento da pessoa.⁣

O livro me desperta sentimentos ambivalentes. Termino a leitura cansada e aliviada, por chegar ao seu final. Um livro diferente, tem seus méritos.⁣

Capa bonita, achei mais bacana que a original. Edição impecável. O livro é fininho, mas não é uma leitura fluida e fácil.⁣

A escrita da autora é muito bonita, não é a toa que ela já foi cotada para o Nobel de Literatura. Dona de vários prêmios literários, é professora de Harvard. A Alfaguara acaba de lançar seu terceiro livro ( o segundo editado aqui), Agora veja então, que eu também quero ler.⁣


Veja, abaixo, minha reflexão mais aprofundada no nosso canal do #YouTube:


Já leu? Quer ler? Me conta!⁣⁣

A Autobiografia da minha mãe⁣
Leitura #112 de 2021⁣
Autor: Jamaica Kincaid⁣⁣
Tradução: Debora Landsberg⁣
Editora: @editora_Alfaguara@companhiadasletras⁣⁣
Ano: 2020⁣
Páginas: 144⁣⁣
Minha avaliação: 3/5 estrelas⁣
Adicione no Skoob
Para comprar: Amazon



Comentários

  1. Amei saber que gostou do livro, eu não conhecia mas, amei conhecer. Acho tão bacana quando conseguimos ler e gostar muito da escrita da autora.
    beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

#EsmalteseLivros - Setembro

Até 2023, BEDA!!