Participe do Clube MãeLiteratura de Fevereiro - Cartas para Martin

 


Que tal participar de um Clube da Leitura Online? Vamos ler e discutir juntos? Vamos começar a DÉCIMA edição do nosso Clube da Leitura OnLine e adoraria que você participasse conosco.


Como funcionará?
Esta edição irá do dia 01/02 até 28/02.

Temos um instagram fechado só para ele, o ClubeMaeLiteratura. Todos os leitores poderão participar, ler, discutir. Teremos nossos dois encontros via Google Meet e um grupo no Telegram.



O livro escolhido é o Cartas para Martin, de Nic Store, uma edição caprichada da querida Editora Intrínseca, que será nossa parceira nesta edição. Fiquei muito feliz e orgulhosa desta nossa parceria!


Que tal ler conosco? Vem! Vou adorar sua companhia. Por enquanto deixo a sinopse do livro

Sinopse
Justyce McAllister é um garoto de dezessete anos com um futuro brilhante pela frente. É um dos melhores alunos de uma prestigiada escola de Atlanta, tem uma mãe amorosa e um melhor amigo incrível. No entanto, um episódio de violência policial traz à tona que a distância entre ele e seu futuro é quase um abismo. Porque Justyce McAllister é negro, e isso significa que, muitas vezes, é julgado pela cor de sua pele.
Ao ser agredido e detido injustamente, o olhar de Justyce desperta para um novo mundo, um lugar solitário em uma sociedade que insiste em vê-lo como ameaça ou como promessa de fracasso. Ele se dá conta, então, de que não pode mais fingir que não tem nada errado e decide iniciar um projeto: escrever cartas para Martin Luther King Jr., um dos mais importantes ativistas políticos pelos direitos dos negros, símbolo da luta contra a segregação racial nos Estados Unidos, morto em 1968.
Ao tentar aplicar os ensinamentos de Luther King em sua vida, Justyce começa a trilhar um caminho para entender não só como deve reagir diante das injustiças, mas que tipo de pessoa ele quer ser. Em meio a questões familiares, desentendimentos com os amigos e complicações da vida amorosa, nas cartas ele expõe suas dúvidas, sua angústia, sua revolta e a percepção clara de que a sociedade não é tão igualitária quanto deveria.
No livro de estreia de Nic Stone, vemos Justyce passar pelos desafios da adolescência, amadurecer e encarar o racismo que tanto afeta sua existência. Comovente e extremamente necessário, Cartas para Martin é um relato sobre ser um jovem negro e sobre o direito inalienável de existir. Um livro impossível de ignorar.

Temos cards para interação nas redes sociais e abaixo o cronograma de leitura para você. Volto logo com as novidades deste clube. Boa leitura!





Comentários