Resenha: No Labirinto do Cérebro | Paulo Niemeyer Filho | Editora Objetiva

Eu sempre tive paixão por neurologia e neurocirurgia. Neuroanatomia foi uma das matérias que mais gostei, embora uma das mais difíceis na minha graduação em psicologia. As aulas no laboratório foram inesquecíveis e desde então leio tudo que posso sobre este tema.

Por isso quando soube deste livro, lançado ano passado pelo neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho, fiquei super curiosa para ler. Uma edição caprichada da Objetiva, do Grupo Companhia das Letras.

Foi uma ótima e proveitosa leitura. Fiz muitas anotações e trouxe algumas transcrições para vocês.

A ideia surgiu, segundo o autor, por causa da curiosidade que amigos e pessoas leigas sempre tiveram com relação ao seu trabalho. Este é um dos maiores méritos do livro, ele é voltado ao público em geral, não é um livro técnico. Portanto sua linguagem é acessível e muito interessante.

Dr. Paulo é um ótimo contador de casos, que por vezes parecem até "inventados", mas que são muito reais. Considerações e conceituações como a que transcrevi abaixo tornam a leitura além de interessante, reflexiva.

" O homem tornou-se o único animal que tem ciência de si próprio e que sabe que um dia vai morrer. Toda essa região, que representa um terço do cérebro, é recoberta pelo córtex, sua camada mais externa, ondulada e acinzentada, com quatro milímetros de espessura. Ali se localizam os neurônios, a consciência, o encontro da razão com a emoção e, consequentemente, a tomada de decisões."

Com uma escrita fluida e didática, o autor descreve tanto o funcionamento do cérebro como as mais recentes descobertas nessa área.

" O cérebro humano inicia sua formação na terceira semana de gestação e continua evoluindo até a adolescência. Ele quadriplica de volume e atinge 90% de seu tamanho até os seis anos de idade."

Traz temas como temas memória, dor fantasma, AVC, Alzheimer, lobotomia, ortotanásia e testamento vital, de forma clara e rica em detalhes.

" O AVC é uma doença tão ou mais grave que um infarto cardíaco. Ambos podem matar, mas só o AVC pode deixar uma pessoa, para o resto da vida, sem falar, andar, com perda visual e, por vezes, prisioneira do leito. "

Explica que é com o cérebro que realmente enxergamos e mostra ainda uma pesquisa muito interessante relacionando caso de gagueiras em crianças que eram forçadas a escreverem com a mão direita e que tinham nascido canhotas (sim, nos tempos antigos, as professoras forçavam as crianças a escreverem com a mão destra e não sinistra). Eu não conhecia esta pesquisa e fiquei muito curiosa com seus resultados.

Relembra casos que acompanhou e também os que ouviu de seu pai, o dr. Paulo Niemeyer, considerado o pioneiro da neurocirurgia brasileira. Eu achei super bonita esta homenagem que ele faz ao seu pai.

Dr. Paulo discorre ainda sobre o diagnóstico, explicando que ele começa na observação do paciente, assim que ele o vê, entrando em seu consultório.

O autor é diretor do Instituto do Cérebro no Rio de Janeiro e referência mundial em neurocirurgia.


Eu achei a capa linda. Edição bem cuidada, excelente revisão. No livro encontramos uma apresentação intitulada "O começo", 24 capítulos, um apêndice chamado "As pandemias", além de notas e dados sobre o autor.

Neste apêndice, o autor reflete sobre o comportamento humano durante as pandemias e cita:

" Em 2020, quando acreditávamos que as pandemias estivessem dominadas, o inimaginável aconteceu: o mundo literalmente parou diante da fulminante disseminação da covid-19. Vírus altamente contagioso, espalhou-se rapidamente, pois viajava de avião, ao contrário de seus pares, que nos episódios anteriores que relatei iam a cavalo ou de navio, portanto mais lentamente e com menor alcance...O confinamento é uma conduta milenar para estancar doenças infecciosas...Acredito que o mundo seguirá seu curso normal, mas ciente de que epidemias fazem parte da vida e do equilíbrio entre os organismos vivos. Aprenderemos a conviver com mais um vírus. E o homem não vai mudar, pois é um predador que continuará transformando o mundo e se adaptando a ele."

Foi uma leitura muito interessante, proveitosa e motivadora. Tanto que assim que terminei, a indiquei para o meu pai, que leu e gostou muito. Recomendei para vários amigos e te recomendo também. Se você tem curiosidade sobre esta área da medicina que trabalha tanto com o comportamento humano, vai gostar deste livro! Leia e me conta o que achou, vou adorar saber.


Sobre o autor
PAULO NIEMEYER FILHO nasceu no Rio de Janeiro, e tão logo formou-se em medicina iniciou a residência em neurocirurgia ao lado do pai, o dr. Paulo Niemeyer. Estudou em Londres e nos Estados Unidos. Foi nomeado diretor do Instituto de Neurocirurgia da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro em 1979. Hoje é um dos neurocirurgiões mais atuantes e renomados do país, diretor do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer, membro da Academia Nacional de Medicina e professor de neurocirurgia da PUC-Rio.

No Labirinto do Cérebro
Autor: Paulo Niemeyer Filho
Ano: 2020
Páginas: 248
Editora: Objetiva
Classificação: 4,5/5
E-book cedido pela editora
Adicione no Skoob
Para comprar: Companhia das letras | Amazon

Comentários