Pular para o conteúdo principal

Resenha: Verdades Difíceis de Engolir | Samantha Silvany | Planeta de Livros

 

Eu amo livros sobre relacionamentos e um bom romance, então quando soube deste lançamento da Planeta, foi fácil me decidir por ele.

Não conhecia o trabalho da autora, a Samantha Silvany, não a acompanhava, mas descobri que ela tem um intenso trabalho nas redes sociais, além de ser tatuadora e escritora. Com este currículo, fiquei ainda mais curiosa para ler seu livro.

Ele chegou, furou a fila e li num dia. Uma leitura gostosa, interessante e diferente do que eu tinha imaginado.

Explico melhor, eu imaginei que encontraria um romance, estilo chick-lit e encontrei um livro com reflexões interessantes e poderosas, além é claro, de uma boa dose de romance.

Nesta trama temos três personagens principais, Dan, que é escritor; Sofia, uma jornalista empoderada, sensível e bacana e Alícia, uma mulher linda e determinada à se casar com seu noivo, o Dan.

Dá para imaginar, logo no início da leitura, que teremos conflitos, situações tensas e muitas questões sobre relacionamentos por aqui.

"O Amor é morar em um peito que nos cabe por inteiro. Se a gente precisa forçar a entrada ou se espremer para servir, é hora de nos mudarmos."

Frases como esta que destaquei acima fazem parte do livro, estas marcações enriquecem a leitura . Samantha conversa com o leitor e traz questionamentos bem ponderados.

Achei interessante a sua abordagem, explicando e conceituando as relações dos três personagens, ao mesmo tempo que traz reflexões e dicas sobre estes relacionamentos.

Durante a leitura vamos conhecendo os aspectos das personalidades dos personagens, seus desejos, sonhos e expectativas.

A personagem que mais gostei e tive empatia foi a Sofia. No início, Alícia me incomodou um pouco. Agora, vou ser bem franca com vocês, eu detestei o Dan! Imagino que a autora tenha carregado nas suas características estereotipadas para refletir sobre relacionamentos tóxicos, por vezes abusivos, além das questões de traição. Dan é o cara que acha que pode se dar bem mantendo dois relacionamentos e fica reclamando que não consegue entender as mulheres. Um personagem antipático e por vezes patético, que você torce para não se dar bem na vida...rs

A escrita da autora é fluida e de fácil entendimento. É uma leitura bem rápida.

Gostei muito da capa e adorei a edição da Planeta. Uma diagramação bonita e diferente, que valoriza a leitura, trazendo um conceito mais descolado para o leitor. Cada capítulo começa com uma frase destacada numa página preta e na seguinte, como num balão de conversa, temos uma nova marcação, direcionada ao personagem "ele" ou "ela" que narram aquele capítulo, em primeira pessoa.

Foi uma leitura bem diferente e me senti conversando com uma amiga. Ficou curiosa? Quer ler? Me conta, vou adorar saber.


Sobre a autora
Samantha Silvany é tatuadora, escritora e autora do sucesso da internet Bendita Cuca!, que tem mais de 500 mil seguidores no Instagram, onde escreve desabafos e devaneios sobre o mundo ao seu redor e o Universo dentro de si. Autenticidade, empatia e inteligência emocional são as palavras-chaves que compõem sua forte personalidade. Acredita cegamente que todo mundo merece um grande amor para chamar de próprio e faz o que pode para te ajudar a encontrar o seu.


Verdades Difíceis de Engolir
 
Autor: Samantha Silvany
Ano: 2020
Páginas: 176
Editora: Planeta
Selo: Outro Planeta
Livro cedido pela editora
Minha avaliação: 4/5 estrelas
Adicione no Skoob
Para comprar: Planeta | Amazon


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#TBRdeJunho

O que você pretende ler em junho? Você costuma fazer #TBR? Sabe o que é uma TBR? A sigla TBR significa To Be Read. Ou seja, são os livros que você deseja ler. Muitas pessoas montam suas TBR mensais. Confesso que não tinha o costume de fazer a minha, mas estou me aventurando. Alguns livros furam a fila, outros demoram um pouco mais para serem lidos e tudo bem, tenho esta flexibilidade. Estas são as leituras que programei para este mês! Pretendo acrescentar outros no decorrer do mês, mas a princípio estes são os livros que eu tenho certeza que vão me acompanhar:⁣⁣ ⁣⁣ 📖 Água fresca para as flores, Valérie Perrin, @intrinseca - para a nossa Leitura Coletiva MãeLiteratura #LCmaeliteratura⁣⁣ 📖 Na Estrada com o ex, Beth O´Leary, @intrinseca ⁣⁣- para o Clube da Leitura MãeLiteratura⁣⁣ 📖 Lar em chamas, Kamila Shamsie, @Grua_livros - para o #12livrospara2022 de junho 📖O que é que ele tem, Olívia Byington, @editora_objetiva, para o nosso Clube @CompanhiadasLetras deste mês⁣⁣ 📖 Maria Bonita,

Nossa Semana #22

Olá! Hoje eu quero te contar como foi a nossa semana por aqui. Uma semana com vários eventos lindos! Teve Clube da Leitura, musical, circo, muito trabalho, ótimas leituras e aconchego, semana de friozinho gostoso por aqui.   Eu amo organizar minhas leituras e estou usando o Diário de Leitura , que recebi em parceria com a Fina Folha Papelaria . Adoro os produtos desta papelaria mais que especial! Aqui um pouquinho das leituras desta semana. Com este tempinho frio, que eu amo, aproveito para fazer sopas. Adoro este tipo de jantar. Aqui uma sopa de grão de bico com calabresa. Ficou uma delícia. Na quarta feira tivemos a segunda discussão do nosso Projeto Jorge Amado, As Mulheres de Jorge Amado, em parceria com a Companhia das Letras. Discutimos o livro Dona Flor e seus dois maridos. Foi muito sensacional!   Na sexta feira, eu, a Letícia, minha irmã Fernanda e a Bia, minha sobrinha e afilhada, assistimos a reestreia de PETER PAN, O MUSICAL, no Teatro Alfa. Foi lindo!⁣  Leia o post complet