Resenha: O Caderno de Receitas do Meu Pai | Jacky Durand | Bertrand Brasil

  

" A Boa cozinha é feita de lembranças."

Um livro sutil e muito saboroso. Terno, delicado, sofrido e diferente, assim é O Caderno de receitas do meu pai, de Jacky Durand, lançamento da Bertrand Brasil, @grupoeditorialrecord.

Quando eu soube deste lançamento, fiquei muito curiosa para ler, pois amo livros que tenham a gastronomia na sua temática. A Record gentilmente me enviou um exemplar de cortesia.

Mergulhei nesta leitura e foi uma experiência diferente e muito interessante. O autor, como um bom francês faz muitas referências ao seu país, não só em termos de culinária, mas também de músicas e cultura em geral, assim como o sistema de ensino francês. O leitor que não está familiarizado com a França pode estranhar, ou como eu, pode embarcar nesta viagem curtindo e aprendendo coisas novas.

O autor é um jornalista que viajou por anos pela França escrevendo deliciosas crônicas culinárias, este é seu primeiro romance.

Dividido em três partes, começa pelo fim, com Julien se despedindo do seu pai, Henri, um velho cozinheiro, dono do Relais Fleur, um pequeno bistrô localizado em frente a uma estação de trem, numa cidade do interior da França.

Escrito em primeira pessoa, num tom intimista, Julien revive seu relacionamento com o pai, com a mãe e com os amigos do pai. Seu desejo é seguir os passos de Henri, ao mesmo tempo que o pai insiste que ele tenha uma formação superior.

Uma dica, não leia a sinopse, mergulhe nesta leitura curtindo, sem se ater aos detalhes e muito menos aos spoilers.

Uma trama sobre amor, aprender amar e expressar este amor. Sobre expectativas, relacionamentos e desejo de pertencimento. Não espere um livro leve. A gastronomia equilibra os sentimentos e emoções dos personagens de uma forma muito interessante.

Um livro sensorial, que me mostrou um universo de sabores, aromas e cores muito rico e especial. Gosto muito quando o livro me proporciona estas experiências dos sentidos.


Adorei a capa, ela segue o modelo da original, mas achei a nossa ainda mais bonita, pelo estilo de letras usado no título, que também é o mesmo do original. Edição caprichada, ótima diagramação e excelente revisão. Traz no final algumas receitas diferentes, inclusive já selecionei algumas para testar por aqui.

Escolhi este livro para a nossa terceira edição do #LeituraComentada e foi uma delícia esta discussão. Vou deixar aqui o link para ela, mas acho interessante só assistir depois de ler o livro, ok? Lá comentamos sobre o livro todo, inclusive seu final. Recomendo muito! Já leu? Quer ler? Me conta!

O Caderno de Receitas do Meu Pai
Autor: Jacky Durand
Tradutor: Ivone Benedetti
Ano: 2020
Páginas: 168
Editora: Bertrand Brasil | Grupo Editorial Record
Livro cedido pela editora
Minha avaliação: 4,5/5
Adicione no Skoob
Para comprar: Record | Amazon

Comentários

  1. Gostei, Claudia, também acho que alimentação e literatura pode ser uma combinação perfeita!
    Abração!

    ResponderExcluir

Postar um comentário