Pular para o conteúdo principal

Resenha: Sonhos Interrompidos | Gisela Bacelar e Bruna Ceotto | Pela Janela de Casa | Planeta de Livros


Que tal um conto nacional?

Termino a leitura deste conto bem reflexiva. E compartilho com você a leitura de Sonhos Interrompidos, escrito por Gisela Bacelar e Bruna Ceott, para o  Projeto Pela janela de casa , da Planeta de LivrosTodos os contos deste projeto tem o mesmo tema, o enfrentamento do período de isolamento social, por conta da pandemia. 

Este é meu primeiro contato com a escrita das autoras e elas me surpreenderam bastante. 

Este foi, senão me engano, o maior conto, com 116 páginas, cheias de emoção, de intensidade. Me chamou a atenção e trouxe questionamentos importantes. Alissa  e Miguel são dois jovens vivendo em mundos opostos e contraditórios, que têm suas vidas cruzadas num momento de grande insegurança, bem no meio da pandemia.

O isolamento está presente na trama e as garras do vírus vão se mostrar, de forma cruel, assim como a violência presente numa grande cidade. O conto mostra que não é só o vírus que pode ser letal. O tráfico, a dependência química, a violência geram tragédias todos os dias.

Em capítulos intercalados entre eles, somos apresentados à dupla de protagonistas deste conto. Cada um traz seus medos, fantasmas, inseguranças, solidão, interesses e dinâmica vivencial. 

Enquanto Alissa, nome artístico de Larissa, uma youtube famosa e linda, tem uma vida de princesa, com luxo e ostentação, Miguel, é um ator iniciante em busca de uma chance de sucesso, mas que até o momento só conseguiu ser dispensado de um teste, sem mostrar seu talento.

Gostei muito da forma como as autoras trabalharam os contrastes dos dois. Alissa, apesar de rica e bem sucedida, no fundo é uma menina carente, órfã e que se sente muito sozinha. Tem um namorado e acaba de descobrir que foi traída por ele e uma agente que é uma mãe pra ela, que a mantem na linha. Mede seu valor pelos likes dos seus números fãs.

Miguel, mora na comunidade da Brasilândia, após a morte do seu pai, quando ainda era bem pequeno, sua mãe se casa novamente com um homem violento. Trabalha como garçom e sonha ir embora para os EUA. É um cara muito bacana, carismático e lutador.

Gostei muito também dos personagens secundários, que tem força e enriquecem os protagonistas com cenas ótimas. Maura, a agente de Alissa, determinada, focada e prestativa, mantem a jovem na linha. Miguel tem dois amigos de infância, os inseparáveis Lana e Tuco. Júlio é seu patrão e dono do restaurante que trabalha. Todos eles são afetivos, protetores e preocupados com Alissa e Miguel 

O que começa com uma pequena ameaça, ganha força e traz dor e desespero a estes jovens, mas ao mesmo tempo mostra que há saídas, que é importante lutar e resgatar sua essência, dar o melhor de si.

"Se enxergarmos aquelas estradas como a linha de nossas vidas, vemos que só há duas maneiras de se seguir: pisar o pé no acelerador, desviando de qualquer coisa a nossa frente, ultrapassando outros carros sem dar vez, com o único objetivo de chegar logo ao destino final. Ou podemos abaixar as janelas, respirar o ar puro, pisar no freio quando sentirmos necessidade de um pouco mais de tempo, olhar para além da estrada e apreciar a paisagem, sentir o vento contra nossos rostos, a luz do sol aquecer nossas almas ou, até mesmo nos dias mais chuvosos, deixar o barulho da chuva falar com o nosso coração. Há muito a se ouvir sem que nenhuma palavra seja dita, só precisamos não ter pressa."

Bonito, forte e triste, mas sem ser piegas. Aborda temas pesados e essenciais de serem discutidos como preconceito racial, violência doméstica, luto, a ilusão e o poder das redes sociais. Um conto muito bem escrito. Gostei muito. Recomendo.

Este conto está disponível apena no formato digital, na Amazonpor apenas R$9,90.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#TBRdeJunho

O que você pretende ler em junho? Você costuma fazer #TBR? Sabe o que é uma TBR? A sigla TBR significa To Be Read. Ou seja, são os livros que você deseja ler. Muitas pessoas montam suas TBR mensais. Confesso que não tinha o costume de fazer a minha, mas estou me aventurando. Alguns livros furam a fila, outros demoram um pouco mais para serem lidos e tudo bem, tenho esta flexibilidade. Estas são as leituras que programei para este mês! Pretendo acrescentar outros no decorrer do mês, mas a princípio estes são os livros que eu tenho certeza que vão me acompanhar:⁣⁣ ⁣⁣ 📖 Água fresca para as flores, Valérie Perrin, @intrinseca - para a nossa Leitura Coletiva MãeLiteratura #LCmaeliteratura⁣⁣ 📖 Na Estrada com o ex, Beth O´Leary, @intrinseca ⁣⁣- para o Clube da Leitura MãeLiteratura⁣⁣ 📖 Lar em chamas, Kamila Shamsie, @Grua_livros - para o #12livrospara2022 de junho 📖O que é que ele tem, Olívia Byington, @editora_objetiva, para o nosso Clube @CompanhiadasLetras deste mês⁣⁣ 📖 Maria Bonita,

Nossa Semana #22

Olá! Hoje eu quero te contar como foi a nossa semana por aqui. Uma semana com vários eventos lindos! Teve Clube da Leitura, musical, circo, muito trabalho, ótimas leituras e aconchego, semana de friozinho gostoso por aqui.   Eu amo organizar minhas leituras e estou usando o Diário de Leitura , que recebi em parceria com a Fina Folha Papelaria . Adoro os produtos desta papelaria mais que especial! Aqui um pouquinho das leituras desta semana. Com este tempinho frio, que eu amo, aproveito para fazer sopas. Adoro este tipo de jantar. Aqui uma sopa de grão de bico com calabresa. Ficou uma delícia. Na quarta feira tivemos a segunda discussão do nosso Projeto Jorge Amado, As Mulheres de Jorge Amado, em parceria com a Companhia das Letras. Discutimos o livro Dona Flor e seus dois maridos. Foi muito sensacional!   Na sexta feira, eu, a Letícia, minha irmã Fernanda e a Bia, minha sobrinha e afilhada, assistimos a reestreia de PETER PAN, O MUSICAL, no Teatro Alfa. Foi lindo!⁣  Leia o post complet