Rsenha: Entre Cabul e a Dança das Borboletas - Karina Manasseh @EditoraEdite

Hoje eu trago as minhas impressões do livro Entre Cabul e a Dança das Borboletas, da Karina Manasseh, Editora Edite.
Participei da sua leitura coletiva, organizada pela LC Agência de Comunicação e me encantei com a escrita da autora. O fato de ler neste formato foi ainda mais interessante e teve suas peculiaridades. Li exatamente no tempo proposto pela agência, respeitando os capítulos por semana e discutindo com o pessoal escolhido para esta leitura coletiva. No nosso último encontro, a autora participou e foi muito bacana, pois tivemos acesso às informações interessantes sobre o seu processo de escrita e ela esclareceu nossas dúvidas e curiosidades.


Uma trama cheia de aventuras, dilemas, tensões, reviravoltas viagens interessantes e claro, relacionamentos complicados, tudo que eu adoro! Assim é Entre Cabul e a Dança das Borboletas.

Karina criou um romance muito interessante e envolvente. Maria é a protagonista da trama, mostra-se uma mulher forte, segura de si, independente. Uma diplomata brasileira, que viaja pelo mundo e mora em Washington. De cara simpatizei com ela e acompanhei com curiosidade sua trajetória. Através de uma troca de cartas, na verdade, mensagens por e-mails, acompanhamos detalhes do seu romance com João, um homem aparentemente seguro de si, forte, mas com pendências emocionais importantes.

Eu adoro ler sobre relacionamentos e este é um dos focos do livro, que aborda não só o relacionamento de Maria com João, mas também os relacionamentos familiares. Maria traz um grande sofrimento do passado, com a perda do seu irmão e passa boa parte da sua vida, aparentemente perfeita, fugindo de relacionamentos e vínculos afetivos.

Outro ponto que eu adorei foi a forma como a autora abordou o trabalho psicoterápico de Maria com sua analista. De forma sutil e delicada, Maria vai tecendo uma rede de descobertas e amadurecimento.Temas como amor, insegurança, paixão, infidelidade, dependência, amor próprio, são muito bem trabalhos no livro.

Viajamos com Maria e algumas vezes também com João por lugares interessantes como Itália, Índia, México e apenas com ela para lugares tensos e perigosos como Afeganistão. Estas viagens e os cenários descritos pela autora são um dos pontos fortes da trama, com suas cores, aromas e sabores. Este é um livro muito SENSORIAL e ele daria um excelente filme, aliás fica aqui, meu convite para que produtoras prestem atenção neste livro! Durante a leitura, visualizava com clareza as cenas e isso contribuiu para deixar a leitura ainda mais interessante.

Quero destacar que uma das coisas que mais gostei foi a escrita da autora. Sempre reforço que adoro livros escritos por jornalistas, acho que são textos bem escritos, claros e com riqueza de detalhes. A leitura do livro, apesar de abordar temas por vezes pesados, é leve, fluida e muito interessante. Um termômetro do quanto gosto do livro, é o número de marcações que faço durante a leitura. Neste livro fiz muitas delas, algumas frases simplesmente me encantaram.
"Eu voltava para o passado contente, como uma criança em dia de festa, esfregando as mãos, ansiosa para encontrar no aconchego das lembranças algum analgésico que aliviasse a dor do presente."

"Existem momentos e circunstâncias na vida em que tudo muda, todas as verdades vão por água abaixo, o paradigma é alterado para sempre. E, como não vivemos num filme, tais momentos não são precedidos por um retumbar de tambores, luzes e efeitos especiais. São momentos que vêm de mansinho, que deixamos passar despercebidos na maioria das vezes."

"No decorrer da nossa história, a sensação que eu tinha era de que a vida não é o que vivemos, e sim o que lembramos."
O livro é composto de vinte capítulos. Ao incluir citações de Alessandro Baricco, Gabo, Mario Benedetti, entre outros grandes autores, nas aberturas dos capítulos, Karina me conquistou de vez. Adorei a capa e o título do livro, diferentes e estranhos a princípio, mas que fazem todo o sentido conforme você entende o enredo. Um livro muito bem escrito, um trabalho cuidadoso e muito caprichado. Torço e aguardo por novos livros desta autora tão talentosa. Recomendo muito esta leitura inspiradora.
Sobre a autora
Nascida em São Paulo, Karina Manasseh é jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero, com mestrado em Estudos Latino-Americanos e Ciências Políticas pela Universidade de Georgetown, em Washington, D.C., onde reside com a família. A literatura sempre foi uma paixão e um refúgio para a autora. Entre Cabul e a Dança das Borboletas é o primeiro romance de Karina.

Ficha Técnica Título: Entre Cabul e a Dança das Borboletas Autor: Karina Manasseh
Ano: 2019 Páginas: 221 Classificação: 5/5 estrelas Editora: Edite Livro cedido em parceria com a autora Adicione no Skoob Para comprar: Amazon

Comentários