Eu Li: Verão Tardio


Olá!
A dica de hoje é do livro Verão Tardio, de Luiz Ruffato, da nossa parceira Companhia das Letras.

Este livro foi lançado ano passado e estava na minha lista de desejados. Resolvi ler agora e que bom que li, porque eu adorei. Escolhi este livro para ler no meu kit do Clube Leitura.

Que livro bom! Mas atenção, não espere um livro feliz, porque ele não é. Vamos acompanhar a viagem de Oséias, que após 20 anos, volta para sua cidade natal. O livro começa com o personagem, num ônibus, em meio a um pesadelo, num mergulho em areias movediças.

Peninha, seu apelido de menino, volta a sua cidade natal, sozinho. Hoje está divorciado de Marília e não tem contato com o seu único filho. Cada capítulo recebe o título de um dos dias que dura a viagem.

O autor é dono de uma linguagem excelente e constrói um cenário reflexivo, seco, árido de afetos, cheio de questionamentos internos, quase nunca demonstrados ou verbalizados. Dificuldades de comunicação, de se expressar e de interagir, ficam claras nas interações do protagonista com as figuras que ele encontra nesta viagem. Cada reencontro com seus irmãos, com colegas de escola, com pessoas que vivenciaram o período da sua infância e juventude, traz memórias há muito trancadas.

O suicídio da sua irmã, Lígia, uma menina quieta, sempre às voltas com seus livros. Um misto de remorso, culpa, dor, sentimentos sufocados. A história tem como cenário, Cataguazes, mesma terra natal do autor, que costuma homenageá-la em suas tramas.

Alguns personagens se destacam mais, a irmã Rosana, sempre em busca da juventude e da forma perfeita, em contrapartida com a filha, Tamirez, obesa e bacana, que mora com os pais, mas se vê muito diferente deles. É na casa de Rosana, sua primeira hospedagem, que o recebe com surpresa e certa indiferença. Os cachorros, tanto o da sua lembrança, quanto o que encontra pelo caminho, são expressões de afeto de Oséias.

No encontro casual com Matilde, a sua primeira namorada, a possibilidade do que poderia ter sido sua vida. Teria vivido de forma diferente da que viveu? Oséias revisita lugares conhecidos e esquecidos e entrando em contando com seu passado. Mantem pequenos rituais de cuidados diários, sempre da mesma forma, vive seus dias de forma comediada e solitária.

Apesar do enredo triste, o autor constrói uma trama envolvente e bem amarrada. Senti empatia e pena do personagem. A leitura foi fluida e muito interessante, pois o livro é muito bem escrito.

A capa do livro é muito bonita e expressa sua mensagem central, a solidão, a aridez de uma vida. Ótima diagramação e revisão impecável da Companhia das Letras, sempre muito cuidadosa com as suas edições. Páginas amarelas, letras em tamanho confortável.
Sobre o autor
Luiz Ruffato (Cataguases, fevereiro de 1961) é um escritor brasileiro. Formado em Comunicação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, exerceu jornalismo em São Paulo. Publicou Histórias de Remorsos e Rancores (1998) e Os sobreviventes em 2000, ambos coletâneas de contos. Ganhou os prêmios APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) e Machado de Assis da Fundação Biblioteca Nacional com o romance Eles Eram Muitos Cavalos, de 2001.

Sobre o Clube Leitura
A Leitura, uma das principais redes de livraria brasileiras, lançou, em abril de 2018, o Clube Leitura - o primeiro clube de assinaturas criado por uma empresa do varejo em território nacional. O Clube Leitura oferece as modalidades: Clube Leitura Adulto, Clube Leitura Kids e Teens, que contempla livros infantis e young adult e o Clube Leitura Família, que compreende opções para crianças, adolescentes e adultos a partir de uma única assinatura – modelo pioneiro em todo o Brasil. Há ainda o Clube Leitura Kids e Teens Turma da Mônica, resultado da parceria inédita do Clube Leitura com a Maurício de Sousa Produções e a Editora Girassol. Os títulos surpresa chegam para os assinantes junto com brindes especiais e, no caso dos pré-lançamentos, antes mesmo das lojas. As obras são selecionadas por uma equipe altamente qualificada de consultores literários.

34/100
Título: Verão Tardio
Autor: Luiz Ruffato
Páginas: 240
Classificação: 5 estrelas

Editora: Companhia das Letras
Livro cedido pela editora
Adicione no Skoob
Para comprar: Companhia das Letras

Participam também do BEDA: Karla | Lunna Obdulio





Comentários

  1. Olá querida, que belo post!
    Verão tardio, convidativo esse nome e com essa exposição da sinopse, ah assim que puder o lerei com certeza.
    Passando pra dizer que estou com saudades e que estou de volta.
    Dei uma repaginada no blog e mudei o nome agora é Cantinho da Déia!
    Bjo querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Déia!
      Que bom ter você aqui de novo!!
      Seja super bem vinda.
      Leia sim, o livro é otimo
      Ja passei lá no seu cantinho e adorei também.
      Bjs

      Excluir
  2. Oi Clauo! Adorei sua resenha. O título e a capa me remeteram a um livro repleto de nostalgia. O suicídio da irmã e esse reencontro com a primeira namorada devem mexer muito com o personagem. Adorei saber as suas sensações e seus sentimentos durante a leitura. Fiquei com pena do autor até no post, imagino que você deve ter sentido bastante enquanto lia. Beijos! Karla Samira

    ResponderExcluir

Postar um comentário