Novidades da Nau Editora

Hoje apresento para vocês as novidades da Nau Editora. A Editora tem edições lindas, bem caprichadas e diferenciadas. A NAU é uma editora com mais de 25 anos de existência (desde 1993) e resistência como pequena editora de cultura. Ao longo desse período, construiu um catálogo com mais de 165 títulos publicados, quase todos na área de ciências humanas: história, filosofia, psicologia, psicanálise, antropologia e educação. Na última década, ampliou seu campo de ação com a publicação de livros de literatura, arte e fotografia. Em 2014, a NAU abre mais uma nova frente, desta vez investindo na área de literatura, com a publicação da Série Deriva.
 Recebi este press kit lindo e compartilho com vocês as sinopses dos livros, volto logo com as resenhas. Tem presente para nossos leitores! Utilizando o cupom de desconto: MAELITERATURA20 você terá 20% de desconto, exceto nos livros que já estejam em oferta, tá?
O Cozinheiro de Bangu
Livro de estreia de Wagner Fontoura no campo da ficção, “O Cozinheiro de Bangu” conta a história de seu alter ego,  José, um executivo de meia-idade que está reconstruindo sua vida pessoal e profissional na cidade de São Paulo. Através de uma prosa ágil em estilo coloquial, o livro descreve uma fatia de vida que se inicia quando José recebe a notícia de que seu filho mais novo foi preso por tráfico de drogas. Daí em diante, a narrativa desdobra-se em múltiplas peripécias, num fluxo dinâmico e envolvente que faz lembrar os filmes de ação, até encontrar um desfecho intempestivo no dia do julgamento. Inspirada em fatos da biografia do autor, a história de “O Cozinheiro de Bangu” foi ficcionalizada e ganhou vida própria, mas manteve o estilo folhetinesco inerente à estrutura do diário que lhe serviu de base. Muito além do drama provocado pelo acontecimento que vem abalar a estabilidade de uma família de classe média alta, o Cozinheiro de Bangu tangencia questões complexas e muito atuais, relacionadas às atitudes sociais em relação às drogas –lícitas e ilícitas-, à perversidade da política de encarceramento, aos vícios e subjetividades no sistema judiciário, à associação entre organizações criminosas e entidades religiosas, às configurações familiares que escapam aos papéis de gênero tradicionais e aos relacionamentos afetivo- sexuais fora da norma hétero-monogâmica.
Em Pleno voo
“Em pleno voo” é o segundo livro da autora norte-americana Kelly Corrigan e chegou a conquistar o segundo lugar na lista de best-sellers do New York Times. Escrito em forma de carta para as suas filhas Georgia e Claire, o livro entrelaça relatos pessoais da autora com histórias de outras mulheres que aprenderam a lidar com os desafios e as alegrias da maternidade. Com um texto ágil e inspirador, “Em pleno voo” pode ser lido num único fôlego. Conta histórias reais, comoventes, que levam a reflexões sobre a vida, a família, a amizade, o casamento e, acima de tudo, sobre a experiência de ser mãe. A publicação em formato de bolso recebeu acabamento de luxo, com capa dura e textura soft touch (sensação de toque suave e aveludado). Tradução de Aline Pereira.
Infância crônica
As 35 crônicas aqui reunidas procuram falar da infância de perto, íntima e despretensiosamente, num gênero discursivo cuja substância é a simplicidade. No entanto, pretensiosamente, entendemos que é também na simplicidade da vida cotidiana que se funda a dimensão política da infância. Mais que ter as crianças como objeto das crônicas aqui apresentadas, nosso intuito é fomentar a construção de uma história que se saiba incompleta se não incluir sua voz e suas perspectivas de olhar. As crônicas foram produzidas pelo Grupo de Pesquisa Infância e Cultura Contemporânea, no projeto“Fisionomias da infância: experiências cotidianas, alteridades e deslocamentos”,desenvolvido na Faculdade de Educação da UERJ e financiado pelo CNPq. Inspirados em Walter Benjamin, seus autores compreendem o cronista como um historiador do cotidiano, imbuí do em eternizar o instante ao transformá-lo em questão filosófica,tensionando as experiências que acontecem no miúdo com a grandeza da história e da cultura.
Acompanhe o trabalho da Nau Editora 
pelas redes sociais

Comentários