Pular para o conteúdo principal

O Amor das Sombras #12livrospara2019 - Agosto

Olá!
Hoje trago para vocês a resenha do livro O Amor das Sombras, escrito pelo Ronaldo Correia de Brito, Editora Alfaguara.


Escolhi este livro para ser o livro de agosto da nossa TAG #12livrospara2019. Esta TAG é uma parceria com os blog Mundinho da Hanna e Pacote Literário. Não deixe de passar nos blogs das meninas para conferirem suas postagens!
Todo dia 12 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A idéia é ler preferencialmente livros que são meus e esperam na fila de leitura. 


Sinopse
A cada livro, Ronaldo Correia de Brito expande os limites de sua ficção, e da própria literatura brasileira. Já no primeiro conto, duas irmãs velhas estão presas a uma casa antiga e se recordam de tragédias passadas enquanto, do lado de fora, caminhões e escavadeiras varam a noite à procura de um casal de namorados que se jogou numa represa. O sertão, aqui, é outro. Violento, urbanizado pela metade, que se conecta de forma precária ao mundo de consumo e às ambições das grandes cidades. O autor volta aos temas explorados em seus outros livros, ao falar de traição, repressão, segredos e linhagens assombradas por uma herança de violência. Porém, a cada conto, a cada personagem, ele revela algo novo, sempre buscando um caminho distinto.
Eu gosto muito da escrita do Ronaldo e conheci seu trabalho lendo Galiléia, seu romance vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura, em 2008. Ronaldo escreve sobre o sertão, sobre relacionamentos e é dono de uma escrita exuberante e vigorosa. 

O livro é composto de 12 contos, todos eles com título únicos: noite, bilhar, força, magarefe, mellah, atlântico, helicópteros, perfeição, sombras, véu, amor e lua.

Não espere histórias com finais felizes e alegres, Ronaldo escreve sobre dor, expectativas frustradas, sentimentos calados, sobre sombras. Não é um livro alto astral, mas a tristeza pode ser bonita...e a boa escrita aparece em sua plenitude nas suas tramas. Os contos falam sobre relacionamentos, sobre o que poderia ter sido e não foi. Véu e amor foram os meus contos preferidos, neles temáticas diferentes e os mesmos sentimentos, infelicidade, frustração, sonhos e amores perdidos.  

Foi uma leitura diferente, intensa e por vezes difícil. A escrita do Ronaldo e ótima e fiquei ainda mais fã dele, mas este não é um livro fácil, não é uma leitura fluida, nem rápida. É preciso sentir e internalizar cada conto.

Acredito muito que cada livro tem seu momento de leitura e este foi o meu. Talvez se tivesse lido em outro tempo, quando não estava muito animada, esta leitura não teria acontecido. Gostei desta leitura e recomendo, mas sugiro que leia levando em conta a densidade dos contos e os sentimentos que possa despertar.

Adorei a capa e o jogo de cores. Diagramação boa da Alfaguara, com bom espaçamento, letras em tamanho confortável. Tenho outro livro dele Dora sem véu) aqui na fila e pretendo ler ainda este ano, vamos ver.


Sobre o autor
Nasceu no Ceará, em 1951. É médico formado pela Universidade Federal de Pernambuco. Foi escritor residente da Universidade da Califórnia em 2007. É autor dos livros de contos Faca e Livro dos homens, Retratos imorais e O amor das sombras. Escreveu também os romances Estive lá fora e Galileia, vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura.


O Amor das Sombras
Autor: Ronaldo Correia de Brito
Ano: 2015
Páginas: 224
Editora: Alfaguara
Adicione no Skoob
Para comprar: Alfaguara
Minha avaliação: 4,5/5


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç