Pular para o conteúdo principal

Eu Li: O Farol e a Tempestade

Olá queridos leitores.
Hoje trago a resenha do livro O Farol e a tempestade, escrito pelo Romulo Felippe, da Editora Novo Conceito.

Sinopse
Samuel Jones é um autor best-seller que vive recluso em uma remota ilha do Atlântico Norte desde que perdeu a família em um acidente de carro. A partir desse terrível advento, viver passou a ser um martírio, um sacrifício diário. O exílio de Sam, entretanto, ganhará um viés ainda mais dramático quando uma bola de fogo riscar os céus diante de seus olhos no meio de uma tempestade.Em uma obra do acaso, a fotógrafa nova-iorquina Anne Crawford sobrevive ao desastre aéreo e é salva justamente pelo escritor, quebrando a partir daí a solidão da Ilha Farethon e de seu farol secular. Duas almas marcadas por tragédias. Dois corações despedaçados pela vida. Para Sam e Anne há muito mais em jogo do que fé e paixão, perdão e esperanças. Marcados pela ausência de um passado e a impossibilidade de um futuro, resta-lhes viver o presente em sua mais profunda intensidade. “O Farol e a Tempestade” é mais do que uma improvável história de amor. O romance dramático mostra o quanto somos minúsculos diante as forças do universo e de como a vida é uma surpreendente montanha-russa que nos leva do inferno ao céu em um ato único. O que você faria se a vida lhe desse uma segunda chance?
Você gosta de um bom romance? Eu adoro! Quando recebi este livro, fiquei bem animada para ler. Também me chamou a atenção ser escrito por um autor nacional contemporâneo, pois adoro conhecer novos autores brasileiros. Um romance bem escrito, com uma trama muito interessante e linguagem fluida, assim é o livro do Romulo Felippe.

O autor constrói uma história de amor e superação, ambientado num cenário paradisíaco. Eu tenho fascinação por farol em praia, eles chamam muito a minha atenção. Este é o terceiro livro que leio com esta temática, mas o bacana é que é uma história bem diferente das demais.

Um livro romântico, com uma pegada mais atual, dinâmico, sem ser meloso. Gostei das profissões dos personagens, ele escritor e ela fotógrafa e das características e personalidades deles. Destaque para o pai da nossa protagonista, um senhor muito querido e especial.

A escrita do autor é muito boa, interessante e envolvente. No decorrer da leitura tenho costume de "conversar mentalmente" com o autor e nesta leitura bati altos papos com o Romulo. Não posso dar detalhes da trama, para não correr o risco de soltar nenhum spoiler para vocês, mas considero algumas "coincidências" da trama como licenças poéticas, não me incomodaram, mas podem incomodar um leitor mais crítico. Se você ler ou leu o livro, me chama para conversarmos sobre elas!
A leitura foi rápida e muito envolvente, não consegui largar o livro até o seu término. Amei a capa, linda, linda, parece iluminada mesmo e passa bem a mensagem da história. É uma foto do Miles Morgan. Diagramação excelente da Novo Conceito que arrasou nesta bela edição. Gostei da explicação do Romulo, no posfácio, sobre os fárois e achei lindas as aquarelas que ilustram o livro, belo trabalho de Paloma Montero e Sergio P Rossoni. Achei muito bacana e bonito o detalhe da marcação das página, cada uma acompanha um mini farol, que faz uma sombra diferente e especial na lombada, me lembrando o efeito do farol na água. Um livro interessante e diferente com uma produção especial e muito caprichada. Dá gosto ler e recomendar um livro assim!
Sobre o autor
Romulo Felippe começou a lapidar os primeiros textos - crônicas e versos - aos 9 anos. Aos 12 anos já publicava os seus escritos em jornais locais, iniciando sua paixão pelo jornalismo impresso. Lá se vão três décadas de dedicação às redações, com coberturas realizadas em mais de 20 países e passagens por diversos veículos de comunicação. Além de O Farol e a tempestade, é autor de Monge Guerreiro, também publicado na Europa, e Reino dos morcegos. Romulo mora na ilha de Vitória com a mulher, empresária Svetlana Bertollo Felippe, é pai de Felippe, Giuseppe e Gianluca, e agraciado com os enteados Ana Paula e Henrique. É colecionador de espadas medievais ( e miniaturas de faróis marítimos...), amante da prática de stand up paddle e um apaixonado por livros impressos.
O Farol e a Tempestade
Autor: Romulo Felippe
Ano: 2019
Páginas: 304
Editora: Novo Conceito
Livro cedido pela editora
Adicione no Skoob
Para comprar: Novo Conceito
Avaliação: 4,5/5




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é