Eu Li: Flicts - Edição Comemorativa


Olá queridos leitores
A resenha de hoje é do livro infantil, Flicts, escrito por Ziraldo, da Editora Melhoramentos. E esta é uma edição muito especial, comemorativa dos 50 anos de lançamento deste livro que encanta gerações de leitores!


Flicts é um livro muito especial para mim, pois ele nasceu no mesmo ano que eu! Nascemos no mesmo ano que o homem chegou à lua e fazemos aniversário juntos. Vamos comemorar com Ziraldo, que vem se recuperando de problemas de saúde, esta obra tão especial e importante para nossa literatura infantil e para os leitores de todas as idades. Um livro que fala sobre aceitação, sobre respeitar as diferenças. Colorido e vibrante é um sopro de emoção no dia a dia.

Eu adorei este livro desde a primeira vez que li, há muito tempo. Esta edição está simplesmente lindíssima e ainda mais caprichada e cheia de emoções. Fiquei muito, muito feliz ao recebê-la de presente, um carinho super especial da nossa querida parceira, Editora Melhoramentos. Nada melhor que deixar a própria editora contar um pouco sobre esta edição tão bonita.


Enquanto o mundo ainda estava deslumbrado com as primeiras imagens da ida do homem à Lua, Ziraldo – sempre fascinado por astronautas, planetas, astros e estrelas – topou o desafio de fazer seu primeiro livro para o público infantil em um curto prazo. Em apenas dois dias o cartunista finalizou Flicts, um marco na história da literatura infantil brasileira. "...tanto a falta de pincéis e tintas quanto o prazo curto não foram encarados como obstáculos e sim como parâmetros criativos, norteando a busca da melhor forma de se expressar e se comunicar", comenta Guto Lins em seu texto A Gênese do Gênio, que abre o livro.

O livro, que já vendeu mais de 500 mil cópias pela Melhoramentos e foi traduzido em idiomas como inglês, japonês e esperanto, conta a história de uma cor que não tinha lugar no nosso planeta: "Era uma vez uma cor muito triste que se chamava Flicts." O nome foi escolhido a partir de uma interjeição da tirinha The Supermãe, publicada por Ziraldo no Jornal do Brasil. O cartunista queria uma palavra que pudesse ter a mesma sonoridade em diferentes idiomas.

O que Ziraldo não imaginava era que o livro pararia nas mãos do próprio Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua. O cartunista o encontrou no Rio de Janeiro e lhe deu uma versão do livro em inglês. Após ler Flicts, o astronauta o parabenizou. "Aí eu falei pra ele com meu inglesinho, o senhor está enganado, eu é que tenho que te parabenizar por subir à Lua. Ele respondeu, 'eu apenas subi na Lua, você fez um livro'." O cartunista, emocionado com o encontro, pediu que o astronauta autografasse a obra e escrevesse que Flicts era a cor da Lua. Foi aí que surgiu a frase: "The Moon is Flicts." Desde então, a cópia deste bilhete está presente em todas as edições do livro.

Na nova publicação, Adriana Lins – organizadora da obra e sobrinha de Ziraldo – destaca que a diagramação e a tipografia originais foram resgatadas. "É exatamente o projeto que Ziraldo pensou e fez. Mantivemos as páginas brancas, os silêncios." O livro, que teve o número de páginas reduzidas para 40 a partir da sua segunda publicação, volta para as suas 80 páginas originais.


Sobre o autor
De Caratinga, Minas Gerais, Ziraldo Alves Pinto, 86 anos, ganhou o mundo com uma atuação eclética como pintor, cartazista, jornalista, teatrólogo, chargista, caricaturista e escritor. Iniciou sua carreira nos anos 1950, em veículos impressos como Jornal do Brasil, O Cruzeiro e Folha de Minas. O sucesso como escritor veio nos anos 1960, quando ele lançou A Turma do Pererê, a primeira revista em quadrinhos brasileira. Sua estreia na literatura infantil foi em 1969 com o livro Flicts. Seu personagem mais famoso, porém, nasceu mais tarde: foi em 1980 que ele lançou O Menino Maluquinho, um dos maiores fenômenos editoriais no Brasil, com mais de 100 edições e adaptações para o teatro, quadrinhos, ópera infantil, videogame e cinema. Entre os muitos prêmios que recebeu, destacam-se o SuperPrêmio Andersen da Itália, 2004, pela edição italiana do livro Flicts, e o Prêmio Quevedos 2009, o mais importante do humor gráfico no mundo, pelo conjunto da obra.


Sobre a Editora Melhoramentos
Há mais de 128 anos, a Editora Melhoramentos ocupa posição de destaque nas diversas áreas em que atua, sendo referência no mercado editorial por seus milhares de títulos publicados. À frente do tempo desde sua fundação, ela se distingue pelo pioneirismo de suas obras, por seus autores e pelos avanços editoriais aos quais se dedica. Visite o site da editora





Comentários

  1. Olá Clauo! Adorei essa dica de leitura! Quando estive em Caratinga, conheci toda a história de Ziraldo e o admiro muito! Lindíssima essa nova edição do livro e me emocionei com a fala do astronauta a Ziraldo. Beijos! Karla Samira

    ResponderExcluir

Postar um comentário