Pular para o conteúdo principal

Eu Li: Mazzaropi - Um Jeca Bem Brasileiro

Olá queridos leitores.
A resenha de hoje é do livro infanto-juvenil, Mazzaropi - Um jeca bem brasileiro, escrito por Dílvia Ludvichak, da Paulus Editora.

Sinopse
Este livro nos leva ao encontro de um artista genuinamente brasileiro, criador de uma obra cinematográfica tão expressiva e popular que continua viva, graças a um público tradicional, fiel, e a um novo público, que vê em seus filmes traços do nosso tempo, tornando sua mensagem sempre atual. Contada em versos, a narrativa se aproxima da forma tão apreciada pela cultura popular e, ao mesmo tempo, nos faz lembrar das profundas raízes do jeito de ser caipira e do sertão brasileiro, marcas registradas de Mazzaropi.
Eu sou muito fã dos livros da Paulus Editora! Eles são bonitos, coloridos e muito, muito interessantes. A Paulus tem coleções e títulos infanto-juvenis ótimos, adoro.
Então, cada vez que recebo um exemplar fico na maior felicidade. Desta vez recebi Mazzaropi e mergulhei nesta interessante leitura. Que trabalho mais caprichado. Foi uma ótima descoberta, pois encontrei vários detalhes que não sabia sobre o "Mazza".
 A escrita da Dílvia é ótima, o livro conta a história deste famoso caipira em versos e achei a narrativa diferente e muito interessante. Acompanhamos a vida de Mazzaropi, sua família e sua trajetória artística e profissional.
Extremamente talentoso e por vezes pouco compreendido, as crianças terão oportunidade de conhecer este brasileiro famoso, o eterno jeca, caipira que de bobo não tinha nada.
Além da história de Amácio Mazzaropi, o livro traz curiosidades sobre seu personagem mais famoso, Jeca Tatu, criado por Monteiro Lobato. Traz ainda os filmes que participou e um pequeno dicionário "caipirês", adorei!
Fiquei apaixonada pelas ilustrações de Luciano Tasso, dono de um traço muito interessante. As ilustrações são coloridas e vibrantes, deixando ainda mais bonito e bem cuidado este trabalho. 
Adorei a capa. A sua textura especial e diferente me chamou muito a atenção. Também gostei do formato maior do livro.
Recomendo muito esta leitura para leitores de todas as idades.
Este bonito livro faz parte da coleção BRASIL, que conta ainda com os títulos, Cacilda Beccker, escrito por Manuel Filho; Luiz Lua Gonzaga Estrela: o rei do baião, da mesma autora, Dílvia Ludvichak.

Mazzaropi - Um Jeca Bem Brasileiro
Autora: Dílvia Ludvichak
Ilustradora: Luciano Tasso
Ano: 2018
Páginas: 32
Formato: 18,5 cm X 27,5 cm
Editora: Paulus 
Para comprar: PaulusAmazon












Comentários

  1. Achei essas ilustrações lindas!!! Elas parecem dar vida ao livro e isso é muito importante para estimular a leitura das crianças. Adorei essa obra, que além de divertir ensina sobre essa personalidade da nossa história.

    ResponderExcluir
  2. Que livro mais lindo. As ilustrações são demais. Adoro o Mazzaropi. Fiquei encantada com o museu dele quando fui no Hotel Fazenda Mazarropi. Fiquei com vontade de folhear esse livro.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#TBRdeJunho

O que você pretende ler em junho? Você costuma fazer #TBR? Sabe o que é uma TBR? A sigla TBR significa To Be Read. Ou seja, são os livros que você deseja ler. Muitas pessoas montam suas TBR mensais. Confesso que não tinha o costume de fazer a minha, mas estou me aventurando. Alguns livros furam a fila, outros demoram um pouco mais para serem lidos e tudo bem, tenho esta flexibilidade. Estas são as leituras que programei para este mês! Pretendo acrescentar outros no decorrer do mês, mas a princípio estes são os livros que eu tenho certeza que vão me acompanhar:⁣⁣ ⁣⁣ 📖 Água fresca para as flores, Valérie Perrin, @intrinseca - para a nossa Leitura Coletiva MãeLiteratura #LCmaeliteratura⁣⁣ 📖 Na Estrada com o ex, Beth O´Leary, @intrinseca ⁣⁣- para o Clube da Leitura MãeLiteratura⁣⁣ 📖 Lar em chamas, Kamila Shamsie, @Grua_livros - para o #12livrospara2022 de junho 📖O que é que ele tem, Olívia Byington, @editora_objetiva, para o nosso Clube @CompanhiadasLetras deste mês⁣⁣ 📖 Maria Bonita,

Nossa Semana #22

Olá! Hoje eu quero te contar como foi a nossa semana por aqui. Uma semana com vários eventos lindos! Teve Clube da Leitura, musical, circo, muito trabalho, ótimas leituras e aconchego, semana de friozinho gostoso por aqui.   Eu amo organizar minhas leituras e estou usando o Diário de Leitura , que recebi em parceria com a Fina Folha Papelaria . Adoro os produtos desta papelaria mais que especial! Aqui um pouquinho das leituras desta semana. Com este tempinho frio, que eu amo, aproveito para fazer sopas. Adoro este tipo de jantar. Aqui uma sopa de grão de bico com calabresa. Ficou uma delícia. Na quarta feira tivemos a segunda discussão do nosso Projeto Jorge Amado, As Mulheres de Jorge Amado, em parceria com a Companhia das Letras. Discutimos o livro Dona Flor e seus dois maridos. Foi muito sensacional!   Na sexta feira, eu, a Letícia, minha irmã Fernanda e a Bia, minha sobrinha e afilhada, assistimos a reestreia de PETER PAN, O MUSICAL, no Teatro Alfa. Foi lindo!⁣  Leia o post complet