Pular para o conteúdo principal

Filme: Eu Só Posso Imaginar

Olá!!
Participei da cabine de imprensa do filme Eu só posso imaginar, da Paris Filmes. Um filme bonito, diferente do que estou acostumada a assistir.

Confesso que não tinha idéia do que tratava a trama. Não conhecia a música, nem a banda, nem os músicos. Me chamou a atenção o fato de uma música ser o fio condutor do filme, além da participação de Dennis Quaid, que eu ADORO!! Dennis arrasa na interpretação de um pai violento e amargurado. Envelhecido, mas como muito carisma, Dennis me conquistou mais uma vez e roubou a cena. No meu entender ele é o grande protagonista do filme.

A história emociona. Gosto muito de sinopses baseadas em histórias reais e adoro ver as fotos e as explicações sobre os protagonistas no final do filme.
Achei a trama interessante. Mais que uma temática gospel, o filme fala sobre família, sobre superação, persistência, fé, amizade e amor.

A canção ‘I Can Only Imagine’, do cantor e compositor Bart Millard, inspirou a produção do longa-metragem homônimo “Eu Só Posso Imaginar”, com estreia nacional agendada para 31 de maio. Criada por Bart Millard, vocalista da banda norte-americana MercyMe, a música é o single de maior sucesso do grupo e exprime sua jornada autobiográfica de superação e fé. No cinema,  o ator J. Michael Finley dá vida a Millard, o jovem que sofreu durante a infância com o pai abusivo, interpretado por Dennis Quaid. Além de Dennis Quaid e J. Michael Finley, o drama reúne os atores Madeline Carroll, Cloris Leachman, Trace Adkins e Rhoda Griffis.
 
A canção que inspirou o filme ganhou dois Dove Awards em 2002, dos quais um foi na categoria "Música Pop/Contemporânea do Ano" e outro na categoria "Música do Ano". Millard também ganhou na categoria "Compositor do Ano". No Brasil, artistas como Ana Paula Valadão, Chris Duran, Eduardo e Silvana Dayan Paiva já regravaram a música.     
Sinopse – Eu Só Posso Imaginar               
A música que trouxe esperança para milhões. E em breve, nos cinemas de todos os lugares, “Eu Só Posso Imaginar” vai encorajar as pessoas de uma forma totalmente nova. A inspiradora, incrível e desconhecida história por trás da amada música da banda MercyMe é a inspiração para este novo filme dos irmãos Erwin (diretores de “Bebê de Outubro”, “Mamãe: Operação Balada” e “Woodlawn”) e do produtor Kevin Downes (“Corajosos”). Com um lembrete emocionante do poder do perdão, “Eu Só Posso Imaginar”  ilustra lindamente que ninguém está sempre muito longe do amor de Deus - ou de um lar eterno no céu.
Ficha técnica
Direção: Andrew Erwin, Jon Erwin
Elenco: Dennis Quaid, J. Michael Finley, Madeline Carroll, Cloris Leachman, Trace Adkins, Rhoda Griffis
Classificação: a definir

Comentários

  1. Eu nunca assisti um filme na temática gospel, tenho vontade. E esse ainda mais por ser sobre fatos reais chama mais ainda minha atenção. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  2. O filme parece ser pura emoção. Imagino como devia ser difícil a vida desse filho nas mãos de um violento. Que bom que conseguiu seguir em frente e conseguiu transformar sua dor em uma música inspiradora.

    ResponderExcluir
  3. Amo Dennis Quaid desde que ele deu vida a um astro do rock no filme Great Balls of Fire, em que atuou com a Winona Ryder. Vi vários filmes só por causa dele depois disso, mas esse eu não tinha ouvido falar ainda. O último que vi foi 'quatro vidas de um cachorro' que também só assisti por causa dele.

    Ontem eu fui ao cinema assistir 'a camera de Claire' no Itaú cinemas com uma amiga. Me esqueci que tinha parada gay e encarei um cinema mega lotado. rs.

    Mesmo assim foi ótimo.
    bacio carissima

    ResponderExcluir
  4. Antes de mais nada, parabéns por ter participado da cabine de imprensa. Deve ser incrível *-*
    Não conhecia esse lançamento, mas adoro esse tipo de filme, que mostra como certas coisas (no caso, a música) podem transformar vidas :)
    Adorei o post e a indicação!

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Que delícia que deve ter sido participar da cabine de imprensa!
    Eu vi o trailler desse filme nas propagandas do YouTube e do IG e me pareceu muito bonito, com uma história de superação e, como você também acho a atuação do Dennis Quaid excelente!
    Fiquei mais curiosa agora pelo filme depois de saber da história que o inspirou, não é o gênero que mais procuro para assistir, mas com certeza darei uma chance para esse! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
  6. ooie tudo bem ?
    nao conhecia o filme mais muito bacana conhecer pelo trailler e pela sua resenha me pareceu ser um filme bem bonito e comovente
    BLOG♥ Coisas da bueno

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é