Pular para o conteúdo principal

Eu Li: A Noite da Espera, de Milton Hatoum - Companhia das Letras

 Olá!
Trago hoje para vocês minhas impressões sobre o livro A Noite da Espera, de Milton Hatoum, da Editora Companhia das Letras.
Quando eu soube do lançamento desta nova série do Hatoum, fiquei muito curiosa para ler. Será uma trilogia e este livro é o primeiro da série O lugar mais sombrio.
Numa das visitas à Biblioteca de São Paulo, encontrei o livro na prateleira dos lançamentos e rapidamente o trouxe para casa. Óbvio que furou fila...
Adoro a escrita do Hatoum e me acostumei com suas descrições do Amazonas e suas paisagens vibrantes e coloridas. Viajei pelo Amazonas com seus livros anteriores. 
Neste livro o cenário é completamente diferente. Vamos acompanhar o jovem Martin em duas épocas, em Brasília e na França. A trama acontece na época da ditadura e é um romance de formação, ou seja a trama começa com o personagem bem novo e termina com ele maduro. Martim enfrenta problemas sérios de relacionamento com o pai, após a separação dos pais. Sua mãe, professora de francês torna-se ausente. Me partiu o coração o quanto Martim sente sua falta. Hatoum constrói um personagem por vezes terno, ingênuo e um tanto desemparado. Na trama também aparecem os amigos da época da escola. Como pano de fundo temos as tensões e atribulações da época negra do Brasil, a ditadura. 
Sinopse: Nove anos após a publicação de Órfãos do Eldorado, Milton Hatoum retorna à forma da narrativa longa em uma série de três volumes na qual o drama familiar se entrelaça à história da ditadura militar para dar à luz um poderoso romance de formação. Nos anos 1960, Martim, um jovem paulista, muda-se para Brasília com o pai após a separação traumática deste e sua mãe. Na cidade recém-inaugurada, trava amizade com um variado grupo de adolescentes do qual fazem parte filhos de altos e médios funcionários da burocracia estatal, bem como moradores das cidades-satélites, espaço relegado aos verdadeiros pioneiros da capital federal, migrantes desfavorecidos. Às descobertas culturais e amorosas de Martim contrapõe-se a dor da separação da mãe, de quem passa longos períodos sem notícias. Na figura materna ausente concentra-se a face sombria de sua juventude, perpassada pela violência dos anos de chumbo. Neste que é sem dúvida um dos melhores retratos literários de Brasília, Hatoum transita com a habilidade que lhe é própria entre as dimensões pessoal e social do drama e faz de uma ruptura familiar o reverso de um país cindido por um golpe.

Ficha técnica: 
Título:  A Noite da espera
Autor:
 Milton Hatoum
Ano: 2017 
Páginas: 240
Idioma: português
Editora:
 Companhia das Letras

Composição da minha avaliação:(cada item vale até 1 ponto): 
Capa: 1,00
Trama: 1,00
Diagramação: 1,00
Desenvolvimento e narrativa: 1,00
Revisão: 1,00
Nota: 5,00 - Excelente 
Adicione o livro no Skoob
Achei a capa diferente e muito interessante. Diagramação impecável da Companhia das Letras. Páginas amarelas, letras em tamanho confortável para leitura, bom espaçamento. Atenção, este livro é bem diferente dos demais lançados pelo autor e no começo confesso que estranhei um pouco a trama, mas logo "peguei gosto pela leitura". A escrita do Hatoum continua maravilhosa! Fluida, gostosa de ler, mesmo com um tema espinhoso e pesado.
O autor alterna os capítulos entre presente e passado, sempre situando o leitor com a localização e a data do capítulo. Gostei desta estratégia, manteve minha atenção na leitura.  Ele constrói a trama de tal forma que eu fiquei doida para saber o que aconteceu com Martim e sua mãe principalmente. Preciso saber quando a Companhia das Letras vai lançar o segundo livro (e o terceiro ) desta série!! PRECISO ler! Urgente...

Sobre o autorDescendente de libaneses, ensinou literatura na Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e na Universidade da Califórnia em Berkeley. Escreveu Cinco obras: Relato de um Certo OrienteDois IrmãosCinzas do Norte (esse último vencedor do Prêmio Portugal Telecom de Literatura e todos os três primeiros ganhadores do Prêmio Jabuti de melhor romance), Órfãos do Eldorado e A Cidade Ilhada. Seus livros já venderam mais de 200 mil exemplares no Brasil e foram traduzidos em oito países, incluindo Itália, Estados Unidos, França e Espanha. Hatoum é conhecido por misturar experiência e lembranças pessoais com o contexto sócio-cultural da Amazônia e do Oriente.

Deixo para vocês uma ótima lembrança. Tive o prazer de conhecer pessoalmente este grande escritor em abril de 2016, durante um encontro de mediadores de clubes de leitura, na Academia Paulista de Letras, aqui em São Paulo. Na foto abaixo, meu marido Zito, eu e Milton Hatoum. 

Recomendo muito este e todos os livros do Hatoum. Você conhece ? Já leu algum deles? Me conta.

Comentários

  1. OI, Claudia!

    Que legal esse encontro e a leitura. Esse ano eu vou ler o meu primeiro livro do Hatoum, e é A Noite da Espera. Estou cheia de expectativas para essa leitura. Não li na íntegra a sua resenha para não perder a surpresa, apenas o que vi que não ia atrapalhar a minha leitura.
    Abração,
    Drica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que legal Dri!!!
      Depois me conta o que achou.
      Minhas resenhas você pode ler tranquila, eu não dou spolier não...rs
      Depois leia os outros livros dele, são todos ótimos!
      Bjs, querida

      Excluir
  2. Que encontro maravilhoso menina, fiquei apaixonada pela obra e o assunto abordado, companhia das letras é uma das minhas editoras preferidas e gostei muito de saber a sua opinião, muito sucesso ao autor.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgs
      Tbe sou muito fã da Companhia das Letras e do Hatoum!!
      Bjs

      Excluir
  3. Oi Claudia,
    Não conhecia o autor, mas achei a capa do livro linda, diferente! Gostei muito da sua resenha e fiquei muito curiosa com a obra, vou anotar a dica.

    ResponderExcluir
  4. Ola
    Não conheço o autor nem a obra. Fiquei interessada pois comentou que os livros dele te levam a realmente se sentir em outros locais, gosto de livros assim. Se puder quero conferir.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura kriativa
    Http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Ainda não conhecia o livro, nem sabia que se tratava de uma trilogia. Fiquei curiosa para conferir esse livro, gosto de histórias assim.
    Dica anotada para conferir a leitura futuramente.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#TBRdeJunho

O que você pretende ler em junho? Você costuma fazer #TBR? Sabe o que é uma TBR? A sigla TBR significa To Be Read. Ou seja, são os livros que você deseja ler. Muitas pessoas montam suas TBR mensais. Confesso que não tinha o costume de fazer a minha, mas estou me aventurando. Alguns livros furam a fila, outros demoram um pouco mais para serem lidos e tudo bem, tenho esta flexibilidade. Estas são as leituras que programei para este mês! Pretendo acrescentar outros no decorrer do mês, mas a princípio estes são os livros que eu tenho certeza que vão me acompanhar:⁣⁣ ⁣⁣ 📖 Água fresca para as flores, Valérie Perrin, @intrinseca - para a nossa Leitura Coletiva MãeLiteratura #LCmaeliteratura⁣⁣ 📖 Na Estrada com o ex, Beth O´Leary, @intrinseca ⁣⁣- para o Clube da Leitura MãeLiteratura⁣⁣ 📖 Lar em chamas, Kamila Shamsie, @Grua_livros - para o #12livrospara2022 de junho 📖O que é que ele tem, Olívia Byington, @editora_objetiva, para o nosso Clube @CompanhiadasLetras deste mês⁣⁣ 📖 Maria Bonita,

Nossa Semana #22

Olá! Hoje eu quero te contar como foi a nossa semana por aqui. Uma semana com vários eventos lindos! Teve Clube da Leitura, musical, circo, muito trabalho, ótimas leituras e aconchego, semana de friozinho gostoso por aqui.   Eu amo organizar minhas leituras e estou usando o Diário de Leitura , que recebi em parceria com a Fina Folha Papelaria . Adoro os produtos desta papelaria mais que especial! Aqui um pouquinho das leituras desta semana. Com este tempinho frio, que eu amo, aproveito para fazer sopas. Adoro este tipo de jantar. Aqui uma sopa de grão de bico com calabresa. Ficou uma delícia. Na quarta feira tivemos a segunda discussão do nosso Projeto Jorge Amado, As Mulheres de Jorge Amado, em parceria com a Companhia das Letras. Discutimos o livro Dona Flor e seus dois maridos. Foi muito sensacional!   Na sexta feira, eu, a Letícia, minha irmã Fernanda e a Bia, minha sobrinha e afilhada, assistimos a reestreia de PETER PAN, O MUSICAL, no Teatro Alfa. Foi lindo!⁣  Leia o post complet