Pular para o conteúdo principal

Livro Digital: Marina Está o Contra (Editora Caixote)

Quando eu recebi o convite para conhecer este aplicativo, não sabia ao certo do que se tratava. Logo fiquei encantada! Ele é muito fofo, interessante e bacana.  O fato dele ser narrado pela cantora Tiê também me deixou muito feliz.  Acompanho com interesse sua carreira. Ano passado assisti um show lindo dela. Tiê que participa ainda da trilha sonora original.
O livro interativo Marina está do contra é a primeira edição digital do clássico moderno sueco Emma Tvärtemot (ou This is Betsy), escrito na década de 70 por Gunilla Wolde (1939-2015), e inédito no Brasil. 
A editora nos conta que Gunilla Wolde, que também foi ilustradora, começou a carreira como cartunista de sátiras políticas em revistas e jornais de Estocolmo. Além de várias reimpressões na Suécia, seus títulos foram traduzidos em mais de 14 línguas.
A chegada do título ao país, acontece antes mesmo da versão impressa do livro. Foram feitas animações a partir das ilustrações originais, nas quais as relações de oposição do texto, antes ilustradas em páginas duplas, agora são trabalhadas pelo movimento de virar o livro/tablet de ponta cabeça. O aplicativo conta ainda com  uma divertida ferramenta que permite adultos e crianças gravarem suas próprias narrações. Isso porque ele foi pensado para que pais e filhos compartilhem a leitura, o que fica claro não apenas nesta ferramenta, mas também na sua navegação inusitada, que deve ser ensinada por um adulto.

Sinopse: Marina é uma criança que está aprendendo várias coisas, como se vestir, comer sozinha, escovar os dentes, e tudo isso com muita liberdade e autonomia, característica que mostra que este é um texto à frente do seu tempo. “Esse título é o livro da infância de muitas pessoas há décadas e isso acontece muito provavelmente porque ele trata da primeira infância, fase extremamente rica em aprendizados, com proximidade e de um jeito divertido, sem se propor a instruir ou moralizar.”, observa a editora.
Além da experiência de leitura, o aplicativo vem também com uma boneca virtual da personagem, que permite à criança brincar com ela (vesti-la, dançar com ela, pentear seu cabelo, alimentá-la, etc.) sempre que quiser.
Marina está do contra tem classificação livre para crianças por não possuir acesso à internet, propaganda ou compras in-app.
Ficha Técnica:
Marina está do contra
Autora/ilustradora: Gunilda Wolde
Música: Tiê
Experiência de leitura + um jogo
App Store e Google Play em versão bilíngue – português e inglês.
Valor AppStore: U$ 2,99
Valor Google Play: R$ 2,99
Sobre a editora: Editora Caixote, vencedora do Prêmio Jabuti com Pequenos Grandes Contos de Verdade, no mercado de literatura infantil digital. Depois da premiada adaptação do livro do autor chinês Oamul Lu, a editora também lançou Quanto Bumbum! , de Isabel Malzoni, uma produção original que já surgiu como aplicativo e foi pensada como literatura multimodal.
Sobre a Webcore: Webcore Games é uma produtora que pensa, cria e desenvolve games para diversas plataformas e finalidades. Tem muitos apps e jogos infantis premiados e divertidos. 
Recebemos um presente e queremos compartilhar com vocês. Tem sorteio de um exemplar no nosso Instagram. Corre lá e participe você também!!

Comentários

  1. Me lembrei do tempo em que eu tinha um gravador e o usava para gravar minhas histórias: um diário falado. Foi um experiência legal por algum tempo. bacio

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#TBRdeJunho

O que você pretende ler em junho? Você costuma fazer #TBR? Sabe o que é uma TBR? A sigla TBR significa To Be Read. Ou seja, são os livros que você deseja ler. Muitas pessoas montam suas TBR mensais. Confesso que não tinha o costume de fazer a minha, mas estou me aventurando. Alguns livros furam a fila, outros demoram um pouco mais para serem lidos e tudo bem, tenho esta flexibilidade. Estas são as leituras que programei para este mês! Pretendo acrescentar outros no decorrer do mês, mas a princípio estes são os livros que eu tenho certeza que vão me acompanhar:⁣⁣ ⁣⁣ 📖 Água fresca para as flores, Valérie Perrin, @intrinseca - para a nossa Leitura Coletiva MãeLiteratura #LCmaeliteratura⁣⁣ 📖 Na Estrada com o ex, Beth O´Leary, @intrinseca ⁣⁣- para o Clube da Leitura MãeLiteratura⁣⁣ 📖 Lar em chamas, Kamila Shamsie, @Grua_livros - para o #12livrospara2022 de junho 📖O que é que ele tem, Olívia Byington, @editora_objetiva, para o nosso Clube @CompanhiadasLetras deste mês⁣⁣ 📖 Maria Bonita,

Nossa Semana #20

Olá! Hoje eu quero te contar como foi a nossa semana por aqui. Esta semana continuo fria! Chegou uma frente fria que derrubou as temperaturas por aqui e ela ainda não foi embora. Tivemos passeio encontros especiais, Clube da Leitura, ótimas leituras, academia quase todos os dias e muito trabalho . Você também sai carregada assim de casa? Olha eu na segunda feira! Marmita, sacola com material de trabalho, jaleco, mala de academia, porque se for para casa eu nao volto para malhar... Friozinho delícia! Eu amo! Zacarias bem quentinho de roupinha por aqui. Mesmo com o frio, fui a semana toda na academia, menos na sexta, pois acompanhei meu pai numa consulta. Lá dentro é bem quente, então treino de shorts e regata, mas na saída estava gelado, por isso, roupas quentinhas para ir casa e vamos que vamos. Esta semana, consegui aproveitar duas vezes, meia hora do meu almoço no trabalho, para ler. Amo estes momentos, são muito bons e me fazem muito bem. Da série, as alegrias que os livros me traze