Pular para o conteúdo principal

Clube da Leitura: A Noiva Jovem

Sábado foi dia do nosso Clube da Leitura. Este é sempre um momento muito especial e aguardado com expectativa o mês todo. Apesar da chuva e do frio, o grupo  estava animado e foi uma ótima discussão. Discutimos o livro A noiva Jovem, de Alessandro Baricco, Editora Alfaguara, do grupo Companhia das Letras.
Eu estava na maior ansiedade e imaginava que este seria um clube animado, pois esta foi uma leitura bem diferente. Foi um dos livros mais instigantes e provocadores que já lemos. Gerou até certo incômodo em algumas leitoras. O bacana do clube é justamente isso, discutir a cada mês um gênero diferente. Algumas participantes que não gostaram do livro, comentaram que pretendem relê-lo após nossa discussão. Foi um clube muito animado!
Este é o quarto livro do Baricco que leio e a cada vez ele me surpreende mais. A escrita dele é MARAVILHOSA! Fica nítido que ele se diverte escrevendo e só um escritor muito talentoso é capaz de escrever um livro como este.
Uma das coisas mais diferentes deste livro é que ele tem vários narradores e eles se alternam durante a trama. Numa atmosfera onírica, permeada por momentos intensa sensualidade, somos apresentados a uma família que se reúne todos os dias para lautos banquetes em forma de café da manhã. Os personagens principais não têm nomes, são o Pai, a Mãe, o Filho, a Filha, a Noiva Jovem e o Tio. Modesto é o mordomo, e outros personagens secundários também têm nomes próprios. 
Acho que o grande destaque do livro é o trabalho do próprio autor, é ele que roubou a cena na nossa discussão, muito mais que os personagens, pois nenhum deles tem profundidade e carisma suficiente para criar empatia ou nossa torcida por eles. E este é um dos destaques do livro. 
Outra coisa que me chamou muito a atenção, foi que a escrita de Baricco é tão poderosa que é muito fácil e nítido imaginar as cenas.  Isto tornou a leitura ainda mais interessante. Por exemplo, numa determinada cena, Modesto, o mordomo, abre cada quarto, anunciando o novo dia. Uma cena cotidiana, mas tão carregada de intensidade que me pareceu uma pintura, eu vi a cena nos seus menores detalhes, aliás, eu visualizei cada cena narrada por ele com deslumbramento.
Este é um livro carregado de simbolismos. A descoberta da sexualidade, a identificação da Noiva Jovem, os abusos sutilmente mostrados, as escolhas dos personagens, os segredos, representam vários universos dentro da estória. Uma mistura de conto de fadas com comédia nonsense, é assim que percebo esta trama. Acabei o livro pensando, Baricco, como você é danado e genial!
Composição da minha avaliação (cada item vale até 1 ponto): 
Capa: 1,00
Trama:1,00
Diagramação: 1,00
Desenvolvimento e narrativa: 1,00
Revisão: 1,00
Nota: 5,00 - Excelente
Eu achei a capa linda, ela representa a flor das noivas, e "engana" bem o leitor. Se você espera um romance tradicional, você terá uma grande surpresa. A diagramação surpreende e te conduz ao ritmo diferente elaborado pelo autor. Folhas amareladas e letras em tamanho confortável me agradaram. Não é uma leitura fluida e rápida, por vezes é densa e cria um clima muito peculiar a trama. A escrita do Baricco é muito, muito especial e bonita. Não é a toa que hoje é considero um grande escritor italiano, um dos mais talentosos.
Título: A Noiva Jovem
Autor: Alessandro Baricco
Ano: 2017 
Páginas: 160
Idioma: português 
Editora: Alfaguara
Sinopse: Itália, início do século XX. Uma jovem chega à mansão do noivo, a quem foi prometida, e é imediatamente acolhida por sua nobre família. Enquanto espera que o noivo volte da Inglaterra, ela é invadida pela excentricidade das pessoas e do lugar. Todos os dias, na mesma hora da manhã, o leal mordomo põe à mesa um extravagante desjejum, que dura até as três da tarde. Na casa, onde o tempo parece não passar, ninguém dorme. A jovem, sempre inquieta e curiosa, começa a ser apresentada aos segredos da misteriosa família. E, aos poucos, é tragada por um intrigante jogo de sedução. Neste elogiado A noiva jovem, o italiano Alessandro Baricco envolve o leitor numa atmosfera onírica e sensual.
Recomendo muito esta leitura! Leia e depois me conte o que achou. Mês que vem vamos ler e discutir Memória por correspondência, de Emma Reyes, Editora Companhia das Letras. 

Comentários

  1. Que delícia de post, minha cara.
    Ah, que delícia um clube de leitura e que delicia parece ser esse livro.
    Já anotei o nome e vai para o mês de setembro, porque agosto esta quase no fim e ainda não terminei os meus.

    bacio e uma ótima semana
    Ps. seu blogue tem feed por e-mail?

    ResponderExcluir
  2. Oi Clauo! Adorei o livro! Sempre fico aqui "babando" nos encontros do clube do livro, acho mesmo super interessante! Amo livros com boa escrita, acho interessante quando são vários os narradores! Se tem muitos segredos e um pouco da descoberta da sexualidade, achei ainda mais instigante, quero ler!
    Beijos!
    Karla Samira

    ResponderExcluir
  3. Oie, Clauo!!

    Que delícia esse encontro do Clube do Livro!
    Eu não conhecia o livro e achei interessante, ainda mais por dividir opiniões, fiquei curiosa.
    Já anotei aqui e pretendo ler também.

    bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç