Pular para o conteúdo principal

Livro: Confissões de um Adolescente Depressivo (Kevin Breel)

Hoje eu trago para vocês um livro interessante e muito importante, Confissões de um adolescente depressivo, de Kevin Breel, da nossa parceria Editora Seoman (Grupo Editorial Pensamento).
Este é um tema que sempre me interessa muito. Trabalho com adolescentes no consultório que já vivenciaram este problema tão sério, a depressão. Por isso quando soube deste lançamento, solicitei este livro rapidamente.
Kevin me surpreendeu positivamente. Esperei um livro pesado e embora o tema realmente seja, a forma como ele aborda a questão é bem interessante.
Narrado em primeira pessoa, o autor conta sua trajetória e experiência de vida.
Kevin nasceu numa cidade do Canadá, numa família classe média. Seus pais moravam na mesma casa, mas em andares diferentes. O pai de Kevin é uma figura apagada e problemática, que passava a maior parte do tempo no sofá tomando cerveja,quando não estava trabalhando. A mãe é uma figura importante e presente. Meiga e forte, amorosa e que se preocupa muito com Kevin. Ele tem ainda uma irmã mais velha. Esta irmã lhe presenteia com um caderno de couro e este caderno terá um importante papel na sua vida.
Kevin narra sua vida de adolescente comum, com suas crises, dúvidas e inseguranças. Um fato trágico acontece numa das férias, antes da passagem para o ensino médio. Jordan,seu melhor amigo, morre num acidente de carro e Kevin sente terrivelmente esta morte. A partir daí enfrenta a escola solitariamente. 
É impossível não se identificar com este adolescente, que sofre e passa por situações que todos nós em algum momento da vida enfrentamos.
Duas figuras masculinas importantes têm papel de destaque na história, dois "aconselhadores", psicólogos que tratam de Kevin em dois momentos diferentes da sua vida. O primeiro, logo após a morte de Jordan. Achei muito bacana a forma como Kevin explica sobre a terapia e qual foi seu papel na sua vida. Verdadeiro e honesto. Acredito que ajude muitos adolescentes que enfrentam a depressão e muitas vezes não sabem (ou não aceitam) que estão  deprimidos. 
O ponto alto do livro é quando Kevin decidir se matar e aí ele tem uma sacada muito, muito importante (isso não pode ser considerado spoiler, pois o autor conta sobre esta passagem no seu TED, veja abaixo no video). Naquele momento Kevin escreve uma carta de despedida para sua mãe e irmã. Nesta carta, ele relata toda sua angústia e seu processo depressivo. Para sua surpresa, percebe que fica muito tempo colocando no papel o que estava sentindo. Este processo catártico, foi na verdade o início da sua recuperação. é muito bonito e emocionante esta descoberta. Leiam! Vela muito a pena conhecer a trajetória de Kevin.
Composição da minha avaliação: (cada item vale até 1 ponto): 
Capa: 1,00
Trama: 1,00
Diagramação: 1,00
Desenvolvimento e narrativa: 1,00
Revisão: 1,00
Nota: 5,00 - Excelente 
Livro lido em parceria com a editora
Adicione o livro no SKOOB
Adorei a capa, em formato de caderno. Diagramação super caprichada! Letras em tamanho confortável para leitura. Páginas amarelas (amo), bom espaçamento. No final de cada capítulo, antes de começar outro, há uma nota de Kevin (que ele chame de um toque para mim mesmo). Adorei este detalhe. O livro é muito interessante e didático. Mesmo sendo um tema pesado, a forma como Kevin trabalha, o deixa mais leve e de fácil identificação.
Sinopse: Aos 19 anos, Kevin Breel tornou-se um fenômeno mundial com sua TED Talk. O mundo nunca tinha visto um garoto dessa idade falar sobre um tema tão pesado quanto a depressão suicida e com tamanha leveza, inteligência e consciência. Ele conta como um adolescente saudável e supostamente feliz, passou a lutar diariamente contra a depressão e o desejo de se matar. Este livro é um guia para sobreviver à depressão ou entender melhor quem a enfrenta na adolescência, escrito por alguém que atravessou a escuridão e agora lança mão do seu estilo único para trazer luz e esperança à vida de milhões de jovens e adolescentes.
Você pode comprar Confissões de um adolescente depressivo no site da Editora ou nas livrarias.
Neste livro Kevin sugere o site To Write Love on Her Arms, lá você encontrará muitos artigos e ajuda para temas como depressão e suicídio. 
Assista o TED de Kevin Breel, que se tornou um fenômeno de sucesso.


Comentários

  1. Oi Claudia, tudo bem.
    Muito obrigada pela resenha, adorei o tema e o seu relato deixou a gente com vontade de ler o livro.
    Amooooo livro, sempre compartilho nossas leituras infantil e as minhas lá no blog, quando encontro tempo para fazer uma resenha...rs Ou indico em algum post a leitura, quando tem alguma relação...
    Já coloquei essa leitura na minha lista de compra de livros... Comprei alguns, e quando acabar tenho minha listinha para comprar...rs
    Com certeza Kevin passou por momentos difíceis, mas ao encarar seus medos e desafios, acabou se saindo muito bem, e ainda tendo a oportunidade de ajudar outros jovens com sua biografia...
    Bjs grande,
    Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju!
      Que bacana.
      A nossa lista de livros não acaba nunca, ne?
      Você vai gostar deste!
      Bjs, querida

      Excluir
  2. Nossa, que indicação de livro fantástica... muitos pais passam por isto e nem têm idéia de como ajudar os filhos... super bacana! Indicação top... bjo

    ResponderExcluir
  3. Amei a dica. Tudo que envolve o assunto adolescência tem me interessado muito.
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também me interessa muito, Chris
      Leia e depois me conta
      Bjs, querida

      Excluir
  4. Gostei muito da dica Claudia. Vou anotar aqui.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç