Pular para o conteúdo principal

Passeio aos Templos Budistas #52semanasdegratidão

Esta semana foi muito especial por conta das mensagens e das visitas às amigas blogueiras que participam desta linda blogagem coletiva.
Vocês talvez não imaginem o tanto que tudo isto me faz bem...fico mais consciente do meu dia à dia, das minhas ações e reflexões. 
Pretendo intercalar temas com postagens da semana. Esta é minha idéia inicial. Para esta semana escolhi um tema específico, nossa visita a dois templos budistas. 
Não sou budista, mas o Oriente me fascina. Pratico yoga ha 30 anos, estou começando a meditar e tudo que diz respeito à espiritualidade me interessa.
Há tempos queria visitar estes dois templos, localizados pertinho de São Paulo. Hoje deu certo!  Fomos com nossos amigos da prática de yoga. Desta vez contei com a companhia da minha filha Letícia, que também pratica yoga . Foi um dia incrível, com muitos ensinamentos. Adoramos os templos, aprendemos um pouco mais sobre este universo tão rico e ainda desconhecido para nós.
A primeira parada foi no Templo Zu Lai. Chegamos cedo e conseguimos participar da aula de tai chi chuan, que é aberta ao público (acontece todos os domingos às 9 horas). Depois participamos de uma das cerimônias realizadas aos domingos, tratam-se de ritos tradicionais liturgicamente desenvolvidos por eminentes mestres do Budismo Chinês por meio dos quais recitamos sutras e mantras maaianas, há séculos preservados.
O templo é muito lindo! Conta com voluntários atenciosos que explicam os rituais. NÃO aceita nenhum tipo de cartão. É possível almoçar lá, tem também uma cafeteria e uma loja.
De lá seguimos para o Templo Odsal Ling. Um templo tibetano lindo, lindo, lindo! Meu preferido! Colorido, alegre, menor e com menos gente. Fizemos um tour, conhecemos a roda da oração, o espaço para meditação e a casa das lamparinas, lá pequenas lamparinas são acesas como pedidos de ajuda para pessoas doentes. 
Gosto muito do simbolismo destes templos. AMEI a visita e quero muito voltar. Almoçamos lá, a comida vegetariana é deliciosa e saudável. Aos domingo às 8 horas tem meditação para iniciantes (quero participar da próxima vez) e eles fazem vários retiros nos finais de semana. 
Terminamos as visitas energizadas! Foi muito bom. Fizemos um #bateevolta delicioso! Vale muito a pena este tipo de passeio. Só não esqueça de levar dinheiro, pois ambos os templos não aceitam  cartões. No Odsal Ling eles aceitam transferência bancária e é preciso reservar o almoço com antecedência.

Este post faz parte da BC #52semanasdegratidão, passa lá no blog da Elaine Gaspareto e veja no mural quanta gratidão!


Comentários

  1. Olá Claúdia. Que roteiro maravilhoso. É uma excelente oportunidade para tomarmos contato com a cultura oriental e toda a espiritualidade que ela promove. Valeu a dica. Obrigada. Receba meu abraço, desejando-lhe uma semana iluminada e plena de paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mazza!
      Sim, este contato é sempre maravilhoso!
      Bjs e uma ótima semana também

      Excluir
  2. Muito legal sua dica. É enriquecedor conhecer outras formas bem diferentes de espiritualização. Dá impressão que se está na própria China. Sem dúvida a cultura oriental é riquíssima e não apresenta esta dualidade da ocidental de separação de corpo e alma.
    http:www.informativogirassol.blog.br

    ResponderExcluir
  3. Cláudia,

    Quanto aprendizado nessas visitas aos templos budistas.
    As imagens são lindas.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Claudia que momento maravilhoso!
    Fique nessa vibe para iniciar bem a semana.
    bj
    Sônia
    www.lugaresdicasecuriosidades.com

    ResponderExcluir
  5. Clauo!!

    Que delícia de post!! Eu amei!
    Vou começar a fazer yoga em fevereiro e agora fiquei mais entusiasmada ainda.
    Adorei as fotos dos templos, eu quero muito visitar um e vou levar as duas dicas que você passou.

    bjs
    Fernanda

    ResponderExcluir
  6. Olá Claudia,
    Que lindos estes templos e uma visita a eles realmente nos recarrega as energias!
    Aproveito para te convidar para uma visita ao meu blog, lá eu também mostro alguns templos budistas (Foz do Iguaçu(BR) e na Índia, próx. ao Tibet)
    Beijos,
    Ana
    www.viagensebeleza.com

    ResponderExcluir
  7. Boa noite, querida Cláudia!
    Já tinha visto fotos desse templo noutra amiga e achei um lugar de paz... já fiz yoga também...
    Exercícios relaxantes nos fazem muito bem ao espírito...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  8. Olá! Que delícia seus passeios pelos templos budistas! Eu visitei apenas um, quando fui a Foz do Iguaçu/PR e me senti muito bem lá. Quanto à yoga, vivo dizendo que quero começar, mas nunca acho tempo. Qualquer dia eu vou!
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Cláudia!
    Muito legal seu tour pelos templos budistas!
    Gosto muito da arquitetura orienatal. Acho linda!
    Bjoooo....
    https://devaneiosdocotidianoo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#TBRdeJunho

O que você pretende ler em junho? Você costuma fazer #TBR? Sabe o que é uma TBR? A sigla TBR significa To Be Read. Ou seja, são os livros que você deseja ler. Muitas pessoas montam suas TBR mensais. Confesso que não tinha o costume de fazer a minha, mas estou me aventurando. Alguns livros furam a fila, outros demoram um pouco mais para serem lidos e tudo bem, tenho esta flexibilidade. Estas são as leituras que programei para este mês! Pretendo acrescentar outros no decorrer do mês, mas a princípio estes são os livros que eu tenho certeza que vão me acompanhar:⁣⁣ ⁣⁣ 📖 Água fresca para as flores, Valérie Perrin, @intrinseca - para a nossa Leitura Coletiva MãeLiteratura #LCmaeliteratura⁣⁣ 📖 Na Estrada com o ex, Beth O´Leary, @intrinseca ⁣⁣- para o Clube da Leitura MãeLiteratura⁣⁣ 📖 Lar em chamas, Kamila Shamsie, @Grua_livros - para o #12livrospara2022 de junho 📖O que é que ele tem, Olívia Byington, @editora_objetiva, para o nosso Clube @CompanhiadasLetras deste mês⁣⁣ 📖 Maria Bonita,

Nossa Semana #20

Olá! Hoje eu quero te contar como foi a nossa semana por aqui. Esta semana continuo fria! Chegou uma frente fria que derrubou as temperaturas por aqui e ela ainda não foi embora. Tivemos passeio encontros especiais, Clube da Leitura, ótimas leituras, academia quase todos os dias e muito trabalho . Você também sai carregada assim de casa? Olha eu na segunda feira! Marmita, sacola com material de trabalho, jaleco, mala de academia, porque se for para casa eu nao volto para malhar... Friozinho delícia! Eu amo! Zacarias bem quentinho de roupinha por aqui. Mesmo com o frio, fui a semana toda na academia, menos na sexta, pois acompanhei meu pai numa consulta. Lá dentro é bem quente, então treino de shorts e regata, mas na saída estava gelado, por isso, roupas quentinhas para ir casa e vamos que vamos. Esta semana, consegui aproveitar duas vezes, meia hora do meu almoço no trabalho, para ler. Amo estes momentos, são muito bons e me fazem muito bem. Da série, as alegrias que os livros me traze