Filme: Mentes Extraordinárias | Califórnia Filmes

  🎞️ Este é um filme muito especial e diferente! Leve, divertido e ao mesmo tempo reflexivo, simplesmente me deixou encantada. 🎥 Participei da Cabine de imprensa da Califórnia Filmes , de MENTES EXTRAORDINÁRIAS, que após enorme sucesso no Festival Varilux de Cinema Francês, chega por aqui. O longa estreia nos cinemas brasileiros hoje, 19 de maio, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Brasília e Niterói. 🎞️ Louis trabalha como agente funerário e num acidente sem graves consequências, atropela Igor, que tem paralisia cerebral e trabalha com seu triciclo, fazendo entregas de produtos orgânicos. 🎥 Igor vive a vida de forma muito positiva e bem humorada. É sempre muito educado e surpreende as pessoas com suas citações sobre filosofia. Louis é reservado e focado no seu trabalho. Juntos, vão viajar de Lausanne para o sul da França num carro funerário. 🎞️ Um filme sobre vida e morte, descobertas e redescobertas. 🎥 Adorei as paisagens, as músicas e a sintonia dos doi

Inutilezas - Teatro

Fomos conferir a estréia da peça Inutilezas, escrita e interpretada pela jornalista e atriz Bianca Ramoneda, que contracena com Gabriel Braga Nunes, no Teatro MorumbiShopping.
Foi uma experiência diferente e muito bacana. O texto é baseado na poesia de Manuel de Barros, o que dá um tom diferente do que normalmente encontramos no teatro.
Gostei muito da peça. Fiquei encantada com a interpretação dos atores. 

Bianca e Gabriel estão muito à vontade no palco. Temos momentos lúdicos, momentos engraçados, momentos musicais. Me chamou a atenção a capacidade de memorização da dupla, que mantém num ritmo afiado e fluido, a interpretação da poesia deste grande poeta brasileiro.
Gostei muito do cenário, da iluminação, dos figurinos e do desempenho dos atores. A participação do músico Chico OIiveira, proporciona à peça mais um elemento diferente e especial.

Sinopse: Com roteiro de Bianca Ramoneda criado exclusivamente a partir dos textos de Manoel de Barros, a peça conta a possível história das memórias de um casal de irmãos que passou a infância num lugar chamado de “lacuna de gente”. Protegidos pelo abandono, fizeram da invenção suas ferramentas de pensar e brincar. E do que não serve para nada, sua matéria de poesia.
A peça pode contar também a possível história de uma dupla de atores que se reúne para transformar poesia em teatro, num jogo de cena que aposta na força da palavra e no espírito lúdico. Esta é uma nova montagem, de um trabalho realizado pela mesma equipe em 2002, quando recebeu a benção do poeta, que não só aprovou o projeto como adorou a montagem.
Ficha Técnica:
De: Manoel de Barros
Direção: Moacir Chaves
Músico convidado: Chico Oliveira

Serviço:
Temporada: 29 de outubro a 27 de novembro
Sábado, às 20h; Domingo, às 18h
Duração: 50 minutos
Classificação etária: 12 anos


Comentários