Pular para o conteúdo principal

12 Livros, 12 Receitas, 12 Países - Desafio Literário 2014 - Fevereiro



Atrasada para este desafio...
Para quem não conhece, consiste em publicar uma resenha de um livro e uma receita típica do país do autor escolhido. Não vale repetir a nacionalidade nos meses seguintes. Mês passado, escolhemos a Arábia Saudita, me empolguei e fiz um jantar completo! Fevereiro foi tão corrido que atrasei a produção e escolhi só um doce.
Para este mês escolhi o livro Bom de Briga, de Markus Zusak, o autor da Menina que Roubava Livros.
Markus é australiano, nascido em Sydney, em 23 de junho de 1975.




Este é o segundo livro da trilogia. Achei melhor que o primeiro, mais dinâmico e empolgante (o terceiro que acabei de ler é muito bonito e mais romântico).
Mais uma vez as figuras centrais são os irmãos Ruben e Cameron Wolfe.
Não tem como não gostar do Cameron, meu preferido nas estórias. Um adolescente como outro qualquer, que sonha, enfrenta dilemas, expectativas e algumas frustrações.
Neste livro, Cameron convive com o segundo lugar, porque seu irmão é o melhor de briga, que vence todas as lutas que participa. O irmão também é o galã, aquele que faz o maior sucesso com as meninas. Mesmo com tudo caminhando para uma grande rivalidade, onde a inveja e a competição poderiam causar grandes estragos, Cameron se destaca por ser o irmão bacana, gentil, camarada, generoso, de bom coração.
Você torce para que ele se dê bem na trama. Os diálogos são bons, os pensamentos do adolescente também.
Um livro gostoso de ler. Este eu li bem rápido porque queria muito saber o que aconteceria no campeonato de luta. Destaque para as relações familiares. Um ponto que me divertiu no livro foi o relacionamento dos irmãos com Mify, o cachorro do vizinho. Muito bom!
Gostei da capa, da diagramação. Texto impecável, sem erros.

Sinopse - Bom de Briga - Trilogia Irmãos Wolfe - Livro 02 - Markus Zusak

Na continuação do sucesso O azarão, Markus Zusak apresenta o emocionante Bom de briga. Se no primeiro título o autor traz um romance de formação de um jovem incorrigível, infeliz consigo mesmo e com sua vida, agora ele exibe dois irmãos em busca de um propósito na vida. Bom de briga retrata a evolução dos irmãos Cameron e Ruben Wolfe como seres humanos. No primeiro livro, a dupla estava sempre atrás de algo errado para fazer. Dessa vez eles entram no mundo das lutas amadoras de boxe, buscando independência para suas vidas. Enquanto Ruben mostra um talento nato para a coisa, o outro tenta apenas sobreviver. Tudo que é ruim é normal no dia a dia da família Wolfe - como os silêncios, as brigas, a pobreza, a mediocridade. Eles já se acostumaram com isso e sempre têm uma justificativa para tanto. Cameron, o mais novo, é o exemplo do jovem batalhador. Desde cedo apanha e se levanta, mostrando que o que importa não é a força da pancada, mas se você tem a força necessária para se reerguer.

Nota: 4/5

Escolhi para nossa receita uma sobremesa típica da Austrália, Brownie Australiano.
Fiz uma adaptação, pois na receita original levava macadâmia, como a belezinha custava apenas 131 dilmas o quilo, acreditam nisso?! Uóttiiii??? Substitui por castanhas do pará (que também não são muito em conta, mas eu tinha em casa). Então a receita ficou abrasileirada!
Anota aí:

 Brownie Australiano

INGREDIENTES
6 colheres de sopa de chocolate em pó
1 e 1/2 xícaras de açúcar
1 xícara de farinha de trigo
3/4 xicara de castanha picada
100 g de manteiga derretida
2 ovos grandes
1 colher de chá de essência de baunilha
MODO DE PREPARO
Numa tigela misture todos os ingredientes secos (açúcar, farinha, castanha e chocolate)
Derreta a manteiga sem deixar ferver
Bata os ovos levemente com um garfo
Despeje aos poucos os ingredientes molhados (ovos, manteiga e baunilha) na tigela dos secos
Misture bem até formar uma massa
Despeje numa forma retangular untada até ficar uniforme
Coloque no forno pré aquecido por exatos 30 minutos
Informações Adicionais

Obs.: A castanha pode ser substituída por nozes.
Dica: dobrei a receita porque ela não rende muito. 



Ficou uma delícia!


Comentários

  1. O brownie parece ótimo!
    Deve ser uma loucura com macadâmias... mas eu nunca vi para vender aqui, mesmo em empórios. =/

    ResponderExcluir
  2. Humm, parece uma delícia.

    E fiquei com vontade de ler o livro também ;)

    ResponderExcluir
  3. Hummm... amei a receita de brownie! Amo tudo que leva chocolate!
    E esse livro não conhecia. Parece que é bom, mas um tanto adolescente demais, não é? Eu nunca li nada desse autor. :(
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  4. Humm...e quentinho então....vixie Maria..que delicia!!!
    Brownie quentinho com um bom livro....combinação perfeita Clau!!
    Bjks!

    ResponderExcluir
  5. Brownie! Com macadâmia, castanha-do-pará, nozes... não tem como dar errado. :)
    Ah... e quero ler essa trilogia também.
    bjo

    ResponderExcluir
  6. Você gosta de desafios, hein?! Que legal.
    O q eu achei engraçado foi o preço, 131 dilmas, kkkk. Cada preço absurdo, vale ouro!
    Bjs.
    Di Rodrigues

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

Até 2023, BEDA!!

  O mês acabou ontem e com ele comemoro o encerramento de mais uma participação no  BEDA ! Você já ouviu falar ou participou de algum BEDA? Sabe o que significa? BEDA é a abreviatura de  B log  E very  D ay  A ugust. Este desafio pode acontecer duas vezes por ano, sempre em abril e/ou em agosto.  Durante todo este mês de agosto tivemos posts diários aqui no blog. Foi uma edição diferente. No geral foi bem bacana, mas confesso que por umas três vezes pensei em desistir. Eu sabia que seria uma edição mais trabalhosa e difícil, por causa do momento que vivencio. Confesso que "roubei" um tanto na proposta. Fiz um post por dia, ou o equivalente a ele, mas algumas vezes postei de forma retroativa. Mesmo assim acho que valeu e muito! Fiquei mais motivada, coloquei várias resenhas que aguardavam a publicação, em ordem. Uma das coisas que mais me chama a atenção é o alcance que estas postagens têm. Este mês aumentei muito o número de visualizações no BLOG. Eu acredito que isso aconteç

#EsmalteseLivros - Agosto

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Escolhas da Dani:  O esmaltes e livros desse mês vem com o tema: Bebidas! E eu só poderia trazer algo relacionado ao vinho pois gosto muito. E esse é a cara do blog pois é