Pular para o conteúdo principal

As Vantagens de Ser Invisível: Desafio Literário 2013

Este é o segundo livro que eu li para o desafio deste mês (maio) do Desafio Literário 2013
Foi citado no filme High School Band, onde a personagem de Vanessa Hudgens aparece lendo o livro, segundo o blog Estranho Mundinho Insano.


Sinopse - As Vantagens de Ser Invisível - Stephen Chbosky

Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, o livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta ao amigo nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.
As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.
Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo. Skoob.


Decepcionada...foi assim que terminei o livro. 
Tinha uma expectativa que este livro seria bem legal e muito interessante, já que a sinopse era bem boa. 
Charlie narra através de cartas várias situações, sentimentos e conflitos de sua vida. Minha impressão é que tudo ficou bem solto e meio sem sentido. No final não entendi nem a quem eram endereçadas as cartas.
Esperava mais e acho que o potencial do livro não foi bem explorado e a estória ficou bem superficial. 
Me surpreendeu a classificação da biblioteca, que o indica na categoria de 11 a 17 anos. Não que eu seja puritana (longe disso) mas acho que as citações de relacionamento homossexual e drogas, entre outras, pegam um pouco pesado para a galerinha de 11 anos...
Adorei a capa, que aliás eu acho que é a coisa que mais chama atenção no livro.

Nota: 2/5


Este livro cumpre o tema do mês de maio do desafio literário 2013 que é ler um livro citado em filme. 

Comentários

  1. Nossa, vi o filme no avião ontem e fiquei super curiosa com o livro. Será um raro caso de filme melhor que livro? x

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. me falaram mesmo que o filme é infinitamente melhor

      Excluir
  2. Olá! Primeiro obrigada por citar e linkar o meu blog. =D


    Beeem, eu tive o mesmo problema que vc com este livro. as coisas realmente pareceram tão jogadas e nada daquilo era aprofundado. Fiquei irritado, porque minha expectativa realmente era grande. =/
    Eram tantos blogs elogiando, talvez eles estivessem contaminados pelo filme talvez.

    ResponderExcluir
  3. Oi Clau..to c um livro pela metaa faz 1 mês e n acho tempo o terminar..owww..agora lendo seu post me deu dor na consciência..rsrs..vou dar uma pausa hj na net e me dedicar a ele um tiquim hj..rs
    bjs e ótimo feriado!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Claudia... pelo que tenho acompanhado nos blogs literários esse livro está fazendo a cabeça do pessoal mais jovem. Quando a classificação 11 anos também acho que o conteúdo não é tão apropriado, apesar de não ter lido o livro ainda.
    Marina me foi um livro muito querido, principalmente sobre o 'segredo do fundo da alma'..
    Beijos

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
  5. Oi Clauo,
    Obrigada pelo aviso!
    Foi muito útil!
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Clau!
    Valeu o aviso! Esse livro anda bombando entre a galerinha mais jovem, mas temos que lembrar que eles não tem a bagagem de leitura que nós temos e estão acostumados demais com esses enlatados... Já vi que é um livro para eu não perder meu tempo! Tks a lot!

    ResponderExcluir
  7. Oi Clau! Acabei de comprar o livro do Dr. Alfredo Halpern. O vendedor queria me empurrar dois livros do Dukan no lugar desse. Mas como detesto a dieta Dukan comprei o que vc me indicou. Quando terminar de ler te falo.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Oi Claudia, depois de um longe periodo, estou retomando minhas visitas.
    Saudades de voce, aliás, de todos. Andei meio doente, não podia ficar muito tempo sentada, problemas na coluna lombar.
    Agora estou melhor.
    Fico muito irritada quando não gosto de um livro.
    Simplesmente não continuo a leitura, que para mim tem que ser extremamente agradável e deve acrescentar algo à minha vida.
    Voce até que é corajosa e leu até o fim.
    Um grande beijo minha querida, voltarei mais.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Clau!
    Eu li o livro e vi o filme, nessa ordem. Gostei de ambos. É fácil entender porque os adolescentes se identificam com ele. Na verdade, acho que qualquer um que tenha vivido esse período consegue se identificar um pouco. Mas concordo com você que essa classificação "11 a 17" não é muito boa. Há uma grande diferença de experiências entre essas idades. Pena que você não curtiu :(
    Mas gostei de saber que você leu 2 livros este mês para o DL. Parabéns!
    bjo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Maravilhoso Bistrô Francês | #12LivrosPara2021 | Julho

  Olá! Hoje é dia da TAG #12LivrosPara2021. Esta TAG é uma parceria com os blogs  Mundinho da Hanna  e  Pacote Literário . Todo dia 12 de 2021 postarei a resenha de um livro que estava na minha biblioteca aguardando a leitura. A ideia é ler livros que são meus e esperam na fila de leitura. Se você quiser relembrar as postagens de 2020 é só clicar  aqui . Este é o livro de julho da nossa TAG #12livrospara2021. Que surpresa boa! Eu adorei esta leitura. Um livro que me proporcionou duas viagens, uma pela Bretanha, localizada na França, que tenho muita vontade de conhecer. Outra viagem foi muito especial, acompanhar o mergulho da personagem no seu próprio universo, por ela desconhecido. O livro começa com Marianne Messmann tentando se matar ao pular no Rio Sena, numa viagem à Paris com seu marido. Marianne vive um casamento sufocante, sem graça e sem afeto. Ela é resgatada por um pescador e levada à um hospital. Lá encontra um azulejo pintado de um porto francês e se encanta com a paisagem

#EsmalteseLivros - Junho

  Olá!! Hoje é dia da nossa querida postagem TAG Esmaltes e Livros. Este ano conto com participações super especiais.  Além das nossas postagens mensais aqui no blog, você pode participar e seguir a TAG #esmalteselivros no Instagram e nas redes sociais. Continuamos com as duas formas de usar a TAG. Você pode simplesmente combinar o esmalte com o livro que você está lendo. Se quiser também pode participar do nosso DESAFIO TEMÁTICO. A cada mês teremos um tema diferente, que você pode usar de "fundo" para a sua foto. Ou pode combinar a capa com o nome do esmalte, você que escolhe como prefere criar suas composições de fotos. Aqui no BLOG a postagem vai ao ar sempre na terceira segunda-feira do mês. Esmaltamos as unhas, lemos ótimos livros, tiramos fotos legais. Participe você também, vou adorar sua companhia! Escolhas da  Leticia :  "O esmalte é  o Tapete Vermelho, da @esmaltecolorama. Fácil de passar, gosto de passar três mãos pra não ficar muito transparente. O livro é o

Nossa Semana #23

  Olá! Hoje eu quero te contar como foi a nossa semana 23ª. Uma semana movimentada! Teve Clube da Leitura, evento literário, muito trabalho, ótimas leituras e aconchego, o friozinho gostoso continuou por aqui. Participei da Cabine de imprensa do filme Um Broto Legal, da Pandora Filmes e adorei! Tem resenha dele aqui . Na quarta feira tivemos a primeira discussão do nosso amada Clube MãeLiteratura em parceria com a Editora Intrínseca. O livro escolhido é Na Estrada com o ex. Foi uma discussão muito bacana. Enquanto trabalho de casa, tenho a companhia super especial do Zacarias. Meu amor, meu grudinho, meu companheirão, fica sempre pertinho, roncando e brincando com seu amiguinhos. Eu e a Fernanda, minha irmã, voltamos ao cinema, 36 anos depois de ver o primeiro filme, para assistir Top Gun: Maverick.  Que filme! Amamos! Amamos! Amamos! Tenho experimentado um ritual toda noite que me faz muito bem. Vou pra cama cedo, fico lendo, tomo meu chazinho e relaxo, me recuperando dos dias agitado