Eu Li: De Espaços Abandonados


Olá!
Hoje trago a resenha do livro De Espaços Abandonados, de Luisa Geisler, lançamento da nossa parceira, a Editora Companhia das Letras.


Sinopse
De espaços abandonados é um mosaico narrativo de várias vozes, um livro sobre procurar alguém e se perder no processo. Nele, Luisa Geisler constrói com maestria uma trama complexa com personagens envolventes que desafiam os limites das páginas. Maria Alice é introspectiva e míope; muito míope. Sua mãe, que sofria de distúrbio bipolar, desapareceu sem deixar pistas, e Maria Alice está disposta a viajar o mundo para reencontrá-la. Posts em um blog sobre espaços abandonados e exploração urbana a levam a Dublin, onde passa a viver com brasileiros que decidiram ganhar a vida no exterior, mas que perderam (ou ignoraram) o rumo. Em sua incerta busca, ela acaba seguindo o próprio desejo de se perder. Ao mesclar cartas, trechos de livros, manuais de escrita, depoimentos e arquivos perdidos em computadores, Luisa Geisler costura a vida de uma série de brasileiros autoexilados na Irlanda, em busca de um futuro melhor, ainda que não saibam o que procuram. Este livro não traça apenas a jornada de uma mulher em busca da mãe. Ele refaz, também, a história de personagens perdidas, que buscaram uma vida melhor em outros países, mas acabaram reencontrando antigos problemas nelas mesmas. São pessoas que por anos ouviram histórias sobre ganhar em euro e a mítica da sorte irlandesa, mas que agora estão entre tentar achar uma forma de fugir da vida ou encará-la de frente.

Minhas Impressões
Quando eu soube deste lançamento, fiquei muito curiosa para ler. É a primeira vez que eu leio um livro da Luísa e foi uma leitura muito diferente. Eu já sabia que seria um livro fora do que eu estou habituada, mas realmente foi ainda mais diferente do que imaginei. Me senti perdida durante a leitura, assim como Maria Alice, a protagonista desta intrincada trama. Não foi uma leitura fácil, não foi uma leitura muito agradável. Na verdade foi uma leitura bem pesada, mas também foi muito interessante.

Este livro funcionou como um caleidoscópio, formando imagens e também pensamentos. Sempre fui fascinada por eles, despertam curiosidade e imagens belíssimas, que me fazem viajar. O livro me despertou isso também, várias sensações como estranheza, incômodo, perturbação, solidão. Gosto de livros que me tiram da minha zona de conforto, que me trazem novos tipos de vivência, com sensações diferentes.

O livro conta a história de Maria Alice que vai para Irlanda a procura da sua mãe. Imagina que ela está naquele país por causa de um blog que acompanhava e que imaginou que a autora fosse sua mãe. A primeira parte do livro eu achei mais fácil de acompanhar e fluiu bem. Nesta parte, Caio, o irmão da Maria Alice, a procura pela Irlanda através de entrevista e conversas por e-mail com várias pessoas que moram lá, estas pessoas dão as mais variadas respostas a ele. Encontrei um livro dentro do outro, pois a segunda parte "ensina o leitor"  técnicas para escrever um livro e ao mesmo tempo vai narrando os episódios do dia a dia dos personagens. Senti dificuldade em identificar de quem eram as vozes do texto e me incomodou esta sensação de estar perdida na leitura. Por vezes as vozes eram da Maria Alice, por vezes da Bruna, uma colega que morava com ela, ou ainda do Maicon, que parece ter se suicidado (ou não!).

Luísa escreve muito bem, embora jovem, já é uma escritora experiente e premiada. Aos 19 anos ganhou seu primeiro prêmio Sesc de Literatura, na categoria Contos. De Espaços abertos é seu quarto livro.



Sobre o livro
Adorei a capa, é muito bonita e traduz a mensagem do livro, traz para o leitor a idéia de um caleidoscópio, ou de jogo de memórias. A diagramação é ótima, páginas amarelas, letras em tamanho confortável, bom espaçamento, revisão impecável. 
 A leitura  é muito diferente e interessante. Destaque para a escrita da Luisa, muito boa. Companhia das Letras arrasou nesta bonita edição.


De Espaços Abandonados
Autor: Luisa Geisler
Ano: 2018
Páginas: 416
Editora: Companhia das Letras
Livro cedido pela editora
Adicione no Skoob

Comentários

  1. Oie, Clauo!
    Adorei a capa desse livro e acho tão bom quando a gente sai um pouco da zona de conforto e lê algo diferente.
    Só essa parte das vozes que me deixou um pouco receosa, teve um livro da Lygia Fagundes que tive essa sensação, fiquei um pouco perdida no começo, mas depois consegui me habituar e identificar cada personagem.
    Valeu a dica!

    bjss

    ResponderExcluir
  2. Oi Clau!!!
    Não gosto de ficar perdida na leitura...Detesto me perder!!! Mesmo assim a história parece bem interessante...Não conheço a autora, portanto, vai para o caderninho...
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá :D
    Esse livro me chamou a atenção já pela capa; aí quando li a sinopse, fiquei bem curiosa e receosa ao mesmo tempo, pois sei que não será uma leitura fácil, como você comentou. Mas ainda assim, espero poder ler ele em breve.
    Adorei saber mais sobre a história e suas impressões dela.
    Beijinhos, boa semana e parabéns pela resenha!
    Isabelle - https://blogalgodotipo.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário