Eu Assisti: Tudo Que Quero - Imagem Filmes

Eu Li: Toda Luz Que Não Podemos Ver, Anthony Doerr

Olá!!
Hoje trago para vocês um livro INCRÍVEL! Um dos melhores romances que li nos últimos tempos. Toda Luz que não podemos ver entrou definitivamente para meus preferidos!
Eu acredito que cada livro tenha seu momento para ser lido. Normalmente são eles que me escolhem e não o contrário. Eu ganhei este livro há dois anos no meu aniversário, de uma pessoa muito querida. Apesar de curiosa pela sinopse, só agora li, ou melhor devorei este livro.
Que livro MARAVILHOSO! Este romance vigoroso, merecidamente recebeu o Prêmio Pulitzer 2015 de melhor ficção. 
Marie-Laurie é uma menina cega que mora com seu pai em Paris. Vamos acompanhar sua trajetória, bem como do alemão Werner, no decorrer da segunda guerra mundial.  Eu AMO livros sobre o  holocausto.  Um livro muito bem escrito, uma trama fascinante. Prendeu minha atenção do início ao fim. Tendo a segunda guerra mundial como pano de fundo, acompanhamos as lutas e sofrimentos destes personagens e dos personagens que conviveram com eles. 
Sinopse: Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu. Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial: descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial. Uma história arrebatadora contada de forma fascinante. Com incrível habilidade para combinar lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, o premiado autor Anthony Doerr constrói, em Toda luz que não podemos ver, um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.

Ficha técnica:
Título:  Toda Luz Que Não Podemos Ver 
Autor: Anthony Doerr
Ano: 2015 
Páginas: 528
Idioma: português
Editora: Intrínseca

Composição da minha avaliação:(cada item vale até 1 ponto): 
Capa: 1,00
Trama: 1,00
Diagramação: 1,00
Desenvolvimento e narrativa: 1,00
Revisão: 1,00
Nota: 5,00 - Excelente - favoritado
Adicione o livro no Skoob
A capa é linda! Diagramação impecável da Intrínseca. Letras em tamanho confortável, bom espaçamento, páginas amarelas. Adorei a forma como o autor trabalhou em capítulos curtos,  isto faz com que a trama, pesada fique mais leve e a leitura fluida. Apesar do livro ter 528 páginas a leitura é rápida, a escrita do Anthony Doerr é muito interessante. O livro tem um ritmo muito bom. Gostei muito também da forma como ele alternou não só as histórias dos dois personagens, como também os anos que antecedem e durante a guerra. Os capítulos são intercalados e entre eles, Doerr volta na trama para explicar os acontecimentos. Esta estratégia deixa a leitura muito atraente e prende a atenção do leitor. Também me chamou atenção o fato do autor ter trazido a trama até os dias atuais. A ambição representada por um sargento-mór alemão, especialista em jóias, mostra um lado terrível da guerra, a apropriação de milhares de jóias, telas e outros tesouros confiscados pelos alemães. Outro fato que Doer aborda com sutileza é como outros povos viam os alemães depois da guerra. Ingredientes como ternura, ingenuidade, valores, bondade, maldade, amizade, proteção e superação fazem parte deste grande livro.
Livro bom é aquele que te deixa com saudades dos personagens e foi exatamente isso que aconteceu comigo nesta leitura. Impossível não se identificar e se emocionar com os personagens, torcer por eles, acompanhar com atenção o desenrolar da trama.
Se você gosta de um bom romance e de livros sobre o Holocausto, não pode deixar de ler Toda luz que não podemos ver. Entrou para meu grupo de preferidos junto com Trem dos órfãos, A Vida em tons de cinza, A Chave de Sarah e Jardim de Inverno. Super recomendo esta leitura! Leia! Me conte o que achou.

Este livro cumpre três dos meus desafios literários: o do #projetocalhamaços (ler um livro com  mais de 500 páginas), o #12livrospara 2018 e o desafio do grupo Diário de Leitura - ler um livro premiado.

Comentários

  1. Oi, tudo bem ?
    Já havia visto esse livro em algum lugar, mas não sabia muito a respeito.
    Fiquei super curiosa!
    Amei as fotos e sua resenha está maravilhosa!
    Obrigada pela dica!
    Beeeeeeeeeijos :*

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bom?
    Já conhecia esse livro faz um bom tempo, e ele sempre me despertou curiosidade! Fico feliz em saber que você curtiu a obra, aliás, adorei a foto com o cachorrinho <3 Bom, eu li o primeiro capítulo e gostei, estou só esperando uma promoção para poder adquiri-lo!

    Abraços,
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  3. Eu amo esse livro e foi um dos meus favoritos de 2017. É lindo, a história é maravilhosa e achei muito legal o fato do pai da Marie não a fazer de coitadinha por ser cega, ainda mais numa sociedade em que tudo era motivo para isolar "alguém diferente". E não apenas a menina sobreviveu a guerra, como foi parar num museu que sou doida para conhecer, e na minha profissão ainda por cima. Não me faltam motivos para me apaixonar cada vez mais por esse livro! =)
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Nossa, apesar de ter sido lançado há um bom tempo, não fazia ideia do que se tratava. É uma premissa linda, também gosto de livros sobre o holocausto e vejo que esse trata bem do assunto. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  5. Ola, esse livro esta na minha lista a muito tempo. Mais eu não comprei o livro ainda eu amei a resenha

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Quando esse livro estava em pré-venda muitos booktubers estavam loucos para ler,uns amaram e outros ficaram decepcionados.
    Eu não sei o que dizer pois ainda não li e gosto de forma minha opinião,mas é um livro que me chama atenção por ser de segunda guerra mundial.
    Pela sua resenha você realmente amou o livro e vai levar para sua vida inteira.
    Que bom que amou tanto.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Já me deparei com esta obra por varias vezes, mas nunca havia me dado ao trabalho de ler a sinopse.
    Gostei bastante de saber sobre a obra aqui. Sobre sua premiação, enredo e principalmente saber sua opinião sobre tal.
    Parabéns pela resenha e obrigado pela dica!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário