O Natal do Encontro no Shopping Lar Center!!

Sorrir & Avião: Desafio Imagem/Palavra!

Era uma vez uma menininha sonhadora, que sempre amou aviões e viajar. Este amor não veio do nada, mas sim do exemplo do seu pai. O pai dela é piloto e desde que ela nasceu, ouve casos e histórias interessantes e diferentes sobre aviação.
Para entender melhor, vamos voltar ao pai piloto. Único filho homem de uma família descendente de italianos, o pai piloto teve três irmãs e sempre foi muito aventureiro. Jovenzinho, decidiu que seria um "guerrilheiro" e tomou um trem para se juntar às forças de luta. Sua família tinha um pouco de dificuldade em lidar com tanta aventura...mais cedo, o ainda menino, fugia das aulas para nadar no ribeirão, na cidade do interior que vivam. O avô ia buscá-lo, de vara de marmelo nas mãos...toda esta sede de aventura, o rapaz canalizou como combustível para ir atrás do seu sonho, ser piloto de avião. O pai dele não tinha dinheiro para pagar os cursos e horas de vôos necessárias e lá foi o rapazote. Trabalhou muito como taxista e como motorista de ônibus e conseguiu estudar, fazer seus treinamentos e voar!
Que sensação mais maravilhosa, de liberdade, de poder, de aventura que é voar! Ficar pertinho dos pássaros, ir para todos os lados.
O pai seguiu carreira e trabalhou voando desde antes da menina nascer. Aposentou e continuou voando...hoje menos, mas quase sempre com a cabeça nas nuvens e o olhar para o infinito.
Aviões, novas paragens, aeroportos, outros amigos pilotos e suas famílias, rotas e mais rotas, histórias e mais histórias povoaram a vida deste menina, da sua mãe e da sua irmã. Que delícia que era voar na cabine com o pai! Que interessante contar sobre as viagens a bordo do avião "do pai". Maiorzinha, viajava sozinha com ele e ficava o tempo todo prestando atenção, eram tantas luzes, tantos botões, tantas palavras e frases incompreensíveis..."manu, está liberado?" "passa no deozinho", checa turbina, sobe para 10 mil pés, planos de vôos...que mundo diferente e fascinante. 
A menina tinha (e tem) tanto orgulho deste pai aviador, que desbravava os céus, que saía muitas vezes de madrugada disposto e feliz, lindo em seu uniforme, com quepe, asa dourada na lapela e mala na mão, pronto para mais uma jornada. Que estudava manuais enormes em inglês sobre estes pássaros de aço tão poderosos e fascinantes.
Avião para ela sempre significou passaporte mágico para aventura, sonhos e passeios. Mais que isso,  significou e significa pai, segurança, solidez. 
O bichinho  da aviação "contaminou" a menininha também trazendo com ele sons, cheiros e sensações familiares. Toda vez que entra num avião, tudo isso vem à tona e ela se sente em casa. Nostalgia, saudade e sorrisos abrigam-se no seu coração.
Cada vez que passa um avião pelo céu, a menininha e seu pai, num movimento automático, levantam os olhos aos céus e o saúdam. O pai, ainda comenta o modelo e o tipo deste que corta o céu.
Impossível não SORRIR, impossível não se emocionar. Avião para nós é passaporte de amor, cumplicidade e união. 
Sorria você também ao ver um avião, ao embarcar num. Aventuras mágicas o esperam.

Este post faz parte do desafio Imagem/Palavra do Café com BlogRecebi a imagem acima e a palavra SORRIR. Elas me levaram a esta postagem. E você, o que achou desta postagem? O que a imagem te traz de reflexão? Me conta



Comentários

  1. Lindo texto! Post cheio de nostalgia e isso é muito legal! Sentir um cheiro e lembrar, fazer uma viagem e lembrar... Post cheio de vida, uma vida vivida com muitas histórias, muitas lembranças, muito amor. A imagens me remete ao desejo que tenho de ainda viajar muito. Parabéns! Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida Quel!
      Viajar sempre :)
      Bjks mil

      Excluir
  2. Que linda história! Muita envolvência nas palavras. Fiquei com vontade de viajar e de enfrentar novas aventuras. Gostei imenso <3

    Beijo,
    Patrícia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá vontade de viajar sempre, né Patricia?
      Obrigada querida
      Bjks mil

      Excluir
  3. Oi, curti muito o seu texto, fiquei imaginando cada momento vivido, a emoção da menina quando via um avião, que coisa incrível é este transporte, pode nos levar a várias partes do mundo né? É isso que eu penso quando olho o avião, onde ele pode nos levar para desbravar o mundo e terras desconhecidas, texto inspirador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Mari!
      É incrível o poder que o avião tem...
      Bjks mil

      Excluir
  4. Que bacana a forma como você relacionou a imagem com a palavra escolhida, e com os nossos sentimentos realmente é assim, a gente associa a felicidade com algo que temos contato e nos faz bem, como o caso da menininha com seu pai e os aviões. Parabéns pelo texto!

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida
      Eu adoro este tipo de post!!
      Bjks mil

      Excluir
  5. Para variar, você me fez viajar novamente... eu adoro olhar o céu quando o avião passa e identificar a empresa aérea e modelo. Quando morei em Moema era ainda mais frequente. Linda história, minha cara. Adorável. Feliz dia e parabéns pelos trinta e um dias. Foi um prazer acompanhar-te. Acho que perdi um ou outro post, mas com um evento na última semana me complicou um pouco. Mas voltarei para ler e continuarei por aqui.

    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O prazer foi meu, querida!
      Adorei seu blog e seus textos!
      Vou continuar te acompanhando
      Boa viagem!!
      Bjks mil

      Excluir
  6. Que historia mais fofa! Você escreve muito bem e tem muita imaginação ao escrever a partir de uma imagem e palavra, desafios assim são realmente desafiador, e você se saiu maravilhosamente bem! Parabéns

    https://aaquariana.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Cassia!
      Eu adorei escrever este texto
      Bjks mil

      Excluir
  7. Caramba que texto maravilhoso, amo quando algo me faz lembrar de coisas boas que já vivi, é a melhor sensação do mundo e bem sonho em viajar o mundo algum, quem sabe haha amei moça, um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe ne?
      Vamos viajar!!
      Obrigada querida
      Bjks mil

      Excluir
  8. Oii, que reflexão e história mais linda, passa aquela sensação boa sabe?

    Também já participei desse desafio e adorei.

    Enfim, parabéns pela história 💕

    Beijos da pinguim.
    Pinguimtagarela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário