Peça de Marcelo Rubens Paiva: E Aí, Comeu? - Teatro

Este mês fomos ao teatro conferir a peça E aí, comeu? a convite da produção da peça. O texto é do escritor Marcelo Rubens Paiva. 
Eu estava doida para assistir esta peça. Primeiro porque eu adoro a escrita do Marcelo e li quase todos os livros dele, depois porque o elenco é ótimo. Já contei aqui que eu adoro teatro e vou sempre que possível. Adoro a magia do teatro, ver os atores de pertinho. Presto atenção em tudo, no cenário, na iluminação, no som, nas reações do público.
Gostamos bastante da peça. Ela é divertida, uma comédia que te faz refletir. O que afinal as pessoas procuram num relacionamento? A trama fala sobre amizade, amor, expectativas, receios, medos homens e mulheres.
Após temporada de sucesso no Rio de Janeiro e turnê por cidades como Brasília, Belo Horizonte interior fluminense, a peça está em cartaz no Teatro Nair Bello até dia 4 de junho. No elenco estão os atores João VittiMarcelo Pio e Sergio Abreu. A trama envolve três amigos que se reúnem para falar de suas aventuras e desventuras amorosas, sexuais e eróticas. 
Eu não conhecia a atriz convidada, Sabrina Korgut e acho que ela deu um show de talento,  vivendo sete mulheres que transitam pelas vidas de Fernando, Honório e Mattar. 
A direção da peça é de  Fernando Gomes.
O charme da peça é falar de homens, e não sobre cafajestes. São homens apaixonados pelas mulheres, que tentam entendê-las, que as querem. Em momento nenhum eles desconsideram a mulher. Elas são mulheres inteligentes, competentes, respeitadas. Só que quando junta homem, claro que sai baixaria”, conta o autor Marcelo Rubens Paiva, vencedor do Prêmio Shell de Melhor Texto, em 2000, pela comédia. 
O diretor Fernando Gomes acredita na atualidade do texto e garante que, apesar de parecer, a peça não é machista. "É uma ode às mulheres, não uma apologia ao machismo, falamos de amore enfocamos as relações humanas."
Para Marcelo Rubens Paiva, “o homem não gosta de ficar sozinho, precisa do lado mais intuitivo, mais delicado que a mulher traz para a vida dele. Imagina o que são três homens morando sozinhos. É um inferno. A mulher dá uma tranquilidade, uma segurança emocional muito grande para o homem. Ainda que socialmente isso não seja ‘propagado’, é isso sim."
Em 2012, a peça virou filme estrelado por Bruno Mazzeo, Marcos Palmeira, Dira Paes e grande elenco.
Sinopseapós ser deixado pela mulher, o romântico Fernando fica desolado, e, estimulado pelos amigos de infância, passa a sair com outras para esquecer a ex. Honório e Mattar também têm seus questionamentos. Um é jornalista e machão à moda antiga, casado, que suspeita da traição da mulher. O outro é um escritor que não quer compromisso, se relaciona com prostitutas mulheres comprometidas. Entre as diferentes mulheres que Sabrina Korgut dá vida, estão uma adolescente e uma prostituta, passando por Fernanda, a ex de Fernando.
Serviço
Temporada: 14/04 a 04/06/17. 
Elenco: Sabrina Korgut, João Vitti, Marcelo Pio e Sergio Abreu. 
Texto: Marcelo Rubens Paiva. 
Direção: Fernando Gomes. 
Classificação etária – 16 anos. 
Produção e Administração – Edésio Mota. 
Produção Executiva – Gerardo Franco. 
Produção Geral – Juliana Reder e Frederico Reder 
Realização: Reder Entretenimento e Carolina Loback Produções.
TEATRO NAIR BELLO - R. Frei Caneca, 569 - Consolação, São Paulo. Tel- 11- 3472-2414.
Sextas e sábados as 21h. Domingo as 18h. 
Ingresso inteira R$ 60,00 – meia R$ 30,00.
Se você gosta de teatro, de comédia e quer dar boas risadas, vá assistir E aí, Comeu?



Comentários

  1. Olá! Eu amo teatro e também adoro a escrita de Marcelo! Adorei o enredo, parece super engraçado, apesar do tema relacionamento e traição ser sério. Vou ficar ligada e, se vierem a BH, vou ficar de olho e comparecer para conferir!
    Beijos!
    Karla Samira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, Karla!
      Você vai gostar da peça, vamos ficar de olho.
      Bjs, querida

      Excluir

Postar um comentário