Histórias de Viagem: Eu Li!

Título: Histórias de Viagem I Autor: Rafael Magro 
 Ano: 2016 I  Páginas: 122 I Idioma: português 
Editora: Autografia I Nota: 5/5
Livro cedido pela editora

Eu amo ler. Filha de piloto, tenho no DNA o gosto por viagens, amo viajar. Acho que gosto tanto de ler, porque a leitura é sempre uma viagem. 
Gosto muito de livros sobre viagens também, acho uma delícia este tipo de leitura e sempre me interessam.
Quando soube deste lançamento, solicitei o livro e a Autografia, editora parceira querida, enviou e eu devorei!
Histórias de viagem, do Rafael Magro é um livro delicioso! Leve, cheio de curiosidades e muito divertido. Esta foi a proposta do autor, escreveu 28 histórias vivenciadas por ele em suas viagens, que têm algo de engraçado, diferente ou inusitado.
A impressão ao ler o livro foi que o Rafael era aquele amigo que chegou de viagem e veio me contar como foi, o que rolou de diferente e de legal.
Rafael fez dois mochilões, viagens com pouco dinheiro e muitas aventuras, além de viagens a trabalho (não consegui descobrir qual é a profissão do Rafael) e conta sobre elas no livro.
Paulistano, palmeirense, dono de uma escrita muito bacana, é muito fácil gostar de Histórias de viagem. 
Narrado em primeira pessoa, o livro além de distrair, me deixou morrendo de vontade de conhecer alguns lugares que não despertavam tanto minha atenção, como Berlim e Barcelona, que é a cidade favorita do Rafael em todo planeta. Reforçou ainda mais minha vontade de conhecer outros lugares há muito desejados como Praga e Budapeste. 
Gostei muito da capa do livro, páginas brancas e letras em tamanho confortável para leitura. Boa diagramação. Quase todos os capítulos são ilustrados com uma foto, o que torna o livro ainda mais interessante. A foto abaixo, mostra Rafael assistindo um jogo do Palmeiras em Montevidéu. 
Além das confusões, cenas engraçadas e "apertos" vivenciados pelo nosso viajante, gostei das reflexões e impressões dele, como estas aqui:
"É engraçado, mas eu acho que em muitos casos, quando você tem um tipo de experiência inesquecível em algum lugar, o retorno pode causar certa decepção ao perceber que determinadas emoções acontecem somente uma vez. Tive um pouco deste sentimento em algumas viagens..." (página 92)
"Uma das coisas que fui reparando com o passar do tempo é que minha percepção em relação a uma cidade vai muito de encontro com o local onde fico hospedado" (página 96).
Rafael dá dicas ótimas como treinar algumas frases e palavras mais utilizadas nos países e visitados. Morri de rir com as trapalhadas com os italianos e com as confusões com idiomas diferentes.

Sinopse: Viajar é um dos maiores prazeres que temos na vida. Conhecer lugares que sempre sonhamos, provar comidas diferentes, conversar e compartilhar experiências com pessoas que jamais vimos e sair da nossa rotina são coisas sensacionais, mas o que seria tudo isso se não tivéssemos histórias para contar e nos fazer lembrar de todas essas experiências que já vivemos?

Sobre o autor: Rafael Magro é brasileiro, natural de São Paulo capital e apaixonado por viagens. Ao longo de seus trinta e três anos viajou bastante, a trabalho, e também por conta própria, em alguns mochilões pelo Brasil e pelo mundo afora.

Recomendo muito o livro. Indicado para todos que gostam de viajar e que procuram uma leitura leve e interessante. 
Você pode conhecer melhor o livro na sua página do Facebook. 
O livro está disponível para compra no site da Autografia.



Comentários

  1. Oi Clauo! Acho que também vou gostar bastante desse livro, pois adoro viajar e, claro, ouvir sobre viagens dos amigos, pegar dicas, etc... Adoro quando o autor se utiliza do humor para escrever, então, já gostei desse ponto também.
    Beijos!
    Karla Samira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia Karla!
      tenho certeza que você vai gostar e ainda vai te inspirar para as próximas viagens
      Beijos, querida

      Excluir
  2. Tipo de livro que me delicio lendo! Como tu dissesse, a gente viaja duas vezes 😉

    ResponderExcluir
  3. A gente viaja junto né? Pelo menos foi a sensação que eu tive ao ler sua resenha, se aventura, incita a vontade de conhecer lugares.

    ResponderExcluir
  4. Tudo que envolve viagens, novos lugares e aventuras eu acho demais!! Amei a resenha nos faz ir longe sem sair do lugar!

    ResponderExcluir
  5. Acho que só quem não viaja é que não gosta de viajar e ler um livro assim é matar um pouco a vontade de viajar quando não podemos ir de fato... Adorei a dica! Beijos Regina

    ResponderExcluir
  6. Deve ser bem bacana compartilhar viagens e ler esses aventuras. Bjus.

    ResponderExcluir
  7. Eu também amo ler. Na verdade é uma das coisas que mais sinto falta pela falta de tempo. E realmente viajar é demais. E tanta coisa diferente, culturas, pessoas, lugares. O livro deve ser mesmo 5/5.

    http://www.arianebaldassin.com

    ResponderExcluir
  8. OI Clau, eu também sou filha de piloto e amo viajar. Adorei a dica do livro. Lendo esta impressão do autor ("É engraçado, mas eu acho que em muitos casos, quando você tem um tipo de experiência inesquecível em algum lugar, o retorno pode causar certa decepção ao perceber que determinadas emoções acontecem somente uma vez. Tive um pouco deste sentimento em algumas viagens...") eu me lembrei da minha segunda ida a Morro de São Paulo. Foi um pouco decepcionante porque a primeira foi boa demais, as emoções dessa primeira ida a Morro não se repetirão jamais.
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
  9. Nossa Clau, já deu para ter idéia de como o livro é gostoso de ler pelo seu relato.
    Nada como viajar sem sair de casa.
    Beijos,

    ResponderExcluir
  10. Adorei!!
    Eu gosto muito de conhecer novos lugares, então seria uma ótima leitura.
    Não posso deixar de falar. Ameiii a caneca do Palmeiras <3

    bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário