Filme: Café

Olá!!
Hoje trago para vocês minhas impressões sobre o filme Café, da Califórnia Filmes, que estréia dia 02/08.

Quando recebi o convite da Califórnia Filmes para a cabine de imprensa, eu fiquei muito curiosa. Primeiro porque adoro café e depois porque amo filmes sobre relacionamentos e que retratam o cotidiano das pessoas.

Este foi um filme diferente, que me agradou muito. A trama prendeu minha atenção do início ao fim. Café me conquistou.

São três histórias diferentes, faladas em línguas diferentes, com enredos diferentes, mas com algumas coisas em comum. A principal delas é que o café permeia todas as histórias. As histórias se intercalam e achei este recurso muito interessante também. A trama é fluida. As imagens são bonitas.

O filme mostra o quanto nossas ações e expectativas podem alterar o presente e o futuro. 
Café traz algumas reflexões importantes. O que aconteceria se aceitasse o roubo do objeto familiar, de valor inestimável? Deveria compactuar com o sogro e colocar um povoado inteiro em perigo, pensando exclusivamente no lucro dos negócios? Vale a pena arriscar amigos e sua própria vida num roubo planejado que aparentemente não tem como dar errado? Quando tudo parece perdido, o acaso acontece e muda o fluxo da vida e das pessoas. Coincidências? Elas existem?

Relações familiares, expectativas diferentes, desejo de sucesso profissional, amor, amizade, ética e ambição (ou a falta de) estão presentes neste belíssimo filme. Intrigante, forte e interessante. Recomendo muito! Saboreie este café.

Para o diretor Cristiano Bortone, esse é um filme atual e reflete todas as incertezas que a sociedade está passando. “O mundo em que vivemos está passando por grandes mudanças e os desafios que fomos alertados estão aparecendo agora em toda sua intensidade. No filme, esses problemas são expressados através dos destinos que ligam esses três personagens em diferentes partes de um mundo cada vez melhor” diz o diretor.
SINOPSE
Sommeliers dizem que o café tem três sabores: amargo, azedo e perfumado. O filme conta três histórias, passadas em três lugares do mundo, ligadas por esse elemento simbólico. Na Bélgica, a loja do iraquiano Hamed é saqueada e seu precioso pote de café é roubado. Na Itália, um sommelier apaixonado se envolve em um assalto a uma fábrica de café. Na China, um jovem gerente é convidado a cuidar de uma fábrica que corre o risco de poluir um vale em Yunnan.
FICHA TÉCNICA
Direção: Cristiano Bortone
Elenco: Hichem Yacoubi, Dario Aita, Fangsheng Lu
Gênero: Drama
País: Itália, Bélgica, China
Ano: 2016
Classificação: 14 anos


Comentários

  1. Acho que tudo que envolve café é maravilhoso, rs
    Mas fiquei a pensar a trama a partir desse elemento, em paralelo a algo que aconteceu recentemente por aqui, com uma pessoa que conheço. É como se a trama fosse feita a partir de seus gestos e atos incompletos que ela justificou, dizendo que precisava pensar nela primeiro. Estamos assim, sempre a pensar primeiro em nós, é sempre um dialogo com o umbigo.
    Anotei aqui para ver o filme, as produções envolvendo a China estão bem interessantes, assisti no Itaú Cultural uma produção chinesa e amei.

    bacio cara mia

    ResponderExcluir
  2. Amo café e também adoro filmes que retratam nosso cotidiano, achei super bacana toda essa questão dos relacionamentos e escolhas que fazemos ao longo da vida! Vou querer assistir Bjs

    ResponderExcluir
  3. Que interessante!! A começar pelo nome do filme.
    Achei diferente por ter três histórias, em três idiomas diferentes e com algumas coisas em comum, fiquei curiosíssima. Vou querer assistir!

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Amo café!!! Dica anotada, vamos ver se consigo ver...Ah! Não acredito em coincidências...
    Beijinhos

    Ale Helga

    ResponderExcluir
  5. Que interessante esse filme. Eu não sou chegada a café, rsrs, mas são relações do cotidiano que valem a pena serem refletidas. Ótima dica. :)
    Bjks

    ResponderExcluir
  6. Bom, eu não gosto de café, mas fiquei curiosa para ver o filme, pois amo histórias assim, interligadas e que retratam a vida das pessoas com reflexões e perspectivas diferentes.
    Muito legal você ter sido convidada para a cabine de imprensa, e, melhor, ter gostado tanto do filme :) adorei!

    ResponderExcluir

Postar um comentário