Eu Li: Nós Matamos o Cão Tinhoso! - de Luis Bernardo Honwana - Editora Kapulana

Olá!!
Hoje trago para vocês a resenha do livro Nós matamos o cão tinhosode Luis Bernardo Honwana, da Editora Kapulana.

Você gosta de literatura africana? Eu adoro, mas confesso que ainda conheço poucos autores. Este ano minha proposta é conhecer novos autores africanos, além dos maravilhosos Mia Couto, José Eduardo Agualusa e Chimamanda Ngozi Adichie. Recebi este livro da nossa parceira Oasys Cultural. Quando soube do seu lançamento, fiquei muito curiosa para ler e conhecer a escrita do Luis Bernardo Honwana.

SinopseNós matamos o Cão Tinhoso!, da série “Vozes da África”, de Luís Bernardo Honwana, é um clássico da literatura moçambicana, lançado em 1964. É composto por sete contos emocionantes que denunciam a realidade sufocante vivida pelos trabalhadores colonizados e suas famílias durante a opressão colonial portuguesa em Moçambique, sendo a maior parte das narrativas do ponto de vista das crianças. Esta edição também traz o conto “Rosita, até morrer”, nunca antes publicado em livro.
Ficha técnica
Título: Nós Matamos o Cão Tinhoso!
Autor: Luis Bernardo Honwana 
Ano: 2017 
Páginas: 145
Editora: 
Kapulana
Avaliação: 4/5 
Livro cedido pela editora
Para comprar: Editora Kapulana
Adicione o livro no Skoob

Adorei a capa,  achei lindo o contraste das cores. A diagramação é ótima! Páginas amarelas, letras em tamanho confortável para leitura, bom espaçamento, revisão perfeita
O livro é composto por oito contos, escritos por Luis Bernardo. Esta nova edição foi revista e atualizada pelo autor.  A linguagem é forte e muito bonita, mas pode causar certa estranheza aos leitores que não estão acostumados com literatura africana. O autor mescla palavras no idioma nativo e a maioria delas tem tradução. O texto é bonito e interessante, mas não é uma leitura fácil. Este livro teve uma única edição (esgotada) no Brasil, há 37 anos atrás, pela Editora Ática.  A Editora Kapulana o lançou pela série Vozes da África, que  nasceu de um projeto  para divulgar a Literatura Africana no Brasil. Com esse propósito, a fundadora da editora brasileira, que é doutora em literatura e teve experiência como docente em Moçambique, passou a coordenar, a partir de 2015, a publicação de livros de origem africana. A série é composta por obras de ficção em prosa e poesia, dedicadas a crianças e a adultos.


A escrita de Luís Bernardo é forte, bonita e diferente. Mostra a opressão do povo moçambicano. Os contos me deixaram muito pensativa e triste. A força da escrita do autor é sentida em cada conto. Confesso que tive dificuldades com alguns contos, principalmente no que dá nome ao livro. Eu não gosto de ler livros que contam sobre mortes de animais, mas aqui a morte do cão tinhoso está inserida num contexto literário interessante e sensível. Gostei bastante das considerações de Vilma Lia de Rossi Martin, no posfácio do livro. Ela explica que o autor angolano Ondjaki faz referência a este conto no seu livro Os da minha rua e ainda elucida a questão da violência do colonialismo pelo olhar de Luis Bernardo.  
É possível dar umas "respiradas e recuperar o fôlego" em outros contos, mas todos têm ingredientes como resignação, submissão, a terra, impotência, natureza árida. Um retrato pungente de um povo muito sofrido.
Alguns contos são narrados por crianças, mas é um livro para adultos. Não terminei o livro feliz, mas muito reflexiva. 

Pretendo ler outros livros da Editora Kapulana, pois esta foi uma edição bem cuidada e muito interessante.Se você gosta ou quer conhecer melhor a literatura africana, recomendo esta leitura. Leia e depois me conta o que achou, eu vou adorar saber!


Comentários

  1. Nossa, da Africa só conheço o Mia Couto e uma autora (que não me lembro o nome agora) que li faz algum tempo. A poética de Mia é fantástica. Li vários livros dele. Outro autor para a lista. Gente, preciso parar com isso. (só faço falar) nesses meses a leitura anda pouca, só a trabalho mesmo. Mas, vamos em frente. rs

    bacio

    ResponderExcluir
  2. Eu já fiquei apaixonada por esse livro e que capa linda!!
    Parabéns pelo mês do Beda!!! Estou adorando os posts e está firme. Delícia de fazer!

    bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário