Minhas Leituras de Maio

Papo Médico com o Dr Rodrigo Rosa - Descolamento de Placenta


Olá queridos!!
Hoje é dia da nossa coluna médica com o Dr. Rodrigo Rosa. O tema deste mês é descolamento de placenta. Um tema que traz preocupação à gestante e sua família. Como normalmente não temos muitas informações sobre este tema, embora não seja raro encontrar uma gestante que enfrente este problema, pedi ao Dr. Rodrigo que nos orientasse sobre ele.
Descolamento de placenta: dúvidas, por que e como acontece?
Também conhecido como desprendimento prematuro, o descolamento de placenta acontece quando ela se desprende parcialmente ou integralmente da parede interna do útero antes do parto, fazendo com que o bebê tenha condições limitadas para receber oxigênio e nutrientes.  
Na maioria dos casos, o quadro clínico do descolamento prematuro de placenta é dor em baixo ventre de grande intensidade e sangramento vaginal no último trimestre da gravidez.
Essa complicação pode causar morte fetal e/ou materna e é uma das principais causas de mortalidade materna.  A confirmação de descolamento de placenta é feita através de ultrassonografia. Mas diante do quadro clínico e por ser uma emergência, o parto de urgência está indicado e o cesárea é o parto mais realizado por ser a forma mais rápida.
Essa condição é mais comum em mulheres que já tiveram o problema em gestações anteriores, têm hipertensão crônica, gestacional ou pré-eclâmpsia, apresentam algum tipo de disfunção de coagulação do sangue, têm excesso de líquido amniótico (hidrâmnio ou polidrâmnio) ou tiveram sangramento prévio na gestação.
Os traumas podem ocasionar o descolamento e correspondem a 5% dos casos. Gestantes que têm algum tipo de anomalia uterina, já tiveram muitos filhos ou tem mais de 35 anos (o risco aumenta com a idade) também podem ter mais chances de ter um descolamento de placenta, assim como as grávidas de múltiplos.
Rodrigo da Rosa Filho é Graduado em medicina pela Escola Paulista de Medicina (Unifesp/EPM), Membro da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH) e da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Estado de São Paulo (SOGESP),  co-autor/colaborador do livro “Atlas de Reprodução Humana” da SBRH e autor do livro ” Ginecologia e Obstetrícia- Casos clínicos” (2013). É diretor clínico e sócio-fundador da clínica de reprodução humana Mater Prime.
Obrigada Dr. Rodrigo pela sua colaboração. Esta coluna me deixa muito feliz. Achei muito interessante conhecer um pouco mais sobre o descolamento de placenta e você?Gostou do tema deste mês? Você gostaria de ver algum outro tema apresentado aqui? Você pode nos escrever, deixando sua sugestão ou sua dúvida. Até o mês que vem!!


Comentários

  1. Oie, Clauo!

    Que interessante esse post. Com certeza vai tirar as dúvidas das futuras mamães.
    Parabéns pela iniciativa!

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Clau, realmente descolamento de placenta é assunto sério e gera muitas dúvidas. Mas o Dr. Rodrigo esclareceu perfeitamente. Mas nada como um bom pré natal para acompanhar esse período tão delicado da mulher.
    Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário