Eu Li: O Farol do Porto da Paz

Olá queridos leitores.
Hoje a resenha é de um livro nacional muito especial, O Farol do Porto da Paz, escrito pela Kelly Cortez, da Editora Novo Século.
A Kelly é psicóloga como eu. Eu simplesmente adorei esta leitura! Gostei tanto que quis apresentar esta escritora talentosa para vocês.

Sinopse: Toninho e sua família moram diante de um belo cenário litorâneo brasileiro: o Farol de Touros, no Rio Grande do Norte. Diante dele, a família Paiva vive momentos angustiantes e marcantes inesquecíveis para o menino doce e sonhador. Mesmo contra as aspirações do pai, que pertencia à Marinha e desejava o mesmo futuro para o filho Toninho parte do litoral nordestino para ser um grande correspondente internacional. Já formado, Tonny Paiva cobre os primeiros ataques no Iraque como um reconhecido profissional. Ao se deparar com inúmeros acontecimentos em meio à guerra, o audacioso jornalista revê seus conceitos e relembra de sua infância, o que impactará em suas atuais decisões.

Minhas impressões
A primeira coisa que me chamou a atenção neste livro foi que o pano de fundo é um farol marítimo e eu adoro estes faróis, acho que são lindos e diferentes, além de simbólicos. O fato da trama ser ambientada no Nordeste também me agradou muito. Adoro viajar com os livros.

Esta foi uma leitura muito interessante, Kelly construiu um enredo envolvente com personagens cativantes. Sua narrativa é muito rica de detalhes e a leitura é fluida. 

O livro é divido em duas partes. Na primeira temos a infância de Toninho e como ele se relaciona com sua família. Criado por um pai extremamente autoritário, marinheiro, e uma mãe submissa e carente, que demonstra seu amor pela comida, Toninho encontra nos alimentos e na escola fontes de satisfação e de prazer. O livro descreve o relacionamento do personagem com seus três irmãos também. Uma família que vive num lugar paradisíaco, mas isolado, com pouco contato com amigos e familiares, a não ser na escola. 

Na segunda metade do livro Toninho consegue realizar seu sonho e torna-se um jornalista internacional. Vai cobrir a Guerra do Iraque. Esta parte do livro é tão realista que fiquei impressionada. Apesar do tema mais pesado, a leitura é ótima e prendeu totalmente minha atenção.
O leitor vivencia muitas emoções e ações nesta trama. 
✔Literatura nacional da melhor qualidade. Texto impecável, bem escrito, ótima linguagem. 
✔Personagens interessantes e bem construídos, que prendem a atenção do leitor do início ao fim da leitura. .
✔A autora aborda as relações familiares de forma muito interessante. Destaque para o pai, nordestino, machista, rude, violento. O leitor vivencia as dores, fracassos e sucessos junto com a família Paiva. 
✔Destaque para o trabalho dos jornalistas. Toninho Paiva, nosso protagonista tem um sonho desde que viu uma televisão pela primeira vez, aos 8 anos. Quer ser jornalista, apresentador de TV. Vamos acompanhar sua trajetória. 
✔Na segunda parte do livro Toninho, já adulto, vai cobrir a Guerra do Iraque. As cenas da guerra são muito interessantes e reais. 


Sobre o livro

A capa desta edição é maravilhosa. Adorei as cores utilizadas e a foto do farol. Diagramação perfeita! Letras em tamanho confortável, páginas amarelas, sem erros de ortografia.
Recomendo muito esta leitura! Me digam o que acharam do livro, vou adorar saber. 

Sobre a autora
Kelly Cortez nasceu em Mossoró, é casada, tem um casal de filhos. Além de uma cadela e uma gata rabugenta. 
O Farol do Porto da Paz é seu primeiro livro publicado. No final de junho publicou um romance, Aconteceu em Paris. Para ler a entrevista que a autora nos concedeu clique aqui

O Farol do Porto da Paz
Autor: Kelly Cortez
Ano: 2012
Páginas: 464
Editora: Novo Século
Classificação 5/5 - Favoritado
Livro cedido pela
autora
Adicione no Skoob
Para comprar: Amazon

Comentários