Eu Li: Entre trovões


Olá queridos leitores!!
A resenha de hoje é do livro Entre Trovões, escrito por Renata Penka, da nossa querida parceira Editora InVerso.


Minhas impressões
Gosto muito de livros com temática jovem, por isso este livro me chamou a atenção logo de cara. Foi uma leitura interessante e rápida.

Entre trovões é ambientado num colégio, o Colégio Lacerda e retrata a turma do segundo ano médio.
A protagonista é a Ágata e seus melhores amigos são a Tina e o Leo. Ágata volta a estudar no colégio após morar um ano em outra cidade. Ela esconde um mistério e vamos entrando em contato com ele através dos sonhos da personagem e das entrelinhas dos diálogos dela com seus melhores amigos, que são os únicos que sabem do que se trata este episódio traumático.

Também achei muito bacana a autora ter explorado um tema que eu adoro, viagens em turma. A turma do segundo ano médio viajou ao Egito com a professora e este foi um dos pontos altos do livro. Viajei junto! Conhecer o Egito e ser arqueóloga faziam parte dos meus planos quando era adolescente.

Temas como a descoberta do amor, amizades, viagens com a turma são abordados neste interessante livro.

Sobre o livro
Achei a capa bonita, ela retrata bem a mensagem da trama. Ótima diagramação da Editora Inverso. Letras em tamanho confortável, bom espaçamento e páginas amareladas.  Sem erros de português, do jeito que eu adoro.

O predomínio de diálogos, proporciona fluidez e um bom ritmo, deixando a leitura ainda mais interessante. O livro prendeu minha atenção e foi uma leitura fluida.

Escolhi este livro para participar da minha primeira edição no projeto Adote Um Autor Nacional e foi muito bacana!

Recomendo esta leitura para jovens e para leitores mais velhos, que gostam desta temática jovem.


Entre trovões
Autor: Renata Penka
Ano: 2013
Páginas: 250
Editora: Inverso
Livro cedido pela editora
Para comprar: Editora Inverso

Sobre a autora
Renata é pós-graduada em Novas Tecnologias em Jornalismo/PUC-PR. Além de Entre Trovões, escreveu Memórias em Sangue, pela Editora InVerso. Possui experiência em mídias sociais, marketing, publicidade e redação para blogs. Nas horas livres não resiste aos seus cachorros, filmes e esmaltes. Acredita que a inspiração aparece em qualquer situação e qualquer pessoa pode, sim, realizar seus sonhos, basta ter paciência


Sobre a editora
A InVerso Existe desde 2004 no cenário literário nacional, com sede em Curitiba/PR. A editora já possui mais de 3 mil livros publicados com alto padrão de impressão e com distribuição para todo o Brasil, Europa e América Latina, no qual aposta no patrimônio cultural e na leitura como forma enriquecimento, como extensão da memória e fortalecimento da imaginação.  Toda cadeia de trabalho da InVerso é chancelada pelo Selo de Editado e Impresso no Brasil, que consta em todos os seus livros, garantindo que TODO o processo de produção - desde publicar autores 100% nacionais até a conclusão feita por profissionais brasileiros - sem a concorrência da impressão internacional.





Comentários

  1. Gostei, Clau, parece interessante, teve mistério envolvido já me cativa! A parte da descoberta do amor nem tanto, haha, mas fiquei curioso! =D

    ResponderExcluir
  2. Achei a premissa legal justamente por conta dessa viagem ao Egito (amo a história desse lugar!). Também acho ótimo quando algum personagem tem segredos, pois isso me instiga a querer ler bem mais rápido. Mesmo me soando um pouco clichê, seria um livro que eu leria :) adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  3. Oi Claudia!
    Achei bem legal a parte de unir o colegial com a viagem da turma, com certeza trouxe elementos novos pra trama que geralmente não acontecem no dia a dia da escola que os livros mostram. E deve ser uma delícia ler sobre o Egito, lugar maravilhoso que sonho um dia conhecer! <3
    Fiquei bem curiosa pelo que afastou a protagonista da escola e acho que isso deve dar um toque interessante à história.
    Boa indicação! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
  4. Gostei do título, mas eu tenho paixão pela premissa: chuva, trovões tempestades. Mas, confesso que ao me deparar com essas forças naturais como Tema, me inquieto porque fico na expectativa de algum imenso.
    Mas gostei da viagem ao Egito e de saber de seus projetos de jovem. Já imaginei você a assistir aqueles filmes de Allan Quartman. Eu adorava. rs

    Bacio

    ResponderExcluir
  5. Adorei a indicação pois tem na resenha a palavra mistério, que eu adoro e também adoro livros com jovens, geralmente são bem divertidos.
    A viagem ao Egito me fez lembrar da minha formatura da 8º série que resolvemos fazer uma viagem e uma das professora nos disse que não iria acontecer, pois ela estava anos trabalhando naquela escola e essas viagens eram sempre desejadas e nunca realizadas. Pois ela caiu do cavalo, a viagem não só aconteceu como foi maravilhosa. Só não foi para o Egito rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Boa noite! Lindas premissas sobre a obra! Adoro histórias de mistério e com fluidez na escrita! Me atraio pelo tema e pela forma como abordou a obra! Indicação linda, ao que me leva a crer! Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário