O Natal do Encontro no Shopping Lar Center!!

Máquina que transforma um livro já lido em um outro livro? Agora existe uma!

Olá queridos!
Vocês conhecem a máquina que transforma livros?!
Quando eu soube deste projeto, eu achei sensacional!! Adoro eventos literários interessantes e não poderia deixar de divulgar este aqui.

Em um mundo cada vez mais conectado e digital, a Infinito Cultural em parceria com a Câmara Brasileira do Livro (CBL) criou um projeto diferente para promover o incentivo à leitura em crianças, jovens e adultos. 
A ideia é gerar curiosidade e de forma simples e lúdica atrair o interesse das pessoas para Incrível Máquina de Livros, que percorrerá São Paulo, São Bernardo do Campo, Itu e Salto entre os dias 7 de novembro e 2 de dezembro. 
A ação acontece da seguinte maneira: a Incrível Máquina de Livros estará estacionada em locais públicos da cidade. O participante leva um livro novo ou usado em boas condições, insere na Máquina e como um toque de mágica aquele livro se transforma em um outro livro, que o participante levará para casa e aproveitará sua nova leitura. 
Com a Incrível Máquina de Livros, cuja expectativa será de aproximadamente 500 trocas por dia, a missão da Infinito Cultural e da Câmara Brasileira do Livro será trazer para a pauta do dia, a importância dos livros na educação e formação, de uma forma leve e descontraída. 
Dividida em quatro municípios paulistanos, a primeira ação acontece entre os dias 7 e 10 de novembro, no Centro de São Paulo, atrás da Biblioteca Mario de Andrade (Praça Dom José Gaspar). 
Segundo Fauze Hsieh, presidente da Infinito Cultural, promover e incentivar a leitura além de ser uma questão prioritária, é algo motivador ao produtor cultural, que também é pai de 3 filhos. “Um dos meus filhos já escreveu um livro e, entre tantos orgulhos que eles me dão diariamente, este é, com certeza, um que está no topo das minhas melhores lembranças”, diz. 
Já para Luís Antonio Torelli, presidente da CBL, esta iniciativa é essencial para a formação de leitores. “Os livros são determinantes para ampliar a maneira como se percebe o mundo, aprimorando o raciocínio humano contra preconceitos e a liberdade de ideias. Difundir e estimular o hábito da leitura e a democratização do acesso ao livro são as principais bandeiras da CBL”, destaca.
Após a passagem por São Paulo, a Incrível Máquina de Livros percorre as cidades de São Bernardo do Campo, de 16 a 18 de novembro; Itu, de 23 a 25 de novembro; e Salto, de 30 de novembro a 2 de dezembro. O projeto, aprovado no Proac da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo,  tem apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e patrocínio da EMS e da Suzano Papel e Celulose. 
Sobre a Infinito Cultural: Liderada por Fauze Hsieh, Presidente, e Patrícia Gugliotti, Diretora Comercial, a Infinito Cultural acredita no poder transformador da Leitura. Há 10 anos trabalham em conjunto com a CBL no planejamento e organização da maior Feira de Livros da América Latina, a Bienal Internacional de Livros. São os responsáveis também pela idealização e realização do projeto itinerante Caminhos da Leitura, que já circulou por dezenas de cidades brasileiras levando acesso a leitura e programação cultural gratuita para mais de meio milhão de pessoas. Para saber mais, acesse http://www.infinitocultural.com.br/
Sobre a CBL: Fundada em 20 de setembro de 1946, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) congrega editores, livreiros, distribuidores e creditistas de todo o Brasil com o objetivo maior de valorizar o livro e, assim, desenvolver e ampliar o mercado. As ações para difundir e estimular o hábito da leitura e a democratização do acesso ao livro são as maiores bandeiras da entidade. A CBL organiza alguns dos mais importantes e tradicionais eventos do setor editorial brasileiro, como a Bienal Internacional do Livro de São Paulo, o Prêmio Jabuti, o Congresso Internacional CBL do Livro Digital e a Escola do Livro, além de participar de feiras nacionais e internacionais. Em 2016 a entidade completou 70 anos.

Comentários

  1. Gente! Que ideia mais legal! E o bom são as trocas, assim os livros não ficam parados na estante. Fora a diversão das crianças! =)
    Bjks!

    ResponderExcluir
  2. Oi Clauo! Ah, como eu gostaria de participar desse projeto! Trocar o livro lido por outro é o sonho de qualquer leitor compulsivo!!! Kkkkkk! Linda iniciativa! Beijos! Karla Samira

    ResponderExcluir

Postar um comentário