O Natal do Encontro no Shopping Lar Center!!

De Pé Quebrado - A Saga da Locomoção

Hoje trago para você duas constatações após meu acidente que resultou no meu pé esquerdo fraturado.
Primeira constatação: as pessoas com dificuldade de locomoção ou deficientes físicos, enfrentam grandes dificuldades por aqui (eu já imaginava, mas agora sinto na pele).

Aplausos para os supermercados Andorinha e Bergamais. Ambos oferecem carrinhos elétricos para quem tem dificuldade de locomoção e eu consigo fazer as compras sozinha. Os funcionários são treinados, atenciosos e pacientes. 
Não posso dizer a mesma coisa dos clientes...gente do céu! Parece que você é INVISÍVEL! A maioria das pessoas não sai do caminho, largam seus carrinhos no meio do caminho, não te enxergam. Fiquei muito impressionada com isso.

A grande decepção foi o Pão de Açucar, já que eu amo este supermercado e sempre achei que ele era diferenciado. PÉSSIMO atendimento (pelo menos na loja que eu fui). Não tinha nenhum carrinho elétrico e somente uma cadeira de rodas que estava imunda (tão suja que eu fiquei com as mãos pretas). Questionei a gerente sobre como eu faria as compras sozinha, já que não consigo empurrar a cadeira e o carrinho de compras ao mesmo tempo. Ela ficou olhando pra minha cara e eu perguntei onde colocaria as compras. Se teria alguma ajuda e aí ela falou que poderia deslocar um funcionário para me ajudar excepcionalmente. Me senti frustrada e fui embora...uma pena, já que este tipo de atendimento parece não combinar com a filosofia da marca...


A segunda constatação é que tenho pouca força muscular nos membros superiores e isto agora me faz falta!
Na verdade  nunca gostei de fazer exercícios para braços...e ai ai ai...e agora penso, que pena que não os fiz. Minha rotina hoje seria mais suave.
Na musculação sempre adorei trabalhar as pernas e na yoga sempre preferi a hatha yoga, que a ashtanga, ou seja gosto muito mais de alongar do que trabalhar força e agora sinto o reflexo disso tudo.
Nas primeiras semanas parecia que os ombros iriam desgrudar dos braços, como doía...um horror. 
Na hora de tentar andar de muletas então...meudeusdocéu...fiquei com os braços e as mãos moídos.
E as costas então?! Na verdade, estas doem até agora e muito.
Primeira providência quando o médico liberar atividade física, trabalhar melhor estes grupos musculares! Prevenção pode ajudar muito sim!

E você? Quebrou o pé alguma vez? Já enfrentou alguma destas dificuldades? Me conta! 

Comentários